Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
A Necessidade das Cartas Paulinas nos dias Atuais

Leia tambem TNA- Teologia da Nova Aliança


Resumo - 

A ênfase da velha aliança era "obedeça e viverá" , a ênfase da nova aliança é creia e viverá. A fé na justiça de Cristo é chamada de "misterio revelado" por Paulo. "Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus, que para convosco me foi dada;Como me foi este mistério manifestado pela revelação, como antes um pouco vos escrevi;Por isso, quando ledes, podeis perceber a minha compreensão do mistério de Cristo,O qual noutros séculos não foi manifestado aos filhos dos homens, como agora tem sido revelado pelo Espírito aos seus santos apóstolos e profetas"; Efésios 3:2-5 Revelado nas sombras profetizadas das cerimonias ensanguentadas da lei. Revelado no Cristo que guiava antigamente por aio, por leis, por um tutor, mas agora se fez carne e diz: "antigamente voces ouviram isso e aquilo, eu porem vos digo"' EU SOU quem manda agora. Moisés dissera que viera um profeta maior que Ele..Moisés não sabia que viria o proprio Deus.

Deus não quer pouco ou muito de nós, Ele quer tudo , porque deu tudo...não quer que simplesmente obedeçamos a lei como os judeus tentaram fazer, isso é muito pouco, o aio da lei conduziria a humanidade e os judeus para Cristo, á uma revelção mais que superior do carater e vontade de Deus expressos na lei, o tutor e aio conduziria para o proprio Deus encarnado, para o caráter de Deus clarificado em forma humana, para o amor em carne e osso .."nós vimos sua gloria" e nos apaixonamos ...Diante de tanta revelação ele exige muito mais , "ao que muito se dá muito será exigido" Lucas 12:47 Estamos em dias posteriores a esta tão grande revelação , não temos pouca revelação, mas temos muita, temos a expressão do Filho de Deus, perfeita expressão do seu carater, temos um Deus esquartejado na cruz , aberto em feridas que nos ensinam quem Ele é......portanto, "se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus JAMAIS entrareis no reino dos ceus"

Ele quer que eu e vc morramos para o eu, tomemos a cruz da renuncia de si mesmo, e que deixemos Jesus se manifestar em nosso corpo carnal. Paulo sentia dores de parto até que Cristo fosse formado nas pessoas de sua época. Devemos sentir isso unspelos outros, para que a bondade e luz resplandeça em nosso ser egoista e orgulhoso...E para tal deveremos nascer de novo, não é simplesmente mergulhar num tanque batismal, não é cumprir uma cerimonia e preencher uma ficha ou alcançar um alvo numérico da Igreja , é nascer do espirito, é rasgar o coração, é derramar-se como sacrificio vivo e agradavel a Deus num culto de entrega total.. é andar em novidade de vida, revestidos de Cristo..de fé e em fé..obedecendo ao Espírito Santo que nos guia de forma SUPERIOR ao que a lei fazia "porque não falará de si mesmo, mas "vos lembrará daquilo que vos tenho falado" ...por isto que o ministerio da lei foi glorioso, Moisés foi incrivel, mas o ministerio do Espírito Santo que manifesta Cristo em nós, é de SOBREEXCELENTE GLORIA II Corintios 3..Aleluia! Aceitemos este NOVO E VIVO CAMINHO aberto pelo véu !!! Oh digo, aceitemos!!!

 

 

 


http://voltemosaoevangelho.com/blog/2013/01/mauro-meister-lei-e-graca/#axzz2HdpNSJJN

Mauro Meister - Lei e Graça - Clique na imagem e assista um video de um pastor presbiteriano que defende a lei nas mesmas perspectivas que o adventismo tradicional - Depois de assistir , vá para o texto analítico que responderá  estas belas e éticas posições aparentemente corretas.

 

  1. Miniatura

 

 

 
Desde 1888 Deus tem nitidamente  tentado tirar  do buraco do legalismo ao adventismo . (Jones, Waggoner, Dr. Paxton (batista), Dr Walter Martin (batista) , Morris Venden, Bullón) , e temos percebido o perigo daqueles que  parecem estar  namorando um cristianismo digamos mais amigável com o judaísmo e Moisés, assim como Paulo bem observou.

Lembramos aos leitores que o  discurso do legalismo, dos cristãos judaizantes que equilibravam lei e graça, do discurso contra Lutero do concilio de Trento,  é um discurso aprentemente equilibrado e aparentemente justo e de dificil discernimento, capaz de ser recomendado por grandes obras como diversos comentarios da propria  Bíblia de Genebra. Então, assumo que não é nada fácil discutir este tema e que me valho mais do que Deus tem esclarecido a mim e a muitos  nas escrituras, do que de referencias teológicas, apesar de recenetemente estarem contato com a TNA- Teologia da Nova Aliança .

Desde cedo que tento combater o legalismo justamente no seio do adventismo, e esta experiencia tem sido possivel pela ajuda de Deus e da Bíblia, em que me apoio para responder estes discursos lógicos e cheios de "bom senso" mas sem uma fidelidade  a revelação bíblica.

Bastaria a qualquer defensor do continuísmo da lei como co-regente da vida do cristão,  ler o livro de Gálatas,  para verificar sérios problemas  nesta direção.

Devemos até certo ponto entender que o proprio livro de atos  revela uma historia extremamente conturbada e tensa na dificil transição entre judaismo focado na lei e cristianismo focado na graça (justiça da lei oferecida gratuitamente pelo sangue de Cristo), e portanto, o assunto da lei e graça tem dificuldades no proprio novo testamento (Tiago vs Paulo por exemplo),  e portanto, assumindo que é um problema até bíblico, não esperamos coesão e resolução perfeita dos problemas levantados, mas mesmo assim, queremos dar aqui nossa parcela de contribuição para amadurecimento desta eterna  polemica chamada "lei versus graça".


PAULO


Paulo estava nitidamente combatendo o legalismo judeu, que ele entendia muito bem,  ao mesmo tempo que apresentava  o novo sistema de Deus, o "novo e vivo caminho" do sangue, da justificação pela fé na justiça dEle sem as nossas obras da lei, da graça revelada na cruz que estivera oculta durante séculos (efesios 3) . 

Na  opinião de Pedro, ele não foi muito claro, o que muitos teólogos como eu concordam e diversas vezes vemos "pontos dificeis de entender" em suas cartas.  Mas cremos firmemente que o Senhor o estava dirigindo em seus discursos, e em  sua atuação de estabelecer o cristianismo no lugar do judaismo , estabelecer a graça no lugar da lei, o Espírito Santo fazendo Cristo viver em nós, lembrando as suas regras e ensinos ,  no lugar de regras de conduta e de ética dos escritos antigos (incluindo a lei na sua forma antiga antes de sofrer as modificações implantadas no sermão da montanha) ... e Paula ataca os cristãos judaizantes de diversas maneiras, sempre apresentando o cristianismo da graça como superior ao cristianismo judaizante da lei.

Diversos ataques Paulo dispara, entre eles destacamos alguns que elucidam um pouco sua mensagem:

A LEI DESTINADA A ÍMPIOS

"Querendo ser mestres da lei, e não entendendo nem o que dizem nem o que afirmam. Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente;Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas,Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina,1 Timóteo 1:7-10

Que pessoa pura precisa de lei? Quanto mais corrompida for a pessoa, mais leis e regras ela precisa. Paulo falava numa plataforma cristã, pressupondo que os cristãos haviam sido transformados  e estavam sendo guiados pelo espirito santo,  mas alguem vem e diz: "então precisamos as vezes da lei pois não estaremos em comunhão" . Sim, precisaremos de forma mediocre, quando Cristo e seu Espírito não estiver nos guiando vivamente. As igrejas precisam de regras claras e predefinidas no culto  quando não é Deus que a conduz, quando não há revelação, inspiração e unção. Os pregadores precisam de discurso quando não há sermão, precisam de horas de estudo quando não existem horas de oração, precisam seguir as estritamente as regras quando o proprio Deus não está os guiando (Isso não quer dizer que Deus vá sempre fugir as regras) .  Devemos entender que Paulo defende um novo e vivo caminho de sobreexcelente gloria em relação ao antigo caminho da aliança da lei (2 corintios 3), e portanto só é desprezível a gloria da velha aliança se estiver presente a suprema gloria do que é permamente e nos guiará hoje e eternamente, o Espírito Santo!


LEIS CIVIS ESCLARECEM OBJETIVOS DO SERMÃO DA MONTANHA


O autor valoriza  a lei antiga e faz um comparativo da superioridade da lei israelita sobre o sistema penal e carcerario atual,   segundo leis que vigoram nos paises modernos, e  comenta como seria sugestivo legislar inspirado na forma mosaica.

Com certeza todas as leis antigas e bíblicas servem de molde e abrem espaço para discurssões de como tratar a criminalidade, mas vamos verificar agora como o novo testamento tratou certas leis civis.

Perdoar e ainda dar a capa a quem nos defraldar a tunica,  e dar a outra face a quem nos ferir, e emprestar a quem não vai dele receber ,  certamente parecem ser leis nada producentes e ilógicas, mas são estas leis que Jesus implanta no lugar da "justiça" toma-cá-dá-lá do dente por dente e olho por olho das leis civis do VT.

O problema maior que vejo com abordagens que valorizam a antiga lei  , é que como Cristo e seu padrão superior vai viver em nós se a lei antiga continuar a ser o padrão em nossas vidas? Como praticar a graça se vivemos ainda no olho por olho e apreciamos sua ação?  Como vamos perdoar e legislar em torno disso se admirarmos as "sabedorias legais do povo de Israel"? (quando deveríamos considerá-las "rudimentos fracos e pobres" destinadas provisoriamente a um povo atrasado "até o tempo de reforma"?) . Temo que daqui a pouco vamos começar a apedrejar uns aos outros tambem ou não ver nisso um grande atraso juridico.  No dia a dia será que vamos arrancar um olho um do outro e vamos exigir ressarcimento em tribunais mundanos por alguma injustiça que sempre bate a nossa porta? Estaremos  negando frontalmente aquele que nos deu exemplo sofrendo toda injustiça e nos perdoando?

Estaremos negando a graça de Cristo quando negamos a graça com os outros e apresentamos a lei. Mais uma vez se cumpre "Da graça decaistes vós que vos justificais na lei" Galatas 5:4. Jesus apresenta uma nova dimensão superior a dimensão antiga, mas nós cristãos vamos defender a dimensão antiga das regras? será que ao negarmos as boas novas do evangelho não estaremos mais atrasados que os humanistas?



É CERTO REFERIR-SE AO VT COMO TEMPO DA LEI E AO NT COMO TEMPO DA GRAÇA?


Pois a Lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por intermédio de Jesus Cristo.João 1:17

Ele fala que não pode haver esta divisão "lei" para VT e graça para "NT" porque a graça já operava no VT. mas esta divisão está em varias partes das escrituras como no texto acima. mas em uma coisa ele tem razão, realmente a graça já operava. Mas como ela operava? Ela operava como um cheque sem fundo que só foi pago na cruz. Ela operava profeticamente baseada na onisciencia de Deus antes da fundação do mundo (apocalipse 13:8) mas ainda não estava concretizada , e  tanto que até o diabo veio reclamar querendo impedir a ressurreição de Moisés. (Judas 7 citando o livro de Enoque que não está no Canon). E a graça por mais que já ministrada e planejada, foi se revelar sobretudo no NT, pois ela estava apenas latente no VT e só se tornou patente e clara, e demonstravel e palpável, apenas no NT.   Por mais que possamos perceber momentos do VT que a graça pulsava, ela se despontou e se esclareceu propriamente somente na cruz , e em Cristo Jesus em momentos solenes quando perdoou a mulher adúltera e manifestou toda a misericordia divina em milhares de atos de extrema paciencia e bondade. Portanto a divisão é bíblica e  está mais correta que o escritor acima neste ponto,  em que  critica a cultura dispensacionalista e a teologia da nova aliança como superior a velha aliança.


QUE LEIS JESUS CUMPRIU? SÓ A CERIMONIAL?


Assim como  adventistas tradicionais que seguem a cartilha espelhada pela  Bíblia contendo razoáveis comentarios da Bíblia (de  Genebra), ele faz uma divisão entre lei cerimonial e lei moral que Paulo não fez, como se Cristo cumprisse apenas a lei cerimonial .Cristo cumpriu todas as leis e Paulo se referiu a lei de forma geral e não dividindo moral de cerimonial, por mais que possamos distingui-las e até sistematízá-las no VT (morais, cerimoniais, civis, higiene, alimentação, etc). O que o escritor e milhares de grandes teólogos não compreendem  é que Cristo vivendo em nós é muito mais que a lei, é Deus vivendo em nós, logo não precisamos de lei porque Ele nos guia. Aleluia! O aio nos conduziu a Ele, o tutor nos guiou a Ele. Quem tem Cristo tem tudo."Se" tem,os de fato e de verdade a Cristo, não precisaremos mais do aio, do tutor, de coisas básicas e elementares, etc..

Agora, sob a vivencia e consciencia do evangelho,  quem precisa de lei são os impios segundo apostolo Paulo. I Timoteo 1:7-10. Fora isso, a substituição do ministerio da lei operada por Jesus foi clara, e o fato de Jesus  nos conduzir agora coincidir  diversas vezes de acordo com os mesmos reclamos da lei, não quer dizer que a lei que deve nos  conduzir, é Ele tão somente, pois somente nEle há a verdadeira interpretação da vontade de Deus referenciada no VT, na lei antiga e muito mais no NT. 

A leis todas sofreram mudanças significativas. A  cerimonial foi  substituida,  a cerimonia da circuncisão pela cerimonia do batismo, lava-pés, sacrificios pela santa ceia, os mandamentos antigos, pela  nova versão dos mandamentos em Jesus, com novos enfoques, interpretações, aprofundamentos,  corrigindo leis, mudando algumas e acrescentando muitos outros mandamentos e principios como as bem-aventuranças. 

No aspecto civil Ele nos mandou que fossemos mais  perdedores de direitos que justiceiros, "éticos"  e legalistas, ou seja,  "seja justo mas nunca exija justiça dos outros" (Chambers)  resume muito da lei de Cristo na nova aliança do NT,  e isso suplanta e cancela muitas leis antigas, que por mais boas e éticas  que sejam, eram imperfeitas e provisorias devido estarem "enfermas pela carne" , pela natureza humana, pelos não convertidos, pelas circunstancias carnais de corações duros, onde  o proprio Deus teve que reduzir a comunicação de sua vontade para poder se comunicar com os antigos ex-escravos hebreus..dando inclusive leis que nem "queria dar" (Ezequeil 20:25) " mandamentos pelos quais não haviam de viver".

JESUS SOMENTE APROFUNDOU E EXPLICOU SENTIDOS DA LEI?


Ele menciona que Cristo em Mateus 5 estava apenas dando a verdadeira interpretação da lei, Jesus fez isso , mas Jesus não fez apenas  isso, pois podemos ver que ele mudou (antes era "odiar inimigos" e agora "amar" e diversas outras mudanças ) acrescentou ensinos (bem-aventuranças), deu outras ênfases e focos, e fez uma grande mudança que combinam com sua frase "eu porém vos digo" onde o "porém" demonstra mudanças, caso contrario ele estaria apenas explicando "eu entendo, eu explico". Eu porém vos digo ganha uma força demonstrando enfática mudança, apesar de certos  níveis  de  continuidade de muitos principios existirem tambem.


Cristo esteve fazendo uma GRANDE REFORMA e não apenas dando continuidade a tudo. É verdade que nesta grande reforma deu continuidade a algumas coisas, mas quanto esteve focando e dando destaque ao amor, a fé, ao poder, já citadas no VT,  fez colocando sob uma nova perspectiva de escala de importancia e valores que ainda não estavam bem estabelecidos e bem explicadados no VT. 

O VT que contem a lei chamada por Paulo de "provisoria" de Moisés, sob a forma mosaica, agora não somos guiados mais pelo tutor, pelo aio, pelas regras as vezes que interpretamos erradas, mas pelo Filho em nós, pelo proprio autor das recomendações tutoriais. Agora "conhecemos a Deus, ou melhor, fomos conhecidos e guiados por Ele", de perto e não de longe, em mim e não fora de mim, pelo Espirito e não por tabuas de pedra.

ESTÁ O CRISTÃO CONVERTIDO DEBAIXO DA LEI?


Ele usa o fato de não podermos pecar e transgredir a lei como prova de que ainda estamos debaixo da lei contrariando ousadamente o livro inspirado de Gálatas .

Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar. De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio. Gálatas 3:23-25

A questão é que o crente que confia no sangue de Jesus nunca fica debaixo da lei, pois a justiça e a santidade DE CRISTO o assiste pela fé. Ele é santificado e justificado em Cristo. Quanto ao seu andar, ele se espelha em Cristo que é um padrão de justiça muito superior a lei, que muitas vezes iguala a lei, trilhões de vezes supera a lei, e algumas vezes ignora e até transgride a lei (sábado, pães asmos, etc). Precisamos andar em fé vivendo Cristo em nós , vivendo em nossos corações a lei de Cristo reformada, corrigida, ampliada e muitas vezes radicalmente mudada em relação ao antigo pacto. O convertido muitas vezes age como Davi ao transgredir as leis dos pães asmos em prol de dar comida aos famintos, age como o bom samaritano e não mais como um levita certinho e um  sacerdote "responsável" que seguia mais a lei escrita que a lei de Deus que é o amor, age como um "insano"  Abraão que obedeceu uma ordem terrivel e totalmente contrária lei, porque é guiado muito mais pelo espirito que pelas convenções gerais religiosas e pelo senso comum.

 

 
AS VÁRIAS DEFINIÇÕES DE PECADO NA BÍBLIA - Participe e envie acrécimos de mais definições nos comentarios abaixo!

Existem várias definições e perspectivas na Bíblia sobre o que é pecado.

TRANSGRESSÃO DA LEI - Pecado tem várias definições, a mais básica é "transgressão da lei" de I João 3:4. Contudo quando entendemos que a lei é ampla, (SÓ NO VT 613 MANDAMENTOS) e foi reinterpretada, melhorada, corrigida e acrescentado milhares de outros mandamentos por Jesus, e novas leis impossiveis de se seguir (ao homem natural) como "amar inimigos" "dar a outra face" , o pecado como transgressão de leis tanto no AT e do NT foi ampliando proporcionalmente sua definição ampliada, e ficou mais "fácil" de acontecer, ou melhor, de ser percebido o pecado, e cada vez mais o homem se viu como totalmente impossibilitado de não cometer, exceto pela fé na justiça DEle é claro. Mesmo a presença de Deus em nós é insuficiente para nos tornarmos santos e irrepreensíveis, pois carregamos um corpo de pecado e Deus tem como característica não forçar cada passo que damos. Com isso não queremos desculpar o pecado ou declarar que Deus é fraco para nos corrigir, mas queremos exaltar sua graça, sua justiça, como ainda o único meio de salvação do pecado, pois nosso comportamento está e estará, até que recebamos corpo incorruptivel, eternamente comprometido. Foi por isso que Ele morreu por nós, devido nossa eterna fraqueza.

TRANSGRESSÃO DO AMOR-  Quando entendemos que o cumprimento da lei é o amor, o desamor ganha a definição de resumo do pecado e aprofundamos ainda mais tanto o conceito de pecado quanto de justiça que agora se parece mais com a bondade que com a moral . Ao olharmos nosso coração sem amor, ou com um fraco amor, teremos que honestamente  dizer, "sou transgressor do principio básico das  leis" "não sigo realmente e verdadeiramente a nada".

DESSEMELHANÇA COM JESUS - Há ainda a definição de que tudo que desassemelhe de Jesus, o padrão de Deus, seja pecado..aí pecado e santidade ganham proporções infinitas. O homem foi criado a imagem e semelhança com Deus e desde que caiu vem perdendo esta semelhança, mas Jesus veio resgatar esta imagem divina perdida em nós . Deus é amor, e Jesus é tambem amor. mas é um amor sublime e profundo, não é qualquer "amor"..quanto mais entendermos o amor de Deus, tanto mais perceberemos quão pecadores e dessemelahntes somos.

SEPARAÇÃO DE DEUS - Há ainda os que definem pecado pela sua etiologia, suas causas, pois é  na separação de Deus que ocorre o pecado... teólogos e pregadores inspirados dizem que a essencia do pecado é quando a pessoa centraliza em si mesma, e é interessante como pecamos menos quando sentimos o amor de Deus por nós e pecamos mais quando nos cegamos e não vemos seus olhos de amor e não confiamos nEle. 

O sofrimento e as perturbações podem nos cegar e nos refutar em relação a crença em seu amor, e isso pode criar uma rebeldia e separação em nós resultando em pecado. Quando estamos em comunhão com Ele, gostando das coisas que Ele gosta e odiando as coisas que Ele odeia, o pecado passa a não ser mais tão cometido, pois sintonizamos com os gostos e preferencias da santidade. Quando participamos de coisas que afastam a presença de Deus, o pecado e o diabo vai reinar sobre a pessoa pois que ficou sem a ligação necessaria para não pecar. Nossa natureza espiritual nascida no novo nascimento pode ser alimentada ou não, por esta convivencia com Ele e com coisas relacionadas a Ele.

PECADO É DESCRER DA JUSTIÇA OFERECIDA - A definição mais forte e mais abrangente, e mais prática e realista diante do homem pecador, vem , no meu entender, de Lutero (que se harmoniza com Jesus quando disse que o Espirito Santo nos convenceria do pecado que  era "não crer" nEle - Joao 14-16). Lutero  disse que "nada é pecado senão a descrença" , pois quando estudamos que o evangelho e a anunciação das exigencias de Deus e de sua ampla definição de erro e pecado, quando assistimos a vida de Cristo nosso padrão e lei viva, e nos debruçamos como eternos devedores e impossibilitados de pagar, cumprir e obedecer ao padrão divino, e chegamos a graça da cruz,  ao pagamento dos nossos pecados, por aquele que se fez pecado por nós, recebendo a punição e a ira do Pai que o amava em nosso lugar, dando a unica justiça que Deus aceita, a dEle, então entendemos como pecadores que somos, que nada será pecado, senão rejeitar esta única dádiva que livra a todos nós. Se nada mais nos livra do pecado, nada será pecado senão rejeitarmos esta dádiva , e o fazemos descrendo da mesma. Nada será pecado com Ele e nada será justiça sem Ele . Pecado passa a ser descrer na justiça de Cristo, e santidade passa a ser crer na sua justiça..e as obras? Quase ia me esquecendo, as obras de Deus em nós serão maravilhosas, muitas estranhas ao senso comum, algumas estranhas a lei (Pães asmos, Abraão, pegar em chicotes, deixar parentes, pagar o mal com o bem que é injusto) , mas produzirão frutos espetaculares de salvação, porque só Deus é justiça real, e só ele em nós produz obras realmente justas. Amém.
Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.

De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.

Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.
Gálatas 3:23-25

 Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.


De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.

Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.
Gálatas 3:23-25

 

De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.

Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio
Gálatas 3:24-
E com ira e com furor farei vingança sobre os gentios que não ouvem.
Miquéias 5:

Gálatas 3:24

"De modo que a lei se tornou nosso aio, para nos

conduzir a Cristo, a fim de que pela fé fôssemos

justificados. Mas, depois que veio a fé, já não

estamos debaixo do aio".

 



Que a graça de nosso


Senhor e Salvador Jesus te guie

 

 

Este site reflete a mesma mensagem de Paulo aos gentios, judeus e  judeus cristãos, a qual está contida em suas diversas cartas as Igrejas (Carta aos Romanos, Gálatas, Corintios, Filipenses, Colossenses, Efesios  e outras cartas).  A transição entre o judaismo do velho testamento e o cristanismo do novo testamento e todas as suas mudanças contidas, foi marcada por muitos atritos e diferenças, onde amostras da mesma  foram relatadas no livro de Atos principalmente entre os capitulos 11 e 15.   Um ponto curioso presente  nos 2000 anos de  historia desde o cristianismo estabelecido , é que todos os grandes  mensageiros  que pregam  estas mensagens de Paulo,  enfrentaram as mesmas perseguições por parte de cristãos  jadaizantes, legalistas e não convertidos ao evangelho, pessoas que são apenas convencidos a uma Igreja ou forma moralista e religiosa de se pensar. 


Este site defenderá diante dos leitores:


1.A graça ensanguentada como justiça de Deus em lugar tanto do judeu que tentava guardar a lei como do gentio não guardador da lei (efesios 2), como pregação fundamental para conversão e tambem santificação de todo aquele que crê e experimenta o poder do evangelho que é a revelação da atitude de amor de Deus de nos prover sua justiça,  salvando pela fé na sua justiça (sangue)  e não por nossas obras, a todo aquele que crê nesta propriciação divina.

Quando Jesus fez o sermão da montanha ele encerrou todos no pecado, tanto quem tenta seguir a  lei como não seguidores, pois é evidente que ninguem que não for transformado e andar guiado e cheio do Espirito Santo consegue seguir o sermão da montanha, "Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, a fim de usar de misericórdia para com todos". Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie" Efesios 2:8 e 9


Responderam-lhe: Somos descendentes de Abraão, e nunca fomos escravos de ninguém; como dizes tu: Sereis livres? Replicou-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é escravo do pecado.Ora, o escravo não fica para sempre na casa; o filho fica para sempre. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.João 8:34-36


Toda  desobediência é  pecado que aprisiona, escraviza,  encerra, prende, "Aquele que comete pecado é escravo do pecado e está condenado  lei..."O escravo não fica para sempre em casa, o Filho sim para sempre, Se pois o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres", ou seja,  somos apenas escravizados pelo pecado mas Jesus se fez  filho do pecado para nos livrar . Jesus comparou a lei (escravidão do pecado), com a libertação da Graça, (pelo seu sangue). Por isso está escrito no AT: De Sião sairá a lei...ou seja, não é aquela lei do Sinai que já havia saído, mas a lei do amor de Cristo, sua graça, seu pagamento dos nossos pecados.Sua justiça no lugar como salvação da nossa total e plena impossibilidade de servir e fazer a real vontade de Deus "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie" Efesios 2:8 e 9



 

 

2.A necessidade de se focar Cristo em vez da lei, sistemas  e regras,  porque Jesus e somente Ele é  a verdadeira, completa  e  perfeita expressão do caráter, da pessoa e da vontade de Deus . os cristãos devem portanto preferir a guia do Espírito Santo em vez de regras, leis e conhecimento, porque somente o relacionamento pela fé com Deus no Espírito Santo nos transforma e fortalece  a  andarmos humildemente ("para que ninguem se glorie") de forma superior ao senso comum da lei básica e esforços ou raciocinios humanos, pois cristianismo de Cristo é superior e suplanta ao judaísmo de Moisés (II Corintios 3 e toda carta aos Hebreus).

3. A superioridade dos ensinos de Cristo sobre os ensinos de Moisés, sem desvalorizar totalmente os ensinos antigos da lei, mas sempre mostrando que Cristo nos desafiou a uma maneira superior de relacionamento com Deus, com sua vontade, com a interpretação dos antigos escritos,  e sobretudo com o sentido justificador do seu sangue e da fé nEle. Mostrando como o velho testamento e a lei foi um aio, tutor e temas basicos  guiando judeus até que os mesmos pudessem ter  um encontro com Jesus e com  um "novo e vivo caminho"  de  um relacionamento que agora considera a justiça e amor de Deus revelados no corpo rasgado do seu Filho, mensagem  muito mais poderosa contra o pecado  que a gloriosa pregação da lei, pois que alem de nos impactar, escancarar o amor e a justiça de Deus, confirma a todo aquele  que crê,  o seu direito conquistado com sangue de pela cruz ter acesso direto a  Deus e a possibilidade do próprio  Deus poder habitar com os pecadores sem os exterminar , o que se faz na prática  em nosso dia a dia  por meio da presença da guia do  Espírito Santo, substituto de Cristo na terra. ( "O espirito Santo estará em vós" João 14:17)


Em   1888,  ocorreu um fato que nos parece uma verdadeira réplica da transição entre judaismo e cristianismo que enfrentaram Paulo e os cristãos da nova aliança da graça, do Espírito Santo e da centralização em Jesus.  Dois pastores,  Jones e outro Waggoner,  tentaram trazer de volta ao evangelho os membros da IASD que estava, como grupo religioso,  focada na lei, profecias, sábado e disputas doutrinarias, e se não bastasse, ainda se julgando de forma arrogante e contrária ao evangelho, como único povo correto da face da terra . Eles foram inicialmente apoiados até mesmo por EGWhite (uma das fundadoras do adventismo)  mas mesmo assim,   enfrentaram muitas perseguições internas e até mesmo a propria EGWhite foi praticamente expulsa  dos EUA quando esta apoiava e aconmpanhava Jones e Waggoner em suas pregações aos adventistas reavivando-os na graça.  Estas perseguições que Paulo classificou como "Hagar" perseguindo "Sara" em Gálatas,  se repetem até o dia de hoje quando pastores e membros levantam a bandeira da justiça de Jesus em nosso lugar,  e do poder da pregação desta graça ensanguentada como forma evangelistica mais eficiente que a pregação da lei e dos deveres na antiga  forma moralista do VT. Contemporaneamente  destacamos outros heróis paulinos da fé como  descendetes de Paulo, dos reformadores protestantes da justiça pela fé, e citamos algumas expressões atuais  como Morris Venden, Carreiristas, Alejandro Bullon (dos anos 80) e outros. Sabendo que nossos irmãos evangelicos já caminham sob a ordem da nova aliança a muitos anos e possuem grandes nomes e representantes muito mais profundos no mistério revelado de Deus no novo testamento, como Spurgeon, Lutero, Calvino, Josimar Bessa Oswald Chambers, Knox, Úlrico Zwinglio, Guillherme Farel, Wesley, recentemente citamos Paul Washer, Steve Lawson, John Pipper, Augustus Nicodemus, Russel  Sheed, Caio Fabio e muitos outros Alguns livros inspirados verdadeiros  homens de Deus  vc pode baixar gratuitamente aqui


Estamos organizando cada vez mais os temas aqui abordados e teremos  apenas uma página onde resumiremos nossas principais propostas. Aceitamos sugestões e reflexões de todos, escreva-nos aqui!

Informação importante: Acredito que nunca  tomaria a iniciativa de se propor estas reformas,  caso o proprio Deus  não  indicasse  através de 4 visões, que deveriamos defender a nova aliança no seio do adventismo. Apesar disso, reiteramos e destacamos que não estamos baseados apenas na visão, mas nas escrituras sagradas e em centenas de grandes ganhadores de almas e excelentíssimos homens de Deus, repletos de bons frutos,  e que as visões só nos motivaram a confirmar que Deus está nos guiando. Destacamos tambem que muitos adventistas estão neste exato momento recebendo este mesmo despertar que cremos que precederá o derramar do Espírito Santo na chuva serôdia dos ultimos dias.


Que a paz e a santificação sejam o sinal divino para que vc leitor, possa saber e confirmar, que o que temos apresentado aqui, são importantes e necessárias verdades que o Deus,  que ama cada um de nós, manda  que tenhamos conhecimento e sobretudo prática. Que Deus  abençoe com o seu Espírito esta leitura, amém!


__________________________________________________________________


 

 

 

Se vc acredita  estar na  Igreja mais correta e especial da terra clique aqui e

Veja-se no Espelho

http://www.ielouvai.org.br/wp-content/uploads/2012/08/seitas-400x250.jpg

 

Steven Lawson - Uma das melhores Pregações que já assistí !!!

Miniatura

Paul Washer - Quem está no Controle? (Ezequiel 36:24-27)

       Paul Washer - O Julgamento de Deus eo Trono Branco  [prévia]

  1. Miniatura



  Reagindo contra o legalismo prevalescente nas igrejas adventistas  dos EUA e em geral , Deus levantou em 1888 Jones e Waggoner, depois levantou outros e em nossos dias levantou este  grande profeta chamado Morris Venden. Este  homem inspirado, que foi o  mais influente no tema de Justiça pela fé no mundo adventista, infelizmente acaba de falecer (10 de fevereiro) aos 80 anos. Seus inspirados e maravilhosos livros (disponibilizados gratuitamente clique aqui)  evangelizaram internamente a Igreja e aos de fora tambem, sendo instrumentos poderosos de conversão de muitas almas, sendo o mais impactante o livrinho de bolso  "95 teses de justificação pela fé" , que foi afixado no seio da igreja adventista, numa atitude de evangelização interna, imitando a atitude de Lutero ao afixar suas 95 teses numa cadetral católica. Porém, assim como os profetas  e Jesus, e todo seguidor de Jesus,  criou grande rejeição da liderança e ao mesmo tempo,  admiração do povo adventista, que o ama, o lê e é alimentado pelas suas inspirações mais neotestamentarias que refletem mais a nova aliança.

Grande parte do valor evangélico e cristocêntrico que o adventismo  carrega e representa bem diante do mundo,  se deve em grande parte ao trabalho de Morris Venden e de vozes despertadas a fé que opera,  por seus livros.  Aqui no Brasil e américas, o pastor Alejandro Bullon, que seguiu nos anos 80  a mesma linha,  e teve admiração ímpar pelo ministerio de Morris Venden, foi outra voz potente inspirada por Deus  tentando reformar a Igreja. Mostrando todo amor e carinho que Deus tem pelo adventismo e como Ele quer que cada adventista mude sua mentalidade quando for mais judaica para uma mentalidade mais cristã, mais cheia de misericordia, mais cheia de fé e poder, mais repleta do Espírito Santo espelhada no NT e especialmente nas 14 cartas do apostolo Paulo. 

Muitos não sabem, mas o pastor Bulllon tambem foi muito rejeitado e perseguido por boa parte da liderança desde quando fazia teologia (foi apelidado de herege pelos teologandos onde estudava) e tambem muito rejeitado no inicio de seu ministerio (por isso foi transferido do departamento  de jovens para departamento  de evangelismo) sendo criticado  até hoje pela liderança da  alta cupula  teológica da Igreja (Enduveit e a maioria dos professores de teologia) que ainda seguem as ênfases anteriores a 1888 e até criticam e publicam contra os mensageiros de Deus de 1888 defensores das reformas propostas por Deus a nós. Certa vez quando ele pregou no UNASP  sobre as diferenças entre a velha aliança e a nova aliança (Do Sinai ao Gólgota) ele foi criticado em sala de aula por um dos professores (Dr Paroschi) que me expulsou aos gritos e berros quando defendi o pastor Bullon. Depois fui chamado a mesa do diretor Endruveit que só não me expulsou porque 14 corajosos alunos teologandos  disseram que sairiam da faculdade caso o fizesse. O Pastor Daniel Vasconcelos de Sidney, Australia, foi testemunha deste caso.

A Igreja hoje precisa de repreensões, correções e conselhos, contudo paira nos bastidores teologicos a ideia de apenas defender as coisas que estão e pouco ou nada se faz para que se opere as mudanças que Cristo anela. Em recente pergunta que milagrosamente Deus me fez dirigir ao pastor George Knight traduzido por Albert Ronald Timm, elogiando seu livro lançado pela CASA "A MENSAGEM DE 1888"  com a necessidade da igreja avançar neste sentido de reformar-se na nova aliança, na fé , no poder, na conversão e novo nascimento, como foi proposta de Morris Venden e Alejandro Bullon, George Knight declarou em publico no UNASP em 2010  a cisão que existe entre conservadores e neotestamentarios: "Morris Venden não me topa". 

mas a cisão não cessa por ai, na atual  noticia oficial da morte de Morris Venden,  um fato curioso:  A noticia diz que ele defendia a linha soteriologica católica (fé+obras=salvação) que a ICAR pronunciou no concilio de Trento como resposta  a Lutero, o que o leitor pode conferir em seus escritos que é exatamente o oposto a isso. Ninguem representou tão bem Lutero e ajustiça pela fé no seio do adventismo que Morris Venden e seu descendente latino Alejandro Bullon.

Esperamos que a mensagem de justiça pela fé sem as obras da lei, possa frequentar cada vez mais os pulpitos adventistas e homens semelhantes a Morris Venden não sejam impedidos de pregar como tem acontecido por parte daqueles que entendem que dom do espirito de profecia pertence a todos "pois todos podereis profetizar" I Corintios 14:31. "Que uns falem e outros julguem" "pois onde há o espírito de Cristo, aí haverá liberdade". Amém, assim seja Senhor!

 

 


Bento VI e sua renuncia



A besta que era , não é e é o oitavo rei  de apocalipse 17 com certeza se refere ao papado, suas filhas protestantes mundanizadas,  por centenas e milhares de evidencias . Creio que a tendencia sincrética e secularista do catolicismo não teve identidade em Bento VI, e possivelmwente terá em um papa mais popular que fale a linguagem secularista e tenha a simpatia da maioria...a partir daí creio que poderemos esperar o oitavo dominio ..que se dará usando o controle comercial universalizado e possivelmente uma moeda unica.(apocalipse 13)

Apocalipse 18 INTERPRETAÇÃO EM LETRA MAIÚSCULA

E depois destas coisas vi descer do céu outro anjo, que tinha grande poder, e a terra foi iluminada com a sua glória. O EVANGELHO SERIA PREGADO DE FORMA AINDA MAIS GLORIOSA , O SANGUE DE CRISTO, A CRUZ, SERIAM MAIS BEM ESPLANADAS COMO OCORRE NO MINISTERIO DE VOLTA AO EVANGELHO ONDE DESTACAMOS O PREGADOR PAUL WASHER QUE TEM SIDO ASSISTIDO POR BILHÕES DE PESSOAS - ELE OU SUA MENSAGEM TEM SIDO O ANJO DE APOCALIPSE 18

MENSAGENS PODEROSAS QUE ASSUMEM ESTA PERSPECTIVAS
A IRA DE DEUS SOBRE SEU FILHO EM NOSSO LUGAR http://www.youtube.com/watch?v=0bVACtg2e-U

DEUS ODEIA PECADO E PECADORES http://www.youtube.com/watch?v=GwGW0ehinY8

E clamou fortemente com grande voz, dizendo: Caiu, caiu a grande babilônia, e se tornou morada de demônios, e covil de todo espírito imundo, e esconderijo de toda ave imunda e odiável. A MENSAGEM DE PAUL WASHER DENUNCIA A APOSTASIA RELIGIOSA ONDE IGREJAS VIRARAM CABIDE DE EMPREGO DE MUNDANOS QUE DOMINAM A OBRA DE DEUS, A TEOLOGIA, DOMINANDO DE FORMA A SER CONVENIENTE COM SEUS SISTEMAS E TRADIÇÕES..NA VERDADE PESSOAS REPLETAS DE DEMONIOS DOMINAM MUITAS IGREJAS HOJE, PREGADORES SEM INSPIRAÇÃO SOBREM NO PULPITO E FALAM DE FORMA CONVENIENTE AS CRENÇAS E HERESIAS DE SUA PLATEIA

MENSAGEM PODEROSA QUE REFLETE  EXATAMENTE ISSO
10 ACUSAÇÕES CONTRA A IGREJA MODERNA http://www.youtube.com/watch?v=nAQh4t7l4g0

Porque todas as nações beberam do vinho da ira da sua prostituição, e os reis da terra se prostituíram com ela; e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias.

PAUL WASHER FALA CONTRA FAZER DA IGREJA UM LOCAL DE ENTRETENIMENTO, FAZER DA GRAÇA COMERCIO http://www.youtube.com/watch?v=MQbNrJulJjw

E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.

CUMPRE-SE CABALMENTE APOCALIPSE  18:4 - O FIM ESTÁ MAIS PROXIMO QUE IMAGINAMOS, PÁUL WASHER MANDA AS PESSOAS SAIREM DE LUGARES MUNDANIZADOS MORADAS DE DEMONIOS, IGREJAS ONDE A PALAVRA DE DEUS NÃO ACONTECE, MAS INJUSTIÇAS E PECADOS E MUNDANIDADE , LUGARES DOMINADOS POR BABILONIA, E DE PREFERENCIA SE UNIREM UNS AOS OUTROS CRISTÃOS E FUNDAREM NOVAS IGREJAS E AGREMIAÇÕES


DUVIDAS SOBRE IGREJA
parte 1:http://www.youtube.com/watch?v=EGpEQB0urkQ

parte 2: http://www.youtube.com/watch?v=DxEgtrb5xh4

parte 3 http://www.youtube.com/watch?v=vE_dYn1bRhE

parte 4 http://www.youtube.com/watch?v=AiZqU79JG-k

parte 5 http://www.youtube.com/watch?v=48_P9HdnHdA

ISSO VAI GERAR UM EXODO DAS IGREJAS CAIDAS EM PECADOS, SOMENTE AS IGREJAS QUE ESTIVEREM AFINADAS COM O EVANGELHO NÃO SOFRERÃO MUITAS PERDAS, MAS ELAS SÃO POUQUISSIMAS


Porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela.

Tornai-lhe a dar como ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber, dai-lhe a ela em dobro.

Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, foi-lhe outro tanto de tormento e pranto; porque diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e não verei o pranto.

ASSIM SE COMPORTA AS IGREJAS ESTABELECIDAS EM RIQUEZAS, LUXOS, CONFORTO E DOMINIO DO POVO DE DEUS QUE PENA EM SEU CONVIVIO, A VOZ DE PAUL WASHER É LIBERTADORA DO POVO DE DEUS

Portanto, num dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será queimada no fogo; porque é forte o Senhor Deus que a julga.

CALAMIDADES E MAIS CALAMIDADES VIRÃO AS IGREJAS QUE NEGAM AO EVANGELHO PARA SEGUIREM SUAS PROPRIAS POLITICAS E SISTEMAS

E os reis da terra, que se prostituíram com ela, e viveram em delícias, a chorarão, e sobre ela prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio;

PESSOAS QUE FAZEM TROCAS COM O EVANGELHO, QUE OFERTAM NA ESPERANÇA DE RECEBER EM DOBRO, TAMBEM OS COMERCIANTES E POLITICOS EXPERIMENTAM COM O CONVIVIO COM  AS IGREJAS GRANDES VANTAGENS COMERCIAIS E DE VOTOS  MAS ELES SENTIRÃO SUA FONTE IR EMBORA

Estando de longe pelo temor do seu tormento, dizendo: Ai! ai daquela grande babilônia, aquela forte cidade! pois numa hora veio o seu juízo.

MILHÕES DE IGREJAS APOSTATADAS DO EVANGELHO SIMPLES ANUNCIARÃO SUA FALENCIA

E sobre ela choram e lamentam os mercadores da terra; porque ninguém mais compra as suas mercadorias:

Mercadorias de ouro, e de prata, e de pedras preciosas, e de pérolas, e de linho fino, e de púrpura, e de seda, e de escarlata; e toda a madeira odorífera, e todo o vaso de marfim, e todo o vaso de madeira preciosíssima, de bronze e de ferro, e de mármore;

E canela, e perfume, e mirra, e incenso, e vinho, e azeite, e flor de farinha, e trigo, e gado, e ovelhas; e cavalos, e carros, e corpos e almas de homens.

E o fruto do desejo da tua alma foi-se de ti; e todas as coisas gostosas e excelentes se foram de ti, e não mais as acharás.

Os mercadores destas coisas, que com elas se enriqueceram, estarão de longe, pelo temor do seu tormento, chorando e lamentando,

E dizendo: Ai, ai daquela grande cidade! que estava vestida de linho fino, de púrpura, de escarlata; e adornada com ouro e pedras preciosas e pérolas! porque numa hora foram assoladas tantas riquezas.

IGREJAS REPRESENTAM GRANDE FONTE DE LUCRO PARA MUITOS TIPOS DE COMERCIANTES, POIS AS IGREJAS AO INVÉS DE AJUDAR POBRES FICAM OSTENTANDO LUXOS , CONFORTOS E COMERCIO EM GERAL - PESSOAS QUE VÃO NA IGREJA EM BUSCA DE BENS E NÃO DE SALVAÇÃO

E todo o piloto, e todo o que navega em naus, e todo o marinheiro, e todos os que negociam no mar se puseram de longe;

E, vendo a fumaça do seu incêndio, clamaram, dizendo: Que cidade é semelhante a esta grande cidade?

E lançaram pó sobre as suas cabeças, e clamaram, chorando, e lamentando, e dizendo: Ai, ai daquela grande cidade! na qual todos os que tinham naus no mar se enriqueceram em razão da sua opulência; porque numa hora foi assolada.

A CIDADE DO VATICANO, A PRINCIPAL APOSTASIA RELIGIOSA QUE GERA GRANDE FONTE DE LUCRO PARA MILHARES DE GRANDES COMERCIANTES QUE ABASTECEM SEU LUXO

Alegra-te sobre ela, ó céu, e vós, santos apóstolos e profetas; porque já Deus julgou a vossa causa quanto a ela.

E um forte anjo levantou uma pedra como uma grande mó, e lançou-a no mar, dizendo: Com igual ímpeto será lançada babilônia, aquela grande cidade, e não será jamais achada.

O FIM DO VATICANO E DAS GRANDES CORPORAÇÕES RELIGIOSAS

E em ti não se ouvirá mais a voz de harpistas, e de músicos, e de flautistas, e de trombeteiros, e nenhum artífice de arte alguma se achará mais em ti; e ruído de mó em ti não se ouvirá mais;

E luz de candeia não mais luzirá em ti, e voz de esposo e de esposa não mais em ti se ouvirá; porque os teus mercadores eram os grandes da terra; porque todas as nações foram enganadas pelas tuas feitiçarias.

E nela se achou o sangue dos profetas, e dos santos, e de todos os que foram mortos na terra.

PESSOAS UNGIDAS DE DEUS PERSEGUIDAS E QUEIMADAS POR INSTITUIÇÕES QUE FAZEM  POLITICA DE DOMINIO AO INVÉS DE SEREM SIMPLESMENTE OBEDIENTES AS ORDENS DE  CRISTO




Também sou culpado pelo o que ocorreu na boate Kiss em Santa Maria - Dr. Willian Faria


Sim sou culpado como igreja, de ter sido conservador de mais, não sabendo dialogar com os jovens, não ter renovado meu linguajar, não ter sido contemporâneo dos meus jovens, não me atualizar sem deixar de lado os princípios da palavra de Deus. Por pura incompetência quis ser defensor do conservadorismo da fé reformada sem saber como continuar me reformando para atingir todos os corações daqueles jovens, que eu por puro zelo a ortodoxia afastei da presença de Deus. Eu que me achei o senhor da verdade e defensor das tradições basilares da bíblia, não cumpri o mandamento de Amar o Próximo que estava longe, só queria amar os próximos que se enquadravam no meu padrão moral. A se tivesse os amados, me renovado, sabido conversar com eles, não seriam 232 mortos, talvez 32 estivessem com agente. Arrependo-me como igreja conservadora, jovens me perdoem.

Sim sou culpado como igreja moderna e contemporânea e liberal, de tanto querer salvar o mundo do meu modo, acabei relaxando moralmente, só incentivava festinhas, avivamento era crente pulando nos mover dos passinhos coreografados, das noites de videogames e entretenimento, de fazer musica por fazer, e não ter me aplicado no ensino da palavra, não vos alimentei com alimento sólidos ao ponto de estar no mundo, mas não ser igual a eles, de saberem a diferença entre o santo e o profanos, a isso não importava o importante eram os jovens estarem pulando igual pipoca no mover, ate um dia que eles não virem diferença entre pular no mover e pular no Kiss. A se tivesse os amados, lhes ensinado a palavra, lhes inserido no mundo como agente de transformação, não seriam 200 mortos, talvez 100 estivessem com agente. Arrependo-me como igreja moderna e contemporânea liberal.

Sim sou culpado como igreja apostólico profética de movimentos proféticos sobrenaturais, se ao invés de ter demorado meses planejando atos proféticos para evangelizar a cidade de Santa Maria, postergado eventos evangelísticos para ir a encontros e congressos apostólicos proféticos, se não tivesse dado tanta atenção em abertura de portais proféticos de gloria, se fizesse o simples, vivesse o evangelho simples, onde Jesus era pregado com a força do seu nome e poder, sem salamaleques, títulos e coisas estranhas ao evangelho puro e simples, talvez não tivesse perdido tempo e não seriam 100 mortos, pois 50 poderiam estar conosco. Arrependo-me como igreja apostólica profética, jovens me perdoem.

Sim sou culpado como igreja da prosperidade, se ao invés de ficar prometendo bens materiais e só vitória, carros e mansões aos jovens, há se eu tivesse lhes ensinado que o maior valor para Deus não são meus dízimos e ofertas e meus sacrifícios e sim Almas salvas, se lhes tivessem ensinado estaria promovendo evangelismo em massa na cidade de Santa Maria, utilizando os milhões que recebo todo mês para mudar radicalmente a vida daqueles jovens, mas preferi mudar radicalmente meu carro, minha casa e minha família, com coisas caras afinal eu não sou” Ontário merrmão” crente é para dominar o mundo e suas riquezas. Talvez não fosse 50 mortos, pois 25 estariam conosco. Arrependo-me como igreja da prosperidade, jovens me perdoem.

Sim sou culpado como igreja no geral porque prefiro ficar dentro das minhas 4 paredes ao invés de ir estar com aqueles que não querem e não conhecem o amor, sou culpado por não mostrar o amor de Deus e estar a onde os pecadores estão, não praticando as coisas que praticam, mas mostrando que somos conhecidos pelo amor, fiquei debatendo entre calvinismo e arminianismo, entre avivados e conservados, entre megas templos e modelos celulares de crescimento e não fui estar com os doentes. Talvez não fossem 25 mortos, pois 25 estariam conosco. Arrependo-me como igreja no geral, jovens me perdoem. 

Clique na imagem e assista a revelação do coração do PaiPregação Juliano Son

 



Entre as coisas que mais  dóem na gente e mais nos faz sentir mal, é saber que um jovem  saiu da Igreja, e que não se envolve mais com Deus e que anda perdido em muitas idolatrias e coisas fúteis por ai . Isso dói mais que a morte de um fiel, pois visualizamos a perdição eterna. É terrível!


 

http://1.bp.blogspot.com/_Rt607zbnq10/SfAqfgHI-SI/AAAAAAAAAAs/QLyGGMg7LZo/s400/2108031.jpg


A mãe dele chora, passa noites perturbada, o pai olha de lado triste, os parentes assistem calados, os mais experientes sabem que rumo aquele menino(a) tá indo, mas pouco podem fazer por ele.


http://3.bp.blogspot.com/_uJ2b_lOGAOk/SsH78lgd8jI/AAAAAAAAAUw/aIigb0vExi0/s400/09_assalto_280xH.jpg


Alguns chamam ele para ir a Igreja, e de vez em quando eles vão, assistem o culto, até distraem e acham legal ter ido. Conversam com o pastor, com algum lider, o convidam pra voltar , ele responde educadamente e mais nada.

http://4.bp.blogspot.com/-w_25ccLibYI/ToyPlwWumXI/AAAAAAAABOc/KI5xhLcwECU/s400/formal.jpg


Mas naquele culto eles não acharam algo que lhes tocasse a alma, não foram tocados pelo Espírito Santo, não arrependeram de seus pecados e não choraram diante  da espada aguda da palavra de Deus, porque naquele culto só havia a palavra do homem, a intelectualidade do homem, os pensamentos legais do homem, mas não havia Deus, havia apenas crentes nele. Saem dali com seus dilemas ,  seus prantos, saem  sem se converterem, decepcionados..quem sabe vão em busca naquele mesmo dia de algo que lhes dê paz, prazer e um pouco de alegria..uma cerveja? um amigo? uma transa? um filme?

http://3.bp.blogspot.com/-l6FZ9lr1uAk/Td64wQCqPrI/AAAAAAAAAWo/Z8sgCal-gIs/s1600/lagrimas.png


Ah queridos como isso tem acontecido em inúmeras Igrejas! Como nossos pregadores estão vazios da palavra de Deus e cheios da palavra deles proprios! Como nossos cultos estão cheios de shows e vazios de adoração! Como estão vazios os cultos de quarta-feira , como estão mortos nossas reuniões, como falta a profecia, como falta o choro , como falta a presença sublime de Deus causando o mesmo terremoto que no passado!


O que está acontecendo???


Na Bíblia se diz que os cultos deveriam ser diferentes do que tem acontecido, porque  seguimos uma tradição, um credo, um sistema. Uma escritora famosa, ao tentar apoiar dois pastores revolucionarios a modificarem o nosso credo,  disse em 1902:


 

"Cuidado para não ler a Palavra de Deus à luz de ensinos errôneos. Foi por esse exato motivo que os judeus caíram em erro fatal. Eles declararam que não existia qualquer interpretação das Escrituras diferentes das que foram dadas pelos rabis nos anos passados. À medida que eles multiplicavam as tradições e as regras, revestindo-as de santidade, a Palavra de Deus se tornou de nenhum efeito. Se Jesus Cristo, a Palavra de Deus, não tivesse vindo ao mundo, o ser humano teria perdido todo o conhecimento do Deus verdadeiro ... É o plano deliberado de Satanás perverter as Escrituras e levar os seres humanos a dar ium falso sentido às palavras de Deus ... Todas as profissões de fé, todas as doutrinas e credos, por mais sagrados que tenham sido considerados, devem ser rejeitados se estiverem em contradição com as claras instruções da Palavra de Deus" (EGW - RH 25/03/1902)

 


E como ensina a Bíblia que deveria ser o nosso culto e reuniões?


"Mas, se todos profetizarem, e algum incrédulo ou indouto entrar, por todos é convencido, por todos é julgado  os segredos do seu coração se tornam manifestos; e assim, prostrando-se sobre o seu rosto, adorará a Deus, declarando que Deus está verdadeiramente entre vós.

I Corintios 14:24, 25


http://www1.folha.uol.com.br/folha/treinamento/novoemfolha40/images/te14022006018.jpg

Que fazer, pois, irmãos? Quando vos congregais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.Se alguém falar em língua, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e cada um por sua vez, e haja um que interprete. Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus. E falem os profetas, dois ou três, e os outros julguem. Mas se a outro, que estiver sentado, for revelada alguma coisa, cale-se o primeiro  Porque todos podereis profetizar, cada um por sua vez; para que todos aprendam e todos sejam cosolado I Corintios 14:26-31


Então amigo, penso que muitas almas deixam a Igreja sem se arrependerem dos seus pecados, muitos jovens saem e até visitam a Igreja para agradar aos seus pais, saindo do culto tão vazio como entraram. Muitos abandonam a fé, se tornam ateus, rebeldes, falam mal da Igreja, da Bíblia e porque?


As vezes a culpa é deles, mas as vezes a culpa


é nossa !!!!


Revolução do Novo Testamento

Jesus está aí agora com você



http://1.bp.blogspot.com/-5O7okBghRT8/TdJjNpaa3ZI/AAAAAAAAAps/k4T4v-IAk-c/s1600/Slide4.JPG


Revolução do Novo Testamento

seremos uma Igreja de fato

verdadeira e fiel Senhor!!!


A Igreja Adventista possui hoje 17 milhões de adeptos que geram uma influencia no mundo imensa. A maioria dos nossos cultos estão vazios . As Igrejas só enchem aos sábados enquanto as neopentecostais fazem 3, 4 , 5 cultos por dia e ficam lotadas. Milhões de pessoas se convertem , entregam suas vidas a Cristo e o numero de pentecostais só tem aumentado  ,  e nós o que fazemos? Os criticamos e falamos que seus milagres e pregações são quase todos do diabo porque eles não seguem a verdade como nós seguimos.

Enquanto falamos mal deles, quase todos os nossos jovens estão mundanizados, saindo da Igreja, falando e vestindo como o mundo, fracos na fé, atribulados, engravidando fora de hora, começando familias "em qualquer de repente" como diz o hino  do padre Zezinho. As Igrejas no interior são mais frias e solitarias que as outras. O povo mais fiél a mensagem sofre e só encontra ânimo quando assistem um canal de televisão ou quando frequentam uma igreja de capital onde há muitos adventistas.  Mas a realidade de quase todos  é sofrimento.Vivem representando uma alegria que muitas vezes não possuem, uma conversão que nunca aconteceu, pois nós mesmos sabemos que somos mais convencidos que convertidos. Batizamos mas dificilmente podemos dizer que nascemos de novo. 


Será que Deus se esqueceu

do seu povo

e resolveu

abençoar os vizinhos 

evangélicos que parecem

ser tão felizes e entusiasmados?


Meus amados, Deus não esqueceu do seu povo. Faz muitos anos que ele anda tentando revolucionar esta Igreja, tentando através dos seus servos e profetas ajuntar sua igreja como a galinha ajunta seus pintinhos,  mas homens corruptos, submissos ao sistema e a tradição,  ignorantes da palavra ,  não tem deixado. Tem impedido e ainda tem perseguido todos os que quiseram ajudar esta Igreja a crescer na fé .


 Jerusalém, Jerusalém, que matas os

profetas, apedrejas os que a ti são

enviados! quantas vezes quis eu

ajuntar os teus filhos, como a

galinha ajunta os seus pintos

debaixo das asas, e não o

quiseste!mateus 23:37


pouco depois da  fundação da Igreja Adventista, lá no inicio,   Deus enviou dois mensageiros para nos alertar: Jones e Waggoner. Quem testemunha deles foi uma das fundadoras do adventistmo desta forma:


"O Senhor em Sua grande misericórdia enviou uma mensagem muito preciosa a Seu povo mediante os Pastores Jones e Waggoner. Essa mensagem devia trazer mais destacadamente perante o mundo o Salvador elevado, o sacrifício pelos pecados do mundo inteiro... Deus deu a Seus mensageiros exatamente aquilo de que carecia o povo." (1895; TM 91, 95).


Waggoner e Jones eram dois pastores adventistas , Jones era mais citado que a propria E G White entre os adventistas pioneiros, era membro da comissão dos EUA para assuntos de liberdade religiosa, grande pregador, doou quase todos seus bens para a Igreja,  e em 1888, na assembleia de Mineápolis,  ele e Waggoner  se  propuseram contra a cultura teologica estabelecida mostrando que as cartas de Paulo condenavam nosso modo de pensar, nosso culto, nossa administração, nosso exclusivismo, nosso foco na lei e diversas outras coisas. Imaginem a confusão. Se quiserem saber mais dos detalhes tem um livro da  CASA  do historiador George Knigh  que descreve muito bem coomo foi terrível as reuniões de Mineápolis. Tem hoje CENTENAS  de trabalhos dos seminario teologicos,  do  UNASP e outros,  que esclarecem um pouco sobre estes acontecimentos .


irmãos , devemos destacar diante de vocês, que quando até mesmo E G White concordou com Jones e Waggoner e ainda os chamou de "mensageiros de Deus. ela  estava automaticamente se condenando no quesito fidelidade as escrituras; mais especificamente fidelidade aos escritos de Paulo, contudo, glorias  a Deus por isso, pois ela humildemente  aceitou suas mensagens, chamou estes dois pastores de "mensageirtos de Deus" TM, 92, Defendeu-os através de 11 cartas da australia,  e antes de viajar ainda viajou durante alguns anos ao lado dos mesmos promovendo mudanças e reavivamentos nas igrejas adventistas pioneiras.


Mas nem tudo são flores.

http://www.advento.org/wp-content/uploads/2011/08/minneapolis1888.jpg


Os líderes desgostosos com a parceria Waggoner-Jones-White,  expulsaram-na dos EUA para australia e perseguiram Jones e Waggoner.  Muito dos problemas e injustiças, e incoerencias com o novo testametno que praticamos até o dia de Hoje, se devem a rejeição das mensagens de 1888 vindas de Deus exaltando as verdades e conselhos inspirados contidas nas epístolas de Paulo.


Assim que muitos dos problemas que existem em nossa Igreja como legalismo,Igrejas vazias, apostasia, mundanismo,  injustiças, irmãos que decepcionam, sensualidade, mornidão, liderança sem inspiração, deserção de jovens, desequilibros e fanatismos, tem uma só causa irmãos:


Rejeitar a palavra de Deus e se

submeter a tradição dos homens.


http://2.bp.blogspot.com/_uI4mTZQSpbM/S7PbdApwxGI/AAAAAAAAAXs/6cK14WEChos/s1600/tunel.jpg

Uma luz no fim do túnel

Deus me mostrou que devemos promover as mudanças que ele queria em 1888 HOJE, vamos juntos ser fieis a Deus, ser fieis a palavra e fazermos isso enfrentando qualquer desafio??? Seremos corajosos em defender o que "está escrito"? Seremos mais fiéis a palavra ou a tradição que fomos ensinados a pensar? Pode o espírito Santo descer na chuva serôdia se guardamos terriveis erros em relação ao novo testamento aclarados em 1888 e rejeitados pela liderança teologica até o dia de hoje?

Referencias da perseguição a Jones:http://www.igrejaadventista.rede.comunidades.net/index.php?pagina=1413649242
Referencias de acertos e erros de E G White: http://www.igrejaadventista.rede.comunidades.net/index.php?pagina=1413809727


Deus Quer Mudar seu Nome


Nunca havia prestado atenção  nisto, exceto agora, mas podemos perceber que Deus mudou o nome de várias pessoas, Jesus também o fez, mudou o nome de  Abraão. gênesis 17:1-5

 

Abrão é pai da altura = Abraão é pai de multidão. O nome de Sarai é mudado para Sara . Gênesis 17:15 e 16. Sarai é contenciosa = Sara é princesa .

 

Em números 13:16 - Deus muda o nome de Oséias = para Josué.

 

Em hebraico Oséias é = Salvação . Josué é : Jeová é salvação.

 

A necessidade da mudança do nome está em êxodo 23:20,21

 

Foi Deus quem começou a mudar os nomes das pessoas e dava um significado, mas havia também os reis os faraós que mudavam os nomes de certas pessoas, dando um significado apropriado para aquele trabalho

Promessa ao vencedor.( Apocalipse 2:17 )... Ao que vencer darei eu a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe.( Pedra é revelação, é dada somente aquele que o recebe )

Apocalipse 3:12 = ...E escreverei sobre ele o nome do meu Deus...e também o meu novo nome


Precisaremos mudar de nome?


Vi uma Igreja Adventista semelhante ao padrão de construções da maioria das Igrejas Adventistas do 7º Dia, com ladrilhos azuis e branco, típicos de colegios adventistas, semelhante a esta abaixo. (Inclusive este padrão da IASD  aconteceu ao  que parece  naturalmente e merece um estudo para saber como começou a existir sem que fosse determinado, até que eu saiba)

Mas quando olhei o nome se chamava Igreja adventista da Nova Aliança. Parei o carro e comentei com as pessoas que nunca havia visto esta Igreja, algumas pessoas ainda se recordam vagamento deste incidente que ocorreu em 22 de agosto de 2001. Tive vontade entrar , havia uma porta refletindo a luz de dentro, pessoas alegres entravam , quis entrar , mas  não entrei por puro preconceito,  porque todos sabemos que  somos ensinados a não frequentar outras igrejas as quais consideramos caídas e apostatadas.


Passei  pelo mesmo lugar ainda tres vezes e lá estava a mesma Igreja. Um ano depois quando percebi graves problemas ligados a compreensão da "nova Aliança" proposta pelos céus e sua relação forte  com as cartas de paulo, II Corintios 3, Gálatas, Efésios, Romanos, Hebreus, etc.Deus me mostrou milagrosamente a carta de Jones de 1906 e decidi voltar a esta igreja que havia visto. Inacreditável, gastei meio tanque de combustivel tentando achá-la  passando pelo mesmo lugar dezenas de vezes. Lá só havia uma casa abandonada e descobri que esta igreja não existe. Depois que de tanto perguntar no local, parei de procurar quando um homem que se parecia um pastor da assembléia, que me  disse : "Voce teve uma visão, esta igreja não existe". 


Fiquei assustado. Nunca tive uma experiencia desta em toda minha vida! Já ouvi falar de sonhos, mas ver algo acordado, parar o carro , mostrar para pessoas ao lado, e ainda ver 4 vezes no mesmo local, nunca ouvi falar disso!


Passaram-se dez anos e nunca me senti encorajado a fazer algo neste sentido da visão, pois eu mesmo sei que não estou qualificado para isso, e até hoje me sinto desqualificado e meus pecados, erros e limitações me cobram a todo momento. creio que  esta revolução vai ocorrer, mas não será por meu mérito, será tão somente pelo poder e pela graça de Deus.

  Apesar de me sentir derrotado e falho demais para propor algo tão celestial, tão biblico, tão impossivel que é (revolucionar uma Igreja de 17 milhões de pessoas que se acham donos da verdade e pertencendo a única Igreja correta da face da terra),  é uma "missão impossivel" , nenhuma razão humana me convenceria ser isso possível,  mas o que é impossivel aos homens, diz o Senhor: "é  possivel a Deus aleluia! E o proprio Deus vai mexer com seu coração agora quando vc estiver lendo estas letras, e vai mover todos os seus pensamentos e vai iluminar toda a sua alma em nome de Jesus porque a palavra de Deus não voltará vazia e voce não está lendo isso porque você quis mas por que o SENHOR  o trouxe até aqui!"


Como ia dizendo, mesmo estando falho e incapaz,  tenho estudado sobre a "nova aliança" e suas grandes diferenças e desafios que Jesus e Paulo proporam. Tenho sido iluminado por Deus a descobrir coisas que em 44 anos de adventista, mesmo tendo sido formado em teologia em 1992, e ter feito pós graduação com 50 pastores da associação mineira central e mineira sul em 2007, e ter lido muito, eu NUNCA  aprendi tanto quanto depois que comecei abraçar esta causa da nova aliança. Meus olhos  se abriram para muitas realidades bíblicas que nunca havia atentado, me provando que a palavra de Deus está escondida mesmo daqueles que estudam a Biblia, pois só Deus revela, e revela para quem ele quer e escolhe, não depende de obras, não depende nada, depende de Deus querer. "Porque diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericordia, e terei compaixão de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus que usa de misericórdia". Romanos 9:15 e 16

 


 Então tenho compreendido,  no momento,  em relação a  Bíblia, a 1888 e a visão que tive, que haverá uma Igreja Adventista da Nova Aliança e como os ladrilhos eram azuis típicos da Igreja   Adventista do  Sétimo dia, que já mudou várias vezes de nome,  calculo que esta vai ter que mudar de nome e passar por uma grande reforma cultural, administrativa e teológica.


Na Bíblia Deus muda de nome muitas pessoas, muitos profetas, Jacó foi mudado para Israel, Daniel, Saulo para Paulo, e Jesus viva mudando de nome as pessoas, eu to escrevendo isso agora e pensando nisso agora, não calculei falar isso. Deus quer mudar o nome da nossa Igreja. Deus está querendo ficar no controle das coisas que por agora está no controle dos homens. Deus e Jesus por meio do Espírito Santo quer colocar sua Igreja no trilho, no novo testamento, na nova aliança, "se segurem nas suas cadeiras Faraós e presidentes de campo que consomem a filha do meu povo, pois eu os visitarei, e farei com que desçam das vossas cadeiras e caiam de joelhos".


Orando a Deus sobre esta impossibilidade e utopia da minha parte e perguntando como isso poderia acontecer,  orando e meditando sobre isso, que se trata de um sonho impossivel e etc, me veio a pensamento como poderia isso se processar , porque o mesmo Deus que levantou com voz maravilhosa e potente do pastor Alejandro Bullon fará novamente estremecer os muros de Jerusalem . Então me veio a mente quando orava,  que esta mudança se daria  pela eleição de pastores que assumirem compromissos  com varias mudanças e melhorias, e que os professores de teologia seriam cada vez mais consultados sobre estas mudanças aqui propostas e que vários deles, os mais sábios, os mais humildes, os mais conscientes, os mais fiéis, os mais corajosos (pois isso pode implicar em alguma cruz para os mesmos)  vão responder  e concordar cada vez mais com o que aqui está sendo apresentado. Então visualizei em pensamento que milhares de pastores sinceros  e professores sinceros e corajosos de teologia vão defender as mesmas propostas deste site. Muitos hoje ficam calados em relação ao que apresento aqui para não se queimarem e serem mandados embora. Muitos ainda não foram mais iluminados sobre os assuntos paulinos de Gálatas e suas cartas. Mas se tão somente buscarem a Deus, e  houver o máximo de apoio á LIBERDADE DE EXPRESSÃO, que   inexiste entre nós,  as mudanças vão ocorrer para a glória de Deus e a Igreja poderá receber o refrigerio de Deus.


Muitas discussões e guerras internas  nos esperam, talvez muitos terão inicialmente que perder seus empregos na obra da Igreja, mas todo este sofrimento será necessario e fundamental para que a Igreja receba o Espírito Santo.

cada vez mais me convenço pelos sinais, pelas escrituras, por tudo que é de mais sagrado, que não existe a possibilidade desta previsão não se cumprir porque foi vista em visão e muito bem fundamentada nas escrituras,sobretudo nos evangelhos e cartas de Paulo as Igrejas. Está fundada sobre a rocha.



http://www.otempo.com.br/otempo/fotos/20110809/foto_coluna_08082011203016.jpg


A SACUDIDURA

Haverá adventistas contra adventistas, brigas, expulsões e uma confusão generalizada,  calculo que muitas guerras haverão fortes e assombrosos atritos internos e que estes  terão que acontecer e que haverá uma sacudidura terrível na Igreja, e que muitos rejeitarão as mensagens que são as mesmas de Paulo, quando foi incubido de promover a transição entre judaismo e cristianismo, entre velha e nova aliança. 



http://3.bp.blogspot.com/-e7DXijy_gkM/Tuv-LjP_YhI/AAAAAAAACGQ/Dp7b2BRFO34/s1600/debate.jpg



Esta mensagem são  as   mesmas propostas  de  Jones e Waggoner de 1888, que foram rejeitadas pela IASD, foram revividas nos escritos de Morris Venden e nas pregações e escritos do Pastor Alejandro Bullon (principalmente nos ano 80), esperamos que ele volte a pregar como antes, antes que Deus o leve. O pastor Bullon concorda  com boa parte das idéias aqui descritas, e um dia ele me disse na Divisão Sul Americana quando lá trabalhei: "Faça uma historia primeiro na IASD e depois fale, senão eles vão te mandar embora". Não pude fazer esta historia e estou falando independente disso, porque sinto uma obrigação para com a visão celestial,  e as pessoas deverão ouvir e atender, não porque eu escrevo, mas porque a mensagem que trago é bíblica, é neotestamentaria, exalta a Cristo, sua cruz, seu sangue, e é muito mais fiel ao evangelho, bem mais fiel a reforma protestante e dfende as mesmas mensagens  das cartas de Paulo as Igrejas que nossa teologia muitas vezes  torce, nega e até combate. muitos adventistas são tão sinceros neste erro que até vivem reclamando do apóstolo Paulo. Outro dia assisti uma lição com um catedrático  muito sincero  que dizia ficar em total desconforto diante da carta aos Romanos.

 

Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.

De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.

Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.
Gálatas 3:23-25

 

UMA VOZ AO SILÊNCIO, UM FOGO QUEIMANDO NO ÁRTICO, UMA LUZ NO FIM DA CRATERA DO "CRISTIANISMO"

 

 

Miniatura
Pra que Outros Possam Viver
 
 
 
COMENTARIOS IMPORTANTES A RESPEITO DO VIDEO DO PASTOR MAURO MEISTER


A IASD teve sua oportunidade em 1888 de voltar ao evangelho, EGWhite aceitou as mensagens daqueles que ela mesma classificou de "mensageiros de Deus" , mas o que aconteceu? Expulsaram-na para Australia quando ela estava dando apoio a Jones e Waggoner.


 

"O Senhor não estava dirigindo nossa saída da América. Ele não revelou que era Sua vontade que eu deixasse Battle Creek. O Senhor não planejou isso, mas permitiu que agissem segundo vossa própria imaginação. O Senhor desejava que W. C. White, sua mãe e seus obreiros permanecessem na América. Nós éramos necessários no centro da Obra, e tivesse vossa percepção espiritual discernido a verdadeira situação, nunca teríeis consentido com as medidas tomadas. Mas o Senhor lê os corações de todos. Havia tanta disposição para que partíssemos que o Senhor permitiu que esse evento tivesse lugar. Aqueles que estavam cansados com os testemunhos dados foram deixados sem as pessoas que os transmitiam. Nossa separação de Battle Creek foi para deixar os homens cumprirem sua própria vontade e maneira, que julgavam superior à maneira do Senhor".

VEJA PORQUE EGW FOI FORÇADA A SE AUSENTAR DOS EUA POR 9 ANOS E COMPREENDA AS DIFICULDADES QUE ATÉ HOJE A IASD ENFRENTA EM RELAÇÃO AO NOVO TESTAMENTO
http://www.adventistas.com/biz/1888_reexaminado/index.html

 





 

RESUMO

RESUMO  (abstratic) - Neste site vc encontrará diversos pontos de vista que repetem as propostas de 1888 de A T Jones e E J Waggoner, de Paulo aos cristãos judeus e judaizantes, de Morris Venden, do pastor Bullon e de alguns outros líderes atuais da  IASD e de líderes do mundo evangélico como Valter Martin, Chambers, Steven Lawson, John Pipper, Lutero, Calvino, Augustus Nicodemus, Sheed e muitos outros .  Em 1888  numerosos  membros e líderes da antiga  IASD, inclusive Prescott, EGWhite e outros nomes,  apoiaram os pastores revolucionarios Jones e Waggoner  como "mensageiros  de Deus" (TM, 92). A IASD estava focada na lei, sabado e profecias e havia negligenciado as coisas mais importantes do evangelho a saber, a nova aliança, o ministerio do Espirito substituindo o ministerio da lei (II Corintios 3), a fé na justiça de Jesus substituindo confiança e foco nas obras, a graça como disposição generosa de Deus para com gentios não guardadores da lei e judeus guardadores, (Efesios 2). Tal situação gerava na IASD uma paralisia evangelistica e uma incapacidade de prover a evangelização verdadeira e convertedora de corações tanto internamente e muito mais externamente. Após a nervosa, polêmica e conturbada assembleia de Mineápolis em 1888,  onde Waggoner e Jones foram duramente ridicularizados pelos lideres legalistas, mesmo tendo  estes  o apoio de EGWhite, a igreja começou a aceitar um pouco mais o novo testamento (sobretudo as cartas de Paulo)  enviando inclusive pedido aos escritorios de redação de EGWhite que escrevessem um livro de justificação pela fé. Nasceu então de forma tímida, em 1892, numa manjedoura emprestada,  publicado experimentalmente em outra editora,  o maravilhoso livrinho "Caminho a Cristo" que uma das assistentes de EGWhite, Fannie Bolton, autora do hino 294, "Jesus não eu em tudo seja honrado"  reinvindidou sua autoria como diversos outros escritos considerados inspirados (podemos verificar   que tanto o estilo  literario como a teologia do livro "caminho a Cristo"   não pertencem a EGWhite). A Igreja adventista então deu um salto na evangelização aumentando de 16 mil membos (1880) para 91 mil membros (1901). Contudo, apesar do apoio de muitos, os líderes da IASD resolveram,  contra a vontade de EGWhite, e segundo esta, contra a vontade de Deus,  mandá-la embora para Australia e perseguirem A T Jones e E J Waggoner nos EUA. EGWhite então durante os nove anos afastada dos EUA enviou 11 cartas de protesto contra este estratagema de domínio da obra na igreja, "do homem pelo homem" , mas pouco adiantou. Estas 11 cartas se tornaram apenas um livro de meditações entitulado "Testemunho para Ministros" os quais citam  os nomes de Waggoner e Jones   como mensageiros de Deus em vão, pois até hoje a 99% dos 17 milhões de membros da IASD, nunca leram sequer um livro dos mais de 30 publicados por estes,  e nunca a CASA publicou um unico livro dos mesmos, apenas vemos comentarios onde destacamos um  historico de George Knight entitulado "A mensagem de 1888". Os problemas decorrentes atingem diretamente 17 milhões de adventistas hoje, e indiretamente prejudica a evangelização, a irmandade evangélica cristã (devido adventistas em vez de se corrigirem quanto a má compreensão da lei e assuntos de Gálatas e cartas paulinas, se tornaram combatentes de quem defende estas ideias).




OBJETIVOS

OBJETIVOS - Esclarecimento de que a Igreja Adventista precisa se ajustar mais ao Novo Testamento e que os escritos de EGW trazem pontos positivos e negativos quanto a esta necessidade conforme TABELA 1.  Que a IASD deve aceitar a nova aliança proposta por Jesus e abandonar a velha aliança considerando-a como Paulo recomenda: "a lição do velho testamento".  Que os líderes da Igreja  devem propor  rapidamente diversas  mudanças e/ou aperfeiçoamentos doutrinários, pois caso isso não aconteça serão responsaveis no juizo final por arrastar  milhões pessoas a perdição. Que devem abandonar suas 5 principais comportamentos de idolatria para com a lei (1), o sábado(2), EGwhite(3), Igreja, sistema, obra(4) e raciocnalismo(5) no lugar da guia do Espírito Santo.  Depois de discutida as necessidades de mudanças na IASD foi visto uma igreja adventista de ladrilhos azuis semelhante ao padrão da IASD com um novo nome  inscrito "Igreja Adventista da Nova Aliança", e esta visão ocorreu em contexto com uma ordem direta de Deus de chamar de "lixo" uma lição da escola sabatina que em vez de mostrar as grandes diferenças entre as duas alianças dizia e enganava diretamente 17 milhões de adventistas  dizendo  que as alianças são iguais  usando como estratégia exaltar pontos semelhantes e encobrir pontos dessemelhantes. Em seguida o Espírito Santo desvendou milagrosamente  o  descobrimento  da carta de despedida A T Jones de 1906 contendo não só a rejeição da IASD da  mensagem de 1888, mas também a expulsão do cargo de pastor de AT Jones, caçando suas credenciais e determinando sua saída da obra adventista. percebemos claramente  que tal injustiça se perpetua na teologia atual e que Deus tem provido alguma forma de libertação dos membros que forem mais fiéia a Deus que ao sistema , aos pastores sinceros que estarão no céu e membros verdadeiros e honestos com Deus e sua palavra,  da IASD,  para que se baseiem agora no evangelho, no cristianismo e na guia do Espirito Santo  e não mais nos focos do judasimo (sabado e lei, letras e conhecimento). Cremos que a visão é correta, é bíblica, é necessária e que ela acontecerá de alguma forma no tempo de Deus.




HISTORIA

HISTORIA - Desde 1888 que diversos pregadores tem alertado a IASD para que se arrependa de seu foco na lei e no sabado e aceite o Novo Testamento que foca Jesus, a fé, o poder, a misericordia, graça e Espírito Santo guiando de forma superior e sobreexcelente ao que a lei fazia (II Corintios 3). Nas décadas de 80 e 90,  destacamos no Brasil a revolução efetuada por meio do inspirado Pastor Bullon como uma continuidade das revoluções propostas por Morris Venden nos EUA (95 teses propostas para a IASD). Aqui no Brasil o mesmo ocorreu por ocasião em que afastaram EGW quando esta acompanhava A T Jones e Waggoner, líderes da teologia legalista da IASD no Brasil perseguiram , reagiram e fizeram uma inquisição sobre as pregações de justiça pela confiança em um Deus de amor do pastor Bullon e este, para se defender disse "sou um evangelista", então afastaram ele de departamental de jovens para evangelista. Fazendo com que o Bullon deixasse  de pregar mais para a Igreja interna e passasse a pregar aos de fora como se dentro tudo estivesse mais ou menos em ordem. 





REFs

REFERÊNCIAS

1- A mensagem de 1888 de George Knight - CASA PUBLICADORA BRASILEIRA

Exclusivismo:

2- O Abalo do Adventismo - Dr. Paxton da Comissão Batista em  Trabalho conjunto com a Associação Geral da IASD

3- Testemunhos para Ministros de Ellen White ( 11 cartas de protesto da Australia quando foi obrigada a se separar do ministerio da nova aliança de Jones e Waggoner)

4- Revista Parousia, ano IX do UNASPRESS - http://www.centrowhite.org.br/interna.asp?id=022

5- Conhecer Jesus é Tudo (Alejandro Bullon- Livro que tem revolucionado o adventismo)

6- 95 Teses de Justificação pela Fé (Morris Venden)

7- Questões sobre Doutrinas http://questoessobredoutrina.blogspot.com/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Quest%C3%B5es_sobre_Doutrinas






 


 

Lição de Gálatas tem ajudado a IASD

 

Gostei  da lição que comentava a nervosa carta aos Gálatas, acredito que ela esteja ajudando a IASD a amadurecer um pouco mais a transição necessaria que os judeus percorreram, proposta pelo sofredor apostolo Paulo, II Corintios 3 diferencia a velha aliança da letra, do conhecimento, das tabuas de pedra, da lei gloriosa, pelo super-glorioso ministerio do espirito (cristo vive em mim). Esta compreensão creio que seja fundamental.

Nunca o amor ao proximo, o perdão e aspecto espirituais eternos como fé e vida eterna foram tão destacados como no NT. Estes dias meditando em seu sacrificio aprendi muitas coisas. Ele se tornaria pecado e a ira do Pai que o amava deveria se derramar sobre ele, Jesus sabia que isso custaria muito ao Pai se irar contra o Filho que tanto amava...Jesus não pedia por si mesmo, mas pelo Pai, pois sabia que quem mais sofreria era o Pai, por isso a Bíblia diz,,porque " Deus " amou o mundo que deu seu filho..e o filho sabia disso e isso trouxe muita agonia a Ele tb. Todos nós lemos que o coração de Jesus partiu em dois, mas ninguem leu sobre o que aconteceu com o coração do Pai.

Fica aqui nossa humilde contribuição, construída de forma sincera e verdadeira  para o bem de todos os leitores que entendem que, assim como as cartas as sete igrejas de apocalipse continham elogios, repreensões e conselhos, perpetuamos neste breve resumo, alguns elogios,  repreensões e conselhos que cremos ser necessários para nosso avanço da verdadeira  fé cristã sobre toda e qualquer peculiaridade cultural religiosa  formada de forma dominadora sobre nossa mente (Incosciente coletivo).

Como se percebe virtudes em alguns pontos e problemas em outros em tudo, a Igreja Adventista do Sétimo Dia também carrega suas virtudes  e muitos  problemas. As grandes empresas possuem departamentos de ouvidoria e estão sempre atentas as mudanças de mercado para não sucumbirem pela teimosia e apego à tradição como se fosse ela a verdade.  Tradições e  sistemas estabelecidos e endurecidos devem ser submetidos rapidamente  a autoridade de Cristo, caso contrario seremos cumplices de sermos co-participantes de uma insubmissão como esposa de Cristo que pretende receber o noivo de forma pura, fiel, dedicada, apaixonada.

 

1. Probelmas quanto a mensagem de Saúde Preventiva. Por mais que outros autores anteriores a Ellen White e contemporâneos (séc XIX), tenham escrito idéias sobre saúde muito semelhantes ao que ela propôs (Graham, Knox, etc), ninguém deu tanta ênfase as mesmas. que Ellen White, ninguém colocou Deus no meio da questão da saúde preventiva e complementar, transformando a mensagem de saúde em uma religião, uma militância, uma causa ajudadora pela sofrida  humanidade, poucos  exaltaram tanto este tema fazendo com que homens e mulheres se transformassem em apóstolos do tema de saúde e saíssem ajudando, iluminando,  publicando, evangelizando e vendendo livros, instalando restaurantes vegetarianos e clinicas, antecipando pesquisas convalidatorias cientificas das sabedorias milenares quanto as leis naturais, restaurando a saúde de milhões e até fortalecendo o debate cientifico pela ortomolecularidade que somente hoje está sendo aceita  oficialmente pelo CFM (Conselho Federal de Medicina resolução 2010)  aqui no Brasil. http://www.portalmedico.org.br/resolucoes/cfm/2010/1938_2010.htm

 A Igreja  apostou em idéias que anteciparam séculos de ciência mas deu importancia muito elevada a estes temas, pois  exageros e fanatismos criados paralelamente, prejudicaram a  teologia da salvação, competindo  com obras salvíficas de comer e não comer, transgredindo assim o evangelho de Jesus que diz que "nada que entre pela boca do homem o torna impuro e sim seus pensamentos e palavras que saem da sua boca", e ter criado uma vigilância mais em aspectos exteriores da vida do que interiores, o que entendemos ter sido os efeitos colaterais indesejáveis que esta preciosa mensagem ajudadora de bilhões de pessoas, gerou,uma preocupação maior com o lado fisico que com o lado espiritual. Uma dedicação maior as curas naturais que as curas sobrenaturais (negando assim um dos focos do evangelho de Cristo). Não que as duas não possam existir juntas, mas em termos de Igreja, a cura sobrenatural deve ter relevancia. Assim como em termos de um hospital a cura natural deve ter relevancia. Inverter isso é tentar fazer da igreja um hospital , por outro lado já se imaginou  se um hospital se tornasse uma igreja onde os médicos orassem em vez de fazer cirurgias? (apesar que houve épocas que hospitais funcionavam exatamente assim)

Está certo que o mundo degradado pelo fast food, sedentarianismo, sintéticos e químicos da industria alimentícia e farmacêutica que transformou médicos em vendedores comissionados de suas formulas patenteadas, as quais, na maioria das vezes, apenas copiam  princípios ativos moleculares contidos em plantas e alimentos, precisam de mensagem preventiva e complementar de saúde. 70% dos tratamentos de saúde ocorrem em ambiente familiar, anterior ao posto de saúde, e o governo aposta hoje nesta fórmula (Programa Nacional de DCNT) como a única saída para a crise na saúde publica no Brasil e no mundo, e a IASD desempenhou e ainda desempenha um papel importantíssimo para ajudar ao mundo, economizar gastos governamentais, prevenir problemas de saúde, e manter uma qualidade de vida devido ensinar o respeito a aspectos de saúde onde pouquíssimas instituições se dedicam. A IASD e muito mais a IAR (Igreja adventisdta da Reforma) muito contribuiram para isso, contudo, não podem continuar negando que o evangelho prima pela cura sobrenatural e não natural, aceitando somente aquilo que a religião do  vegetarianismo ordena, esquecendo de Cristo e apenas o usando como um adorno religioso.

 

Em dias de sucesso dos evangelistas Benny Him, Valdomiro Santiago, RR Soares, Kenneth Hagin  e outros, que procuram imitar semelhante tragetoria de Jesus que pregava , curava e expulsava demônios, quero ressaltar que as igrejas tradicionais em geral trazem  também na historia de seus membros, relatos de muitos milagres de  expulsões de demonios,  maravilhosas pregações e  curas sobrenaturais, as quais são somadas as inumeráveis milagres de curas naturais, ou em respeito às leis da natureza que Deus criou quando estabeleceu o homem na terra sob certas condições de vida ideal. É claro que como Igreja fundada sob o panorama evangélico da nova aliança do Espírito (Deus Jesus conosco), deveríamos imitar mais o Senhor Jesus estimulando a fé no poder sobrenatural, do que nos propormos a ser uma instituição de saúde racionalista estimulando e ensinado  as leis de saúde. 

Contudo, por mais que existam desvios da escala de prioridades e valores do evangelho, vemos como não excludentes o aspecto sobrenatural da cura com os aspectos naturais, onde cada caso pode ser encaminhado em oração a Deus, pois o mesmo Deus que cura sobrenaturalmente é aquele que nos acompanha dia a dia, ditando graciosamente em nossos ouvidos que devemos evitar açúcar,  industrializados, tudo que contenha gordura hidrogenada, gordura trans, carnes, leite,  etc...Que devemos nos exercitar, descansar e estarmos sempre felizes e dispostos. O apóstolo Paulo no meio de suas cartas, aconselhava seu amado Timóteo a tomar um pouco de vinho para estômago, ensinando assim, de forma simples, um remédio natural simples ao amigo e irmão na fé, por mais que fosse um homem capaz de ter fé até para receptar pessoas mortas por acidente (Eutico).

 

 Desta forma, podemos elogiar e valorizar o trabalho de nossa Igreja sem desmerecermos a fidelidade de outros ao evangelho, enfatizando os métodos sobrenaturais de Cristo para curar até mesmo uma febre. podemos cumprir as  palavras posteriores à cura que Cristo disse ao ex-cego, "cuide, para não pecar, para que não te suceda coisa pior". Bom seria se hoje nós retomássemos as prioridades do evangelho (método sobrenatural) sem desvalorizar as revelações da importância das leis naturais (natural), tão importantes nestes dias onde a cultura de pizzas, coca-cola, açúcar e outros venenos industrializados que visam o lucro e não a saúde das pessoas, passeiam muito livremente nas nossas inocentes mesas .

 Sejamos portanto mais fiéis ao evangelho, fazeis estas coisas, sem desmerecer aquelas mais importantes. Amém!

 

 

RESUMO DE PROPOSTAS DE MUDANÇAS NECESSARIAS PARA ABREVIAR OS DIAS FINAIS

 

 

 

1. Assim como os judeus foram desafiados a fazer, devemos abraçar a nova aliança e abandonar a velha. A velha aliança era centralizada na lei, no sábado, no dever, na obediência a regras e sistemas, em Moisés e nos profetas, no ensino, na letra...A nova aliança é centralizada em Cristo, no sangue de Cristo, na cruz, na fé, na conversão, na guia em obediência ao Espírito Santo, na comunhão, no poder de Deus, na autoridade para expulsar demônios, curar e até ressuscitar mortos, na palavra viva de Deus e não na palavra "sabia" do homem, na inspiração, profecias, nos dons espirituais.

 

 

 

2. Pedir desculpas ao povo evangélico por hostilizá-los enquanto eles estavam muito mais certos quanto a diversos avanços no conhecimento e pratica do cristianismo. E eles que andam recebendo grandes bênçãos de Deus que nos repartem por meio de abençoadas pregações, musicas e milagres, com as quais somos agraciados, enquanto os condenamos por não guardarem a lei e o sábado.

 

 

 

3. Deixar de endeusar o sábado e passar a considerá-lo assim como Jesus o considerou, nem mais e nem menos, como um dia de benção ao homem apenas, e não como um sinal ou marca de Deus ao povo dos últimos tempos. Isso não é mensagem do novo testamento, está apenas na velha aliança. Na nova aliança os sinais característicos do bom cristão são:

 

 

 

A. Amar ao inimigo e fazer bem aos maus e bons (Mateus 5:43-48)

 

 

 

B. Realizar em nome de Jesus milagres, curas e sair ileso se tomarmos coisas mortíferas (Marcos 16: 17, 18)

 

 

 

C. "Terão amor uns pelos outros" D. Semelhança com Jesus (I João 4) e. Semelhança com o evangelho .

 

 

 

Quanto ao sinal do sábado pregado pelos adventistas pioneiros, isso é incoerente com as novidades do evangelho e duvidamos que Deus tenha revelado algo muito diferente do evangelho. Os frutos de se dedicar à guarda do sábado como coisa muito mais importante que Jesus deu, não é bom, basto ver uma série de incoerências e maus frutos caracterizados na vida de guardadores do sábado em contraste com quem aceita o evangelho e dá importância maior ao que Cristo deu. Ser semelhante a Jesus implica em dar importância igual ao que ele deu. Nem mais e nem menos. Seguir suas pegadas. Os 144 mil andam por onde o cordeiro vai.(apocalipse 14:4). Jesus não deu tanta importância ao sábado como o fazemos, Paulo muito menos o fez, pelo contrario, há um silencio em suas cartas que contrasta com nossos livros e pregações. Nosso cristianismo deve ser semelhante ao de Paulo e não um novo evangelho, como se pudéssemos anular o antigo e único e verdadeiro caminho. "Qualquer que prega um outro evangelho seja anátema" "Não deixem que ninguém vos humilhe afirmando serem melhores do que vocês, baseados em visões e anjos". Baseemos nossa fé na Bíblia, em Jesus e somente nele amém.

 

 

 

4. Pregar o que Jesus disse que "aquele que nele crer não entra em juízo, mas passou da morte para a vida" "nenhuma condenação há para os que estão em Cristo". Devemos exaltar a graça de Deus revelada e a salvação pela graça, por mais que esperemos as melhores e mais magníficas obras.Jesus deu ênfase às boas obras e Paulo falou das obras da fé em constrate com as obras da lei. Entendemos pouco disso, e rogamos a Deus que nos ilumine! Amém!

 

 

 

5.

 

 

 

13 de julho de 2012


Como você entende ou interpreta este texto?

(Atos 15:28, 29) 28 Pois, pareceu bem ao espírito santo e a nós mesmos não vos acrescentar nenhum fardo adicional, exceto as seguintes coisas necessárias: 29 de persistirdes em abster-vos de coisas sacrificadas a ídolos, e de sangue, e de coisas estranguladas, e de fornicação. Se vos guardardes cuidadosamente destas coisas, prosperareis. Boa saúde para vós!
 

Os gentios estavam sendo isentos de quase toda lei para serem aceitos pela graça da obediencia de Cristo no lugar deles..da justiça de Cristo justiça nossa pela qual estariamos sujeitos a presença de Cristo pelo Espirito nos guiando e não regras e leis antiquadas e imperfeitas . Então foi colocado apenas estas quatro condições para comunhão:
1-Abster de coisas sacrificadas a ídolos (apesar que Paulo vai argumentar que o ìdolo nada é e que deveriam fazer isso devido a poder escandalizar os fracos em I Cor 8)
2- de sangue, (se refere ao respeito aos animais por mais que hoje se interprete se tratar de saude)
3- e de coisas estranguladas, (se refere ao respeito aos animais, por mais que a adrenalina e cortizol em animais estrangulados gerem muito stress em quem se alimenta , mas devems lembrar que a prioridade na interpertação da lei é o prisma do amor e não benefecios e maleficios fisicos)
4- fornicação - prostituição

Devemos entender que na transição entre o judaismo para o cristianismo, a tensão entre defensores da lei (Tiago e judeus) versus defensores da nova aliança do espirito (Paulo) era imensa..e foi Tiago que fez esta exigencia "minima". Alguns julgam que esta exigencia minima veio a se tornar um pouco de fermento legalista de Tiago, outros porem reconhecem que a nova aliança é na verdade uma reinterpretção espiritual e cristã de toda a lei escrita, onde ocorre um aprofundar em todas as vontades divinas expressas de forma mais imperfeita no VT , que as formas mais sublimes em Cristo no Espírito Santo. fonte : Ig Adv Nova aliança www.igrejaadventista.rede.comunidades.net


15 de fevereiro de 2012

 

 

Existe o velho e o novo testamento, ambos possuem diferenças e igualdades. Quem tenta igualar os diferentes erra. Quem tenta diferenciar demais sem perceber as semelhanças tambem erra. Precisamos ser equilibrados em tentar perceber graus de descontinuidade e continuidade entre o velho e novo testamento.

 

Parece que na prática, não são poucos os adventistas que seguem o novo testamento,  pois enfatizam mais a comunhão com Cristo, porém certos teólogos lideram uma teologia contrária ao que Deus tem guiado muitos adventistas a  praticar. De forma que , em geral muitos do povo andam medianamente certos na prática do cristianismo,  mas com idéias teológicas mais judaicas que cristãs, mas vetero testamentarias que ideias que se apresentam novas na nova aliança do novo testamento.


Esse problema teológico ligado a nova aliança tem existido na Igreja desde 1888 e um excelente livro que descreve historicamente isto é:


 

 

A Mensagem de 1888 
+George R. Knight

Neste excepcional livro, a maior autoridade em historia da Igreja Adventista,  Geotge Knight, coloca de forma científica e honesta a descrição da disputa entre defensores de um novo testamento adventista centralizado em Cristo e no Espírito Santo,  versus aqueles que defendiam a tradicional centralização na lei.

por R$ 16,40

 

 Após a leitura deste surpreendente material poderemos iniciar uma compreensão da dimensão dos problemas espirituais e teologicos que precisaríamos resolver. 

No Brasil


Especificamente no Brasil,  percebemos historicamente a fundação da IASD a partir dos protestantes do sul do país, com forte influência alemã. Já desde 1888 que o pastor de origem alemã,  Conrad, que era contrario a Jones, Waggoner e a  Ellen White que os apoiou, deu sequencia a partir da alemanha,  a uma especie de trincheira em defesa do tradicionalismo adventista centrado na lei e nas profecias. O Brasil receberia fortemente a influencia alemã associado a liderança americana que apoiava tambem tal ideologia tradicionalista. Desta forma, se estabeleceu aqui no Brasil uma teologia bastante contrária a aspectos do novo testamento, contrária a evangelicos fortalecendo constantes disputas com os mesmos, e em favor da continuidade da centralização na lei e aspectos judaizantes denunciados por Jones e Waggoner e não corrigidos em 1888.


De volta ao Novo Testamento, hoje, em 2012, estamos fazendo  uma revisão de nossa mentalidade à luz da Bíblia (sobretudo tendo como referencia maior Jesus e o novo testametno)  e encontramos diversas ênfases teológicas extremametne prejudiciais ao crescimento cristão.


Escrevemos neste site, com a fraca esperança de gerar alguma modificação, melhora e correção, mas nem por isso deixamos de alertar para os fatos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Existem muitas coisas que Jesus quer  dizer e poucos podem suportar ouvir, ler,  mais poucos ainda, entender.

Na verdade muitos parecem seguir Jesus na prática, enquanto na teoria são atrapalhados pela teologia e tradição no modo de pensar, o que prejudica a prática do evangelho.

Quando olhamos um texto da Bíblia, tentamos entender a luz de nossa cultura religiosa e não tentamos entender o texto em si. Quer ver exemplos?

"O que entra pela boca do homem não é o que contamina o homem, mas o que sai, pois são seus pensamentos, etc"

Quando os vegetarianos, os que não bebem e não fumam e fazem de seu estilo saudavel de vida um sinonimo de cristianismo, lêem esta passagem, qual sua reação? Querem quase que contradizer a passagem, corrigindo até mesmo Jesus quanto ao que disse.

Isso se dá com centenas de situações bíblicas. 

 

Sr Marcos - 20 anos de espiritismo foram embora

Certo dia vinha um homem caminhando e o espirito santo me disse para oferecer estudos da Biblia para o mesmo....seu nome era Marcos e ele aceitou com a seguinte condição, de que eu estudasse alan kardec com o mesmo....eu confiei em Deus (devido a inteligencia maior destes escritos) e em seguida topei.

Ele era 20 anos espirita e conhecia muito, ele havia levado varias pessoas para serem espiritas.

Iniciamos o estudo/debate..

Logo no inicio ele me mostrou o livro genesis de alan kardec na pag 17 em que se diz que a base do espiritismo é Deus e a imortalidade da alma

Refutei mostrando alguns textos como timoteo 6:16 "só Ele possui a imortalidade" , "a alma que pecar essa morrerá de ezequiel 18:4...e outros mas não adiantou...

ELE ENTÃO FEZ O DESAFIO

"se vc me mostrar no novo testamento, o proprio Jesus falando que alma morre eu largo o espiritismo agora!"



Sem saber onde é que Jesus havia falado isso eu dei um cheque sem fundo na boca do caixa, pela fé no meu Deus, e disse, TEM!!!


Ele começou a rir de mim afirmando que eu estava blefando 


EU ORAVA INCESSANTEMENTE PELA PROMESSA DE QUE O "O ESPIRITO SANTO VOS FARÁ LEMBRAR DAS COISAS QUE VOS TENHO FALADO" enquanto afirmava ele ria de mim por talvez perceber minha insegurança e angustia pois eu buscava a solução em Deus, estava aflito em oração diante do meu blefe pela fé em Deus

Eu pensava: "deve haver um lugar na Bíblia onde Jesus tenha dito isso, um assunto tão importante destes Jesus deve ter sido esclarecido"


Então



DEUS ME ILUMINOU e milagrosamente lembrei:

"Não temais os que podem matar o corpo e não podem matar a alma, temei aquele que pode fazer MORRER no inferno tanto a alma como o corpo...

PERGUNTEI A DEUS ONDE ESTAVA ESCRITO, E UMA VOZ ME DISSE PARA ABRIR A BIBLIA, EU ABRI E A VOZ MANDOU QUE EU VIRASSE A PAGINA, EU VIREI E MEUS OLHOS CAIRAM EM CIMA DE MATEUS 10:28- Confiram! Amém Aleluia!

 

 

 

 

 

 

 

 

invisível

Ele engoliu seco e cumpriu sua promessa. Ele visitou diversas pessoas que ele catequizara ao espiritismo vendendo o livro DESEJADO DE TODAS AS NAÇÕES (uma benção!) e me contou que foi até expulso de algumas casas.

Depois ele foi comigo na igreja adventista do sétimo dia, central de Bhte, e assistiu um culto tão terrivel (havia pastores fazendo do púlpito, momento de policagem) que ele me disse: "Largar o espiritismo vou largar, mas virar adventista não vou"

Aí ele foi para igrejas evangélicas e a ultima noticia que tive ele estava na RENASCER.. depois em MIssões...

Que Deus o abençoe onde estiver! É minha oração!

 

 

 

***Esta é uma proposta interna para a  igreja adventista , para que ela melhore e possa representar melhor a mensagem das escrituras sagradas, convidamos pastores, membros e até profesores de teologia , para que meditem, reflitam e se posicionem publicamente a respeito!

Precisamos muito refletir na mudança entre o velho sistema da velha aliança para a nova aliança.

Pedimos compreensão e desculpas por falhas neste site em construção,  e imploramos a Deus que Ele, em nome de Jesus,  vos abençoe com a presença de seu Santo e Bom Espírito durante esta leitura!!!

 

 

 

A Revelação da Nova Aliança a Humanidade


Há sérios problemas bíblicos que precisariam ser resolvidos.

1. Houve sim a substituição da velha aliança centrada no aio da lei, pela nova aliança onde o aio é Cristo pelo Espírito Santo II Corintios 3 deixa isso muito claro. Graças a Deus muitos  adventistas estão caminhando nesta direção (na prática).

2 Tudo que Jesus deu mais ênfase , nós devemos tambem fazê-lo. Ele é nosso prumo, nossa referencia,nosso tudo.

3 Jesus reinterpretou toda lei e todo ensino de Moisés, nesta reinterpretação ele mudou algumas coisas (exemplo: antes era odiar inimigos, agora é amar, antes era dente por dente, agora é dar a outra face, antes era adulterar, agora é só olhar, antes era não fazer nada aos sabados, agora Jesus reinterpreta  aprovando fazer algumas coisas e dizendo "misericordia quero e não sacrificio"). Quando Jesus diz "eu porem vos digo" Ele está  dizendo "agora quem manda sou eu e não mais Moisés" agora a referencia sou EU SOU  e não mais a torah de Moisés". Eu porém, vos digo, é uma substituição do lider Moisés pelo líder Cristo, o Deus encarnado. Jesus é muito superior a Moisés, assim como seus ensinos o são, assim como o novo testamento que contém Jesus mais claramente o é!

4. Por isso que Paulo chama a lei de aio, de tutor, de iniciação, de rudimento elementar, de algo glorioso que nem resplandesce diante da sobrexeclente gloria da nova aliança. Paulo cclassifica como velho e prestes a desaparecer o judaismo da velha aliança com todas as suas cerimonias e padrão legal de moralidade, pois agora nosso padrão é mais elevado, é Cristo.

Portanto irmãos, concluímos  que os evangelicos sempre  tiveram  razão em muitas coisas quando reclamam de nós e que nós, em vez de brigar e discutir com eles,  deveriamos ser humildes, admitir nossas falas e procurar rever nossos conceitos. Alias tivemos esta chance em 1888, depois que li aquele livro da CASA  de George Knight "a mensagem de 1888" entendi bem mais sobre isso, espero que vc tenha lido tambem. Um grande abraço!

 

 

 


Ocorre que hoje muitos de nós vivemos uma falsa nova aliança que usa a graça para se ver livre da lei e não para superá-la e suplantá-la pela superioridade do "Cristo vive em mim".



 26/11/2011

 

 

Pastor (...)

 

 

Me sinto tocado a te escrever mais sobre nossas idolatrias e a importancia que elas sejam varridas da herança do Senhor , que Ele ama e cuida, e zela, e tem ciúmes, por meio da sua palavra.

 


A graça de Deus "estava latente" (S J Schwantes) nas páginas do Velho testamento em várias situações, algumas vezes estava patente, mas nunca se manifestou tão nítida como na vinda de Cristo e na manifestação deste misterio oculto nos encaminhado principalmente pelo apostolo (enviado) Paulo.

 


Uma destas revelações é a água..no VT vemos ela como uma cerimomnia de purificação do pecado, mas no NT a revelação é patente, vemos Jesus encontrando uma pecadora que tivera 5 maridos e estava ainda amaziada com um homem casado, e Jesus oferece a mesma pecadora a agua viva, que limpa, cura, liberta...Ele a trata com graça, quando nenhum homem a trataria, sobretudo religiosos, quando ela zombava dele dizendo que ele não tinha balde, sugerindo que fosse somente mais um judeu orgulhoso maior que Jacó, ou zombando dele "aceitando" a tal agua para não ter que vir mais se dar ao trabalho de buscar água no poço...então o rio de Deus em Cristo Jesus se manifestou...ouça esta musica evangélica que tem sido instrumento de Deus para lavar tantos pecadores como a mulher do poço, eu , vc, todos nós, exaltando isso, essa graça, essa água, e veja a diferença da revelação do NT em manifestar a graça:

 


http://www.youtube.com/watch?v=20aZ6e9-RfQ

 


O NT nos faz enxergar mais profundamente a vontade de Deus, e pela manifestação de Jesus que é a expressão exata do caráter de Deus, percebemos não somente que o VT e a lei eram apenas tutores, aios, expressões minúsculas e rudimentares  da vontade e carater de Deus e não que "a lei é expressão máxima do caráter de Deus" como ensinam alguns professores nossos de teologia, e que agora entendemos porque Paulo diz que o ministério da  lei, apesar de glorioso,  em nada resplandesce diante da sobreexcelente gloria do ministério da nova aliança, do espirito, porque este contem Jesus, a revelação máxima do carater divino, pois Ele é Deus com Pai e com o Espírito Santo. 

 


Como disse anteriormente, tenho me sentido tocado a te escrever e falar sobre idolatria na Igreja, e devo salientar que não somente nossa Igreja está incorrendo neste pecado, como diversas outras, mas a agua da graça divina pode resolver todos os nossos problemas e bem aventurado aquele que cair sobre esta rocha que brota esta  agua viva e que lava nossos pecados, mas ai daquele que a rocha cair sobre o mesmo..ai dele..Deus tanto pode ser muito bom, como pode ser muito terrível  para aqueles que , depois de esclarecidos, insistirem em sua teimosia teológica, espiritual e eclesiástico-tradicional!

 

 

 

Bem aventurado aquele que lavar suas vestes nestas aguas...que aceitar o plano da graça/agua/sangue/perdão/aceitação/justificação oculto e latente desde os tempos antigos , mas revelado em Cristo para abençoar gentios (sem lei) e Judeus (com lei) (Romanos 3 todo), circuncisos e incircuncisos, TODOS encerrados no pecado para que lhes conduza agora a um sistema mais eficiente de santificação, que é a manifestação da graça de Deus e a condução espiritual da nova aliança que diz "e ninguem mais ensinará a seu proximo pois Eu mesmo lhes ensinarei e colocarei nos seus corações minhas leis" (Romanos 8:10), minhas vontades, minha virtude, minha santidade, minha justiça, meu perdão, minha misericórdia,  meu carater, meus milhares ou milhões de mandamentos, minha sabedoria, meu Espírito Santo, minha divindade, quando nos converte, nos fazer nascer de novo, milagrosamente, isso não é mais uma mera catequese, não é doutrinação, não é lavagem cerebral, é poder de Deus manifestando o Cristo a viver em mim pelo Espírito Santo. Isso é novo e torna-se antiquado, envelhecido e prestes a desaparecer o velho sistema. Hebreus 8:13. E só há antagonismo entre os sistemas quando o sistema antigo quer se igualar ou até mesmo sobrepor ao novo sistema, quando filho mais velho do dever quer matar o Pai para mandar ele mesmo na fazenda , excluir o domínio de  Deus como cabeça  na Igreja e estabelecer o domínio dos homens, de suas razões, de seus direitos, de suas proprias leis,    e expulsar o irmão mais novo pródigo e não mais permitir que a graça do Pai lhe assista, exigindo justiça humana e se estabelecendo como tendo mais direito.

 

 

 

Bom, agora passamos a falar diretamente sobre idolatria...

 


Desde o velho testamento que "não ter outros deuses" e não fazer imagens de coisas santas, esculturas, fontes de adoração, de dedicação concorrente com Deus, de coisas consideradas celestiais, em cima dos ceus, etc. 
No novo testamento, este espirito da letra da lei se revela ainda mais gloriosamente e de maneira sobreexcelente (II Corintios 3), quando Jesus estabelece uma escala de valores e contrasta diversas coisas mais importantes com menos importantes...a partir destas revelações aplicamos a nossa realidade:

 

Preparamos um gráfico para mostrar algumas das idolatrias que tem existido entre nós:

 

 

 

 

 

Idolatria do Templo

Pela consideração extremada para com a Igreja, somos muitas vezes mais servos da Igreja, do sistema, da liderança,  que servos de Deus, da sua palavra...Servimos a Deus quando este servir não se contrapõe com o sistema religioso que estamos inseridos. Desta forma confirmamos que se estivéssemos ao pé da cruz seríamos os apenas mais um daqueles que guiados pelo judaismo e a liderança instituída da época, a crucificar nosso amado mestre, que como pedra de esquina, pode surpreender a cada um de nós. Precisamos fidelidade a Deus e não a normas instituídas, quando o Espírito Santo revelar situações surpreendentes.




Idolatria de Ellen White


Temos promovido uma gloria extremada para com este instrumento de Deus  falho e extremamente humano, temos justificado todas as suas faltas, e exaltado todos os seus acertos. Temos reduzido a atuação do ministerio do dom  profético  do Deus Espirito Santo a seus livros, quando a palavra de Deus esclarece que em tempos de Nova Aliança "todos podereis profetizar" (I corintios 14:31. E isso tem sido tanto  motivo de zombaria dos inimigos da Igreja como tambem  motivo de repreensão justa daqueles  que  nos apontam que nem todo escrito de EGW é dela, houveram muitas copias não citadas e respeitadas por mais que EGW exige reconhecimento legal de seus proprios direitos autorais,participação  de muitas assistentes, que sem honra , trabalharam para honrar a Jesus como M Davis, 25 anos de redação, ou a compositora Fannie Eugenia Bolton que compos o hino 294 "Não eu mas Cristo seja em tudo honrado"   que nem toda interpretação dela é dela mesma, mas como disse o anjo repreendido por João quando este estava para adorá-lo: "E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar.E disse-me: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus. 
Apocalipse 22:8-9. E outra vez o discipulo João, demonstrando esta inclinação da  tendencia humana de adorar coisas celestiais diz:   "E eu lancei-me a seus pés para o adorar; mas ele disse-me: Olha não faças tal; sou teu conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus. Adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de profecia. Apocalipse 19:10 . Note que o espirito de profecia pertence aos irmãos e não a uma irmã em especial. Temos reduzido a interpretação da Bíblia a interepretação do escritorio de redação, copilação e escritos de EGW , fato apontado pelo Dr Walter Martin em 1950 e aceito pela associação Geral que fez um compromisso não cumprido de fazer cessar isso de nós. Temos focado demais, idolatrado, substituido todo entendimento bíblico  pelo prisma EGW que se torna caminho, verdade e vida para a Igreja. Promovido procissões, oratorios (centros white) ,  longas pregações exaltando sua inspiração, escritos, trabalho, como tendo autoridade igual e mais atualizada que a Bíblia. Temos que acabar com isso Pastor. Seje um instrumento de Deus para propor que os escritos de EGW sejam colocados entre parentesis aquilo que é de outros autores, aquilo que pertence a outro estilo literario (assistentes), e assim se dissipe esta nuvem negra de idolatria a ela. Vamos promover outros escritores como até mais inspirados que ela para descrever mensagens de Deus, pois existem muitos como vemos em RICHARD WURMBRAND.  FINNEY,  MURRAY , CHAMBERS e muitos outros que Deus tem levantado, tanto clássicos como na atualidade, pois Deus não pode ser reduzido a ninguem, mas exaltado, ampliado, e manifestado pelo Espírito Santo que se confirma na vida, escritos e pregações de inumeráveis de homens-bençãos e mulheres-bençãos de Deus.
Idolatria da Lei De forma semelhante aos Judeus temos esta idolatria. Em nosso meio,  ela foi  causada sobretudo pela necessidade de defesa da permanencia do sábado e da interepretação de Daniel 7:25 que nos delegou a mensagem de denunciarmos a mudança da lei de Deus na forma  antiga operada pelo rei constantino em 321 e ratificada segundo Tomás de Aquino pela Igreja Católica no sínodo de Órleans em 538DC. (Segundo livro "A lei de Cristo" do Cardeal Bernard Hering).  A lei nos conduziu de aio para Cristo, nós dissemos que Cristo é que nos conduz a lei, nos estudos biblicos quando a pessoa aceita Jesus, em seguida vem aceitação da lei
Idolatria do Sábado Enquanto Jesus reinterpretando o sábado declarou não querer sacrificio mas misericordia em relação a sua guarda, enquanto Jesus destacou que o sabado foi feito para o homem e não o homem para o sabado, nós insistimso em sacrificio em prol do sabado e viver uma vida em prol do sabado, e pregar demasiadamente sobre o sabado com a desculpa que as outras coisas os outros já pregam, como se não nos pesasse a responsabiblidade para com o evangelho, mas com apenas algumas partes do evangelho. (Problema tanto denunciado no livro "a mensagem de 1888 de Kinight na qualidade de historiador  como defendido por ele mesmo na qualidade de defensor  em "a visão apoliptica e a niulidade do adventismo").
Idolatria da razão humana Academicismo, diplomas, formalidades, sermões mais estudados que inspirados, chamamento não de Pedros para a obra de Deus , mas de diplomados e "bem" preparados pelos estudos e vigilancia moral do homem. O homem no lugar de Deus, a razão humana no lugar da loucura da pregação.  Os dons espirituais da Bíblia são substiuidos por dons naturais desenvolvidos oun inatos nas pessoas. 
   
   
   

 

 

 

 

 

 

 

****Depois termino este texto...Deus me faz perceber que as idolatrias são diversas, por agora apresento somente estas....um grande abraço...

 

 


 

 

 

- Por que os seres humanos preferem se agarrar à tradição do que ao que Jesus ensinou? Mesmo Jesus tendo dito: “vocês encontram uma boa maneira de rejeitar os mandamentos de Deus para guardar as suas próprias tradições... Vocês invalidam a palavra de Deus por causa dos seus costumes” (Marcos 7; 6-13).
Para esses imundos de terno e gravata, o reino de Deus também não é o que Jesus ensinou, mas o que eles mesmos convencionaram á ser. Ele deixou de ser invisível e imaterial, para ser visível e material. O reino de Deus passa á ser agora o templo, as atividades que ali são realizadas, estar comprometido com o reino de Deus é estar comprometido com algum ministério que exista neste templo chamado de igreja e até de casa de Deus

 

 

 


 

O Poder do Sangue de Jesus (artigo de 2003)


(perguntas reflexivas aos pais)

Você teria coragem de dar seu filho por uma causa?

Seu Filho se ofereceria para morrer debaixo da sua ira para que sua ira não despejasse sobre pessoas pecadoras?

Se o sangue de seu Filho fosse derramado por uma causa, e as pessoas deveriam bebeer o sangue de seu filho para serem salvas, como vc se sentiria se elas zombassem do seu sangue do seu Filho e ainda recusassem beber?

Você confiaria em alguem que fosse capaz de deixar morrer seu filho pra te ajudar, confiaria em alguem que demonstrou querer  te ajudar tanto?

Procuremos contemplar o sacrifício de Cristo, desde Seu humilde nascimento, Seu humilde comportamento como criança, como adulto, e chegarmos com Ele no auge da demonstração da Sua ilimitada vontade de nos salvar, aqueles momentos no Getsêmani, onde as gotas de sangue já começam a borbulhar e nos purificar de toda a desconfiança que carregamos dEle, devido aos nossos sofrimentos.

Acheguemo-nos com ele aos pátios e perante Pilatos, ali conseguiremos enxergar todo o amor dEle, revelado ao proferir palavras de amor a alguém que lavaria suas mãos diante da injustiça. Nós nos veremos a nós mesmos nesta cena e nas cenas seguintes, sendo amados ao negarmos, ao deixarmos as coisas de Deus pra lá, sendo amados ao odiarmos, sendo ignorados ao blasfemarmos, sendo defendidos ao cuspirmos nele, sendo perdoados ao pecarmos...

Como um povo que sempre negou o seu Mestre em todos os tempos, em todas as épocas, em todas as situações, na glória de Suas mãos estendidas por nossas transgressões, está nossa divina esperança. Está a certeza de que apesar de tudo, Ele nos compreende, perdoa e simplesmente morre pelos nossos pecados, aguardando o nosso choro em arrependimento e entrega total, ao vermos nossos pecados ferindo a Ele.

Podemos rir de Suas chagas, podemos cuspir em Sua fronte, podemos desprezar Suas palavras, podemos de mãos dadas ao diabo e falsos líderes religiosos demonstrar todo o conchavo hipócrita do mal, podemos gritar em nossas atitudes em favor da religião e contra Cristo "crucifica-o, crucifica-o" e ainda assim aquele sangue é derramado injustamente por nós. Ainda assim, não se ouve condenação daquele Cordeiro. Ainda assim, Ele despreza nossa ignorância e paga pelos muitos motivos para que Seu Pai não nos perdoe.

 

 

 

Naquelas cenas finais, em meio a todo conflito de interesse, todo conflito de idéias e doutrinas, toda injustiça praticada e camuflada, toda venda de princípios em troca de manutenção de um ministério falso, sim, naquelas cenas estamos nós todos ali.

Alguns como discípulos covardes, alguns como soldados fiéis à ordem, alguns como líderes responsáveis, alguns como Judas, Pilatos, Pedros, mas estamos ali. Alguns como zombadores, cuspidores, ladrões e pecadores arrependidos e ladrões e pecadores que se justificam. Todos nós. Mas Ele morria por todos e declarava amar a todos. Deus ama você, a mim, a qualquer um de nós.

Sim, aquele sangue foi derramado pelos que representavam a mim mesmo e a você mesmo. Pois, se em idênticas circunstancias estivesse eu lá, ou estivesse você, agiríamos tão perfeitamente iguais, à semelhança do que temos feito hoje em nossos dias. Em diversos contextos.

Mas o sangue apenas se esvai daquele corpo em atitude fiel de pagamento expiatório. Apenas alguém divino se submete as atrocidades nossas ali representadas. Naquele show de realidade ao vivo, concentram-se todas as forças do universo, todas as pessoas, todas as personalidades, todas as igrejas... Ali também foram todos perdoados, purificados e embranquecidos, todos exceto os que não Lhe aceitaram e não distinguiram como Nicodemos o amor do Pai às pessoas, a ponto de se sacrificar tanto, ao dar Seu filho unigênito para que ninguém perecesse, ninguém morresse em seus delitos, mas que todos pudéssemos chegar ao arrependimento e ser salvos.

Mas não foram apenas nossos pecados ali representarados que torturaram Jesus. Estes tratamentos que demos a Jesus não eram capazes de partir seu coração. Havia algo que deveria Ele sofrer que lhe causaria maior sofrimento ainda: A Separação e o bandono do Pai. E mais, Ele estava recebendo a ira de Deus que todo pecador há de receber no apocalipse , no lugar dos pecadores que aceitassem seu pagamento, e angustiava-se com o fato de saber que seu Pai que o amava angustiava-se ainda mais que Ele mesmo. A punição do pecado e a indignação de Deus estava sobre Ele e pelas suas feridas fomos sarados . O Castigo que nos traz a paz era dado a Ele.

Creio que a mensagem da cruz fará mais que o fio agudo e incisivo de nossa língua, muito mais que imaginamos, e por isso, como Paulo, quero saber somente uma coisa entre vós: De Jesus e este crucificado!

 

 

 


Dois tempos se destacam na historia humana e são diferenciados pelo proprio Jesus . Lucas 16:16 a 18,  diz :

16 A lei e os profetas vigoraram até João; desde então é anunciado o evangelho do reino de Deus, e todo homem forceja por entrar nele.

O sangue de Jesus é o ponto central desta mudança, pois a realidade do sangue ocorre, e com esta relaidade , novas dimensões espirituais a humanidade pode alcançar!

 

Fé-Nova Aliança- Justiça pela fé

       

 Lei-Velha Aliança-Justiça pelas Obras

 

 

 

 

 

 

 

 

Ministerio do Espírito –( II Corintios 3)

Ministerio da Lei

Sobrexcelente Gloria – Espírito

Glorioso – Lei de Moisés

Creia e viverá

Obedeça e viverá

Filho Pródigo mais novo (Lucas 15) gentios e pecadores resgatados

Filho Mais velho obediente (judeus, sistemáticos e cumpridores de deveres)

Audaciosos, sem medo,  mas as vezes se mostram impulsivos e inconsequentes

Burocratas, Metódicos, medrosos, demonsatrando ser mais responsaveis

Busca mais abraçar pecadores  e perdoá-los

Mais condena  pecadores e os ameaça

Mais Convertidos

Mais Convencidos

Inovadores e Criativos

Cuidadosos e Tradicionais

Isaac, filhos da promessa

Ismael, filhos do direito

Sara perseguida  (Gálatas)

Hagar perseguidora

Jesus como referencia (Gálatas 3)

Aio-lei como referencia

Espirito Santo guiando

Tutor-lei-praxes e burocracias guiando

Mais Misericordia

Tendência a Maior Implacabilidade

Ministerio da Vida

Ministerio da Morte

Mais Perdão

Mais Condenação

Profundo (Com re-interpretação de Jesus e perspectiva dEle)

Mais Elementar e raso (sem a perspectiva e reinterpretação da lei de Jesus)

Eterno

Básico-provisorio-introdutorio-iniciante

Ensinos e vida de Jesus incluuindo mandamentos re-interpretrados

10 mandamentos e temas focados neles

Maria aos pés de Jesus dando prioridade aos assuntos espirituais

Marta nos afazeres dando prioridade as coisas da vida

Contempla mais o  Pecador que se arrepende

Contempla mais ao que se esforça

O céu interessado na Terra

A terra com medo dos céus

 

 

è bom que compreendamos também os problemas que costumeiramente ocorrem e os perigos que ocorrem em ambos os lados em competição ideológica desde Atos 15, Gálatas, Mineápolis (1888)


 

Fé-Nova Aliança- Justiça pela fé

Lei-Velha Aliança-Justiça pelas Obras

 

 

 

Fazem da graça Libertinagem (Judas tadeu 9)

Fazem da lei rigidez  religiosa

Jesus deixa de ser  libertador  e se torna conivente

A lei e o conhecimento dela liberta e santifica

Vangloria de fé sem obras condizentes (Thiago)

Obrigar e impor aos demais sua norma de justiça- Julgamento por atos exteriores dos outros

Pecadores auto-suficientes na graça que não se arrependem

Manipulação de leis e  cargos na igreja tendo em vista fofocas de transgressões de outros

Inconsequencia devido uso extremo de liberdade

Falta de entendimento de circunstancias onde se deve transgredir leis

Muito dependentes do Espírito –fanatismo

Tradicionalismo e conservadorismo

Bondade excessiva não bem refletida

Perseguir os filhos da graça

Achar que não tem que lidar mais com culpa

Intenso sentimento de culpa, depressão e auto-flagelo

Idolatria da liberdade

Idolatria dos dez mandamentos

Idolatria do pastor Bullón, Venden, justificação pela fé  e pregadores afins

Idolatria de lideres religiosos semelhantes, tradicionais, institucionais, do sistema estabelecido (ruim ou bom), idolatria da igreja

Rejeição de EGwhite e ênfase em seus erros

Idolatria de EGwhite

Banalização dos personagens bíblicos

Idolatria de personagens bíblicos como quase santos e portanto merecedores da graça divina.

 


Seja um Cristão Adventista Livre!


Não é fácil colocar em prática esta frase, pois todo ser humano é guiado pela cultura que lhe domina, e quanto mais inseridos nela, tanto mais dificil.


Para mim não foi fácil, pois nasci na IASD, fui diretor de trabalho missionario (2 anos), obreiro bíblico (2 anos), colportor (8 anos), assistente (1 ano), fiz teologia (ultima turma do velho IAE hoje UNASP), fui pastor assistente na Divisão Sul Americana (1993) e ainda fui pastor de distrito da obra cuidando de 17 igrejas e grupos. 


8 Passos para libertação


Descrevo a seguir 8 passos que  trilhei e que aconselho cada membro da IASD seguir para poder alcançar maior presença de Jesus e do Espírito Santo em suas vidas.


1- Reflita sobre 2 Corintios 3, a diferença entre as duas alianças, leia e releia Gálatas, Romanos, cartas Paulinas, Atos 15, a salvação pela fé no lugar das obras da lei, o cristianismo da fé e dos milagres em vez do judaismo da lei e da moralidade, Leia sobre as assembleias de Minneápolis 1888, Jones e Waggoner, leia o livro da CASA "A MENSAGEM DE 1888", "O ABALO DO ADVENTISMO" Dr Paxton

 

 A Mensagem  de 1888   A Mensagem de 1888
George Knight
Casa Publicadora R$19,50      Compre 'A  Mensagem de 1888' agora!

 


Depois de entender bem estas questões ligadas a velha e nova aliança , creio que vc estará preparado para o segundo passo:


2- Deixe Deus por meio do Espírito Santo habitando em vc, ser tudo. Considere escritos inspirados do  escritorio de redação e copilações de EGWhite como boas e razoáveis referencias no estudo das escrituras e nunca  como palavra final e infalível. Creia que Deus deixou pregadores e escritores tão inspirados e até mais inspirados que os escritorios de redação e copilações de EGWhite. Desidolatre EGWhite não a ponto de desprezá-la e muito menos a ponto de divinizá-la como sendo a mente que pensa e recebe inspiração em seu lugar. Creia nas escrituras quando diz que "todos podereis profetizar" e não apenas uma só pessoa vivendo quase dois séculos atrás. Estude a Bíblia por conta propria, creia no Espírito Santo iluminando você e pessoas simples como Pedro, como capazes de receber do céu luz para nossos dias e nossas necessidades.


3- Comece a estudar os grandes reformadores protestantes, Calvino, Lutero, comece a ler grandes pregadores históricos como http://www.reavivamentos.com/ e assistir pregadores poderosos atuais como Paul Washer , você vai perceber que a compreensão do evangelho de Jesus está bem acima do que imaginávamos e conseguíamos ver em nosso exclusivismo por nossos proprios horizontes institucionalizados.


Puxa vida, será que vc chegou ao terceiro passo? Se chegou deve ter sofrido muito e teve que negar a si mesmo diversas vezes. Certamente o Espírito de Deus lhe esteve guiando e iluminando passo a passo as muitas revelações que precisava, mas com certeza, você deve estar gosando de uma plenitude do Espírito Santo bem maior que antes, deve estar bem mais misericordioso com os outros, manso, humilde e deve estar buscando mais a Deus. O quarto passo não é nada fácil, mas muito necessário.


4. O quarto passo, uma vez livre da cultura restritiva quanto a palavra da fé,  é a manifestação de Jesus em você fazendo as mesmas obras que Ele fez, e até maiores. Você já reparou que o evangelho de Jesus é caracterizado por curas, novos nascimentos, libertações de demonios, providencias e milagres? Já reparou que os dons espirituais na Igreja são confundidos com dons naturais? Então, se você já percebeu estas diferenças, deve sentir um calafrio e um pensamento de espanto dizendo "estive a vida inteira acreditando que estava certo e os evangelicos errados". Sim, estivemos focando na lei e no sábado como sinais de Deus enquanto Jesus declara claramente:


E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demónios; falarão novas línguas;  Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.” (Marcos 16:17-18)


Haverá portanto poder em sua trajetoria! poder de expulsar demonios, curar enfermos, ressucitar mortos e ultrapassar as fronteiras do natural. pois Jesus nos deu este poder, esta autoridade, em seu nome- Se você crer, assim será!


Este quarto passo estou começando andar nele e é maravilhoso ver respostas as orações de fé no nome de Jesus, em suas promessas que não mentem e não cessaram de estar dispostas a nós.


O poder de Deus é a manifestação do seu reino, do seu dominio sobre todas as coisas, sejam visiveis ou invisiveis.


Falaremos mais sobre este quarto passo...e sobre os 4 passos seguintes, que Deus te abençoe!!! Sodré gonçalves 09/11/2011



.....//...... 



Somos um projeto de Deus para o povo  adventista e para todos aqueles que precisam conciliar aspectos divergentes entre cristianismo e judaismo. Como  membros da Igreja Adventista, buscamos a renovação, o reavivamento e o derramamento do Espírito Santo (chuva serôdia) .


Acreditamos que as diversas novas propostas do evangelho de Cristo na transição entre velha e nova aliança (II Corintios 3) ocorrido entre o velho e novo testamento,  seja o ponto mais importante para que uma vez compreendido, aceito,  e sobretudo, aplicado de forma a sustentar uma maneira sistemática  superior de relacionamento com Deus, possa contribuir para que  a tão sonhada chuva serôdia, aconteça de fato, assim como ocorreu na historia bíblica quando muitos judeus aceitaram o evangelho de Jesus.

Acreditamos que se a IASD tivesse se reformado em 1888, com as mensagens de Jones e Waggoner (classificados como "mensageiros de Deus" por EGW em TM pag 92), a IASD já estaria bem a frente na compreensão e prática do novo testamento. Mas como foi profetizado, temos andado no deserto da provação por muitos anos, para que neste ultimos tempos, alguns de nós acordemos,  a semelhança dos judeus, para as realidades do novo testamento e recebamos a presença do Espírito Santo em nosso viver como sêlo divino aos salvos dos ultimos tempos.


"A lei nos serviu de aio para conduzir a Cristo"


Acreditamos que quem tem Jesus lhe guiando DE FATO E DE VERDADE  pela presença do Espírito Santo, aquele que tem os frutos do Espírito Santo em sua vida (amor, paz, equilibrio, alegria, bondade, misericordia), esta pessoa assim qualificada e que demonstra semelhança com Jesus Cristo, não precisa mais da lei e de regras para um viver de acordo com a vontade de Deus. Pois ela vive com o autor e inspirador das leis lhe guiando e também  justificando gentios ou transgressores de leis atuais  a caminhar com Deus (pois Deus não faz mais acepção de pessoas que seguem ou não as leis, mas aquele que encerrou todos debaixo da transgressão,  justifica a todos e usa de misericordia com todos, gentios não seguidores das leis e judeus (seguidores das leis) . Mas quem não tem DE FATO E DE VERDADE ,  o Espirito Santo lhe guiando, alguem que não nasceu de novo, alguem que anda pelo seu raciocinio, pelo dever e não pelo ser, este sim, continua precisando de leis, de tutor, de guia objetivo, pois, 


"Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente; Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas,Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina,Conforme o evangelho da glória de Deus bem-aventurado, que me foi confiado". 1 Timóteo 1:8-11


As aparentes contradições entre Paulo sobre  a lei em Gálatas e outras cartas,  e Jesus, exaltando a lei em Mateus 5, precisam ser reexaminados.


Acreditamos que conseguimos, com a ajuda de Deus,  CONCILIAR pontos que apologetas de ambos os lados ainda não conseguiram.

 Estamos lançando um livro que explica estas e outras dificuldades bíblicas que tanto adventistas como evangélicos precisam saber.


Aqui no site, temos colocado algumas ideias soltas, que eestarão sistematizadas de forma clara e esclarecedora .


Não pretendemos ser a ultima palavra sobre este tão vasto tema, mas pretendemos trazer mais informações que nos ajude a seguir mais de perto os designios e planos de Deus para nós hoje.


Contamos com a oração e ajuda de todos! Amém!

 






http://4.bp.blogspot.com/-t2aX7MONPno/TVc7XS2dciI/AAAAAAAABOE/EMm4J_gV4PE/s400/As%2Bdiferen%25C3%25A7as%2Bentre%2BJudaismo%2Be%2BCristianismo..jpg

 

Do Judaísmo ao Cristianismo - Por Sodré Gonçalves

 

Vc saberia diferenciar o que é judaismo e o que é cristianismo? Quais são as caracterisitcas que estas duas religiões possuem, em que elas se destacam, que marcas possuem?

 

O Judaismo antigo da época de Jesus se destacava por seguir ao sábado, guardar a lei, valorizar o templo, preocupar-se com atos exteriores, alguns  profetas, reis,  velha aliança do sinai, Moisés, sinagogas de ensino, sabedoria da torah (Biblia da epoca), etc..

O cristianismo chegou com outros paradigmas e um outro modelo de religião. Profetizado por Moisés , um novo líder chegou, o Messias!  Jesus se destaca pela cura, libertação e exorcismo  dos demonios, fé que é um relaciomento de confiança com Deus agora como Pai de todos os que aceitam como irmão mais velho o seu Filho Jesus,  ensinamentos que enfatizam a humildade, a caridade, o altruismo, a bondade, justiça, verdade, honestidade e o amor como resumo de todos os ensinos antigos. Há em Cristo tambem uma reinterpretação da lei antiga, corrigindo, mudando alguns posntos, aprofundando diversos mandamentos e cumprindo toda a justiça exigida por lei em nosso lugar. O pacto da vida em troca da obediência só pôde se cumprir em Jesus, justiça nossa! Logicamente nossa imperfeição em obedecer não nos isenta de obedecer, mas nos dá paz de que a justiça de alguEm nos salva. 


O velho testamento conta a historia do judaismo, do povo de Israel , o novo testamento conta a historia de Cristo e do Cristianismo. No VT acontecem alguns milagres, no NT muitos milagres, no VT ocorrem raramente citação e expulsão de demonios (Davi toca arpa para afastar espirito imundo de Saul) no NT muitos demonios são expulsos. No VT centraliza-se em ensino e lei, no NT centraliza-se em poder e fé. No VT existem muitas cerimonias proféticas, no NT existe muito mais as realidades apontadas profeticamente, e muda as cerimonias pelas da santa ceia e do batismo que representam a dádiva da cruz, do sangue, do corpo e do corpo morto e ressucitado (batismo) ressucitando uma nova vida nos que crêem.


 

Velho Testamento

Novo Testamento


História do Judaísmo

História do Cristianismo

Poucos Milagres

Muitos Milagres

Raras expulsões de Demônios (Davi tocando harpa e afastando espiritos imundos de Saul)

Muitas expulsões de Demônios

Centraliza em Obediência e Lei

Centraliza em Fé, obediência e poder de Deus

Cerimônias Proféticas

Realidades

Sinagogas e Reuniões de Ensino

Ordem de Culto com 2 ou 3 Profetas, revelação até a pessoas sentadas (I Cor 14: 28, 29)Línguas, curas, cânticos, adoração

Sinal: Sábado Ezequiel 20:12 e 20 e Exodo

E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;

Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.

 

Centraliza no velho concerto do Ministério Glorioso da  lei

Centraliza no Novo Concerto do Ministério super-glorioso do Espírito ( 2 Corintios 3)

 



É certo quer havia certos aspectos do cristianismo no judaismo, não com a ênfase que se observa nos evangelhos , que anteciparam os ensinos e enfases de Jesus. E de certa forma, houve um continuísmo entre o judaismo e o cristianismo.

Apesar desta visão de transição pacífica que estamos abordando, sabemos que não foi nada pacífica a transição entre judasimo e cristianismo. Muito sangue, guerra, expulsões de sinagogas e até guerras internas na recente igreja cristã existiram. Paulo versus judeus cristãos, Perspectiva  de Jesus as vezes difere do que Paulo escreve.  

Paulo neste contexto aparece como figura controversa. Gálatas faz um verdadeiro levante em favor da graça, contrastada pela salvação pela obediencia a lei,  que fora substituida como um tutor o é,  quando a criança cresce...e "a lei serviu de aio para conduzir a cristo" dispararia Paulo de Tarso. Dificilmente,  das cartas de Paulo,  se observa algo bom em relação a lei,  pois Paulo está trazendo as pessoas do judaismo para o cristianismo , quando este o faz, o faz com ressalvas como vemos em I Timoteo 1: 8 " Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente;9 Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas, 10 Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina,11 Conforme o evangelho da glória de Deus bem-aventurado, que me foi confiado."

 

Mas a questão da lei em Paulo assume grandes dificuldades teologicas, a ponto de Lutero declarar ser  Thiago uma epistola (carta) de palha. Mas   o sermão do monte exaltando a validade eterna da lei em franco contraste com Paulo nos deixa assim um tanto quanto confusos.

Quanto a forma como Paulo se dirige a lei, e a forma como Jesus, Thiago, se dirigem, a contradição é franca, clara e honestamente reconhecivel

Como disse, Paulo e os judeus cristãos pareciam estar um tanto quanto  em guerra quanto ao que continuava e o que não continuava do antigo concerto..e esta divisão é CLARA por muitos textos  nas paginas do novo testamento..atos, galatas e outros..praticamete TODAS as cartas paulinas foram  apologias em favor do evangelho e contra o legalismo judaico. Este fato por si demonstra o quanto as igrejas estavam contaminadas ainda pelo legalismo e o quanto de esforço havia por parte de Paulo para resolver o problema.

Podemos perceber que Paulo enfrentava muitos problemas externos e internos com cristãos judaizantes. Apesar dos teólogos atuais classificarem de "cristãos judaizantes" observamos que todo judeu que se convertia ao cristianismo era um tanto quanto judaizante de cultura e dificilmente toda a bagagem era abandonada ou deveria ser abandonada. Tambem, o cristão oriundo do mundo gentilico, haveria de ter contato com o judaismo, pois que o cristianismo nascia e se referenciava em suas profecias, modelo e tradição.

O fato é que Paulo focou nas novidades e superioridades do  evangelho como ninguem e exaltou as novidades das revelações em Cristo. Neste afã ele manifestou a tende-ncia de um desprezo ao judaismo antigo com seus rudimentos fracos e pobres (como passa a classificar diante da sobreexcelente gloria) e anuncia o término do velho concerto, apesar de glorioso.

Abolir ao concerto antigo é o mesmo que abolir a lei?

Creio que não. Por mais que no evangelho a lei não é mais o foco das atenções, ela perduraria como Cristo recomendou em Mateus 5, por mais que Paulo não tras em 100% dos seus textos o entendimento de Mateus 5. As vezes parece que a tradição oral que trazia a memoria Mateus 5:17-27 estava muda aos ouvidos de Paulo, e que esta foi destacada no evangelho de Mateus para tentar equilibrar as polemicas que se instalaram sobre o que continuava e o que não continuava com as reformas de Jesus.


2 corintios 3:14 diz "Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido";


Penso que aí mora um grande problema, pois se opto por abolir a lei, enfrento Mateus 5, romanos 13 onde diz que quem ama acaba por cumprir a lei, romanos 6 e 8 que fala que quem anda no espirito não contradiz a lei...e até Timoteo 1 onde diz ser a lei para criminosos, neste caso ela está de pé para estes então TAMBEM...

Por isso que reitero que a MUDANÇA de concertos, muda todo o sistema , aboli o velho sistema, mas não anula totalmente o velho sistema, assim como um radio de pilha substituido por uma TV plasma 49" não muda todo o sistema- continua muita coisa baseada no radinho de pilha.

No novo concerto somos desafiados para coisas maiores, para relacionamento direto com Deus, para as bem aventuranças ( que muitos apelidam de "os dez mandamentos da nova aliança") , para aprofundamentos na leitura superficial da letra da lei..matar=ofender, adulterar=olhar impuro, etc...SOMOS sobretudo, desafiados a fé, a operação de milagres, a expulsão de demonios, a falar novas linguas que impressionem extrangeiros, e a orar para interpretar as linguas que ainda não entendemos....estas ultimas coisas que cito são as marcas do evangelho da igreja cristã primitiva e são destacadas hoje pelo povo pentecostal ( o que elogio em grande medida) , inclusive Deus me faz agora fazer menção, que MUITOS SEGUIDORES do velho concerto, na verdade, anteciparam realidades do novo concerto e seguiram ao velho concerto de forma gloriosa e as vezes super gloriosa, muitos, melhores que crentes atuais que pregam e admiram seu relacionamento de fé, de poder, de relacionamento e comunhão que tiveram...

 


Mateus 5: 20 "Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus".

→ "Aqui a justiça do homem para alcançar este grau exigido por Jesus, SÓ É POSSÍVEL quando o ser está sob o Ministério da Justiça outorgado por Cristo em nosso favor no Ministério da Redenção efetuado na Cruz em morte Vicária". Escreve o pastor Jorge Amorim


Este ponto é maravilhoso, na minha pobre opinião eu vejo duas dimensões:

1ª - A justiça de Jesus outorgada uma vez por todas na cruz, satisfaz a perfeita exigencia, sem macula do Deus Santo! Somente Ela salva. Somente ela obedece de fato!

2ª - O crente que recebe o Espírito Santo e não vive na carne, excede em entendimento e comportamento ético, aqueles que só entendem a superficie da letra da lei e que andam na carne, ciumprindo superficialmente tanto a lei como a religião em geral.

Desta forma, tanto em Cristo na cruz, como na prática do dia a dia, a justiça do crente renascido, excede EM MUITO a justiça ofertada por escribas e fariseus


"Abolir ao concerto antigo é o mesmo que abolir a lei?"



Penso que aí mora um grande problema, pois se opto por abolir a lei, enfrento Mateus 5, romanos 13 onde diz que quem ama acaba por cumprir a lei, romanos 6 e 8 que fala que quem anda no espirito não contradiz a lei...e até Timoteo 1 onde diz ser a lei para criminosos, neste caso ela está de pé para estes então TAMBEM...

Por isso que reitero que a MUDANÇA de concertos, muda todo o sistema mas não anula totalmente o velho sistema, assim como um radio de pilha substituido por uma TV plasma 49" não muda todo o sistema- continua muita coisa baseada no radinho de pilha.

No novo concerto somos desafiados para coisas maiores, para relacionamento direto com Deus, para as bem aventuranças ( que muitos apelidam de "os dez mandamentos da nova aliança") , para aprofundamentos na leitura superficial da letra da lei..matar=ofender, adulterar=olhar impuro, etc...SOMOS sobretudo, desafiados a fé, a operação de milagres, a expulsão de demonios, a falar novas linguas que impressionem extrangeiros, e a orar para interpretar as linguas que ainda não entendemos....estas ultimas coisas que cito são as marcas do evangelho da igreja cristã primitiva e são destacadas hoje pelo povo pentecostal ( o que elogio em grande medida) , inclusive Deus me faz agora fazer menção, que MUITOS SEGUIDORES do velho concerto, na verdade, anteciparam realidades do novo concerto e seguiram ao velho concerto de forma gloriosa e as vezes super gloriosa, muitos, melhores que crentes atuais que pregam e admiram seu relacionamento de fé, de poder, de relacionamento e comunhão que tiveram...


Gálatas 4.1 DIGO, pois, que todo o tempo que o herdeiro é menino em nada difere do servo, ainda que seja senhor de tudo;

2 Mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai.

3 Assim também nós, quando éramos meninos, estávamos reduzidos à servidão debaixo dos primeiros rudimentos do mundo.

4 Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,

5 Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos.

 

No contexto adventista, parece existir uma semelhante transição daquela que houve entre judeus e cristãos. Um classico exemplo disso vemos em dois livros opostos entre si de George Knight, uma das maiores autoridades da Igreja na atualidade:

 

http://www.oasis7.com.br/loja/images/cpb7531.jpg versus  http://3.bp.blogspot.com/_UQGxtkNxE90/TMWwfGWLvGI/AAAAAAAAAfY/Q7SZUTtPvWY/s1600/a-visao-apocaliptica-e-a-neutralizacao-do-adventismo.jpg

 

No primeiro livro Knight relata a mensagem de 1888 que tentou libertar o adventismo do legalismo judaizante e o no outro livro ele argumenta que nós deveriamos ficar com nossas forma ser de que nos identifica com o apocalipse.

 

 

 

 

Em um recente diálogo com um dos maiores defensores do adventismo, destaco partes de nossa conversa:

 

eu: Na nova aliança a lei moral é incluida, reinterpretada e ampliada por Jesus, existem algumas correções e mudanças como por exemplo, em vez de aborrecer ao inimigo, amar, etc...mas o centro da obra é o espirito santo e não mais as regras

Jesus por meio do espirito Santo deve dirigir nossa vida, inclusive no guardar a lei não como fariseus mas como trasnformados

Azenilto Brito: Interessante. Paulo se ateve às regras. Leia Efé. 6:1-3; 4:25-31; Rom. 13:8-10. Ele repete aí do 5o ao 10o preceitos do Decálogo.

eu: o centro e a enfase é o Espírito Santo, por mais que as regras basicas continuem

Azenilto Brito: E quem é que nega isso?

eu: esta é a mudança, Jesus pelo Espírito Santo, como centro e referencia

Azenilto Brito: Releia os arts. 9, 10 e 19 do "Nisto Cremos" e diga-me exatamente o que há de errado com aquelas declarações de nossa fé.

eu: nossa prática, nosa cultura, nossos cultos, nossa administraç ão..tirando 30% da igreja (chute) calculo 70% dela

talvez menos, estou sendo até bonzinho

Azenilto Brito: Não julgueis para que não sejais julgados.

eu: nossa Igreja é bem cega a muitas revelações neotestamentarias, na pratica e em teoria

EGWhite é quase cega a muitas realidades neotestamentarias

eu ainda sou cego a muitas coisas, temos muito que avançar ainda irmão

não sabemos e não praticamos quase nada daquilo que Jesus nos desafia

Azenilto Brito: Você conhece o ministério do Pr. Dennis Smith? Ele se preocupa com o tema do 'batismo no Espírito Santo' e apresenta o tema de modo revolucionário em nosso meio.

Estou traduzindo livros dele. Já há um pela CPB e outro que um irmão entusiasta do tema, de São Paulo, lançou.

Talvez o que lhe falta é esse entendimento que esse pastor tem desenvolvido.

eu: Estarei preparando um documento para associação geral, discriminando ONDE devemos mudar urgentemente,

Azenilto Brito: Mas primeiro procure saber se já não há essa mudança promovida.

Creio que o material do Pr. Smith é uma das provas de que sim.

eu: coisas simples como : Precisamos ter um culto conforme a bilbia

Azenilto Brito: Pois se examinar o material do Pr. Smith verá tudo isso. Ele tem ideias revolucionárias do sentido de "batismo do Espírito".

Fala até em curas em reuniões de avivamento que ele e seu grupo conduzem.

São umas ideias realmente revoluci onárias. . . Creio que ele está realmente preparando a Igreja para a chuva serôdia.

Enviada às 21:04 de segunda-feira

eu: sim, assim que tiver oportunidade vou ver isso

Em outro dialogo num forum: assim se dirigiu o Pastor Jorge Amorin:

 

JA: E isto SEM CITAR os montes de MANDAMENTOS que temos na NOVA ALIANÇA.

O adventismo em sua pobreza dogmática, só acha 10 mandamentos E ASSIM MESMO SOMENTE DA LEI MOSAICA.



eu: Concordo Pastor...o adventismo antigo, do sétimo dia, age assim mesmo, provavelmente mais de 70% do adventismo age assim... é por isso que estou propondo certas mudanças inclusive esta, de mostrar que a nova aliança reclama coisas superiores, mandamentos superiores e INCLUSIVE reiterpretação da lei pelo prisma de Jesus - Se os apologetas como o Sr soubessem dirigir este tema aos adventistas, certamente que mais ajudariam aos mesmos a seguir melhor o evangelho que os afastariam do diálogo como esta abordagem que vcs estão acostumados estão fazendo - dizer que porque Jesus veio cumprir , aboliu é dose..não sei se o Sr segue esta linha, mas muitas argumentações apologeticas em favor de converter adventistas são muito falhas

 

 

 

Inumeros líderes e grandes pensadores da Iasd querem muito que as reformas aqui propostas aconteçam no seio da Igreja.

 

Muitos querem ainda vencer o sistema estabelecido.

 

Muitos são simpatizantes a tudo que  reivindicamos aqui, principalmente  lideres da AG, Divisão e Teólogos que entendem que a nova aliança é diferente da velha aliança  e que precisamos reformar neste aspecto que é FUNDAMENTAL  para deixarmos de ser um movimento judaizante e nos tornarmos um movimento mais evangélico e cristão.

O sonho de Deus para a IASD é maior , a visão de Deus é maior, é novo testamento, é poder, é chuva serôdia, é derramamento do Espírito Santo

E isso só ocorrerá se a Nova Aliança realmente for aceita. Nos ajude a influenciar nosso povo a aceitar totalmente  o evangelho de Cristo!

 

convertido, como é o seicho-no-ie, seu amigo espirito santo livro, certeza da salvação

 

Uma Igreja Espiritual

http://www.comunidadefpn.com.br/images/banner-aigreja.jpg

 

A visão desta Igreja ocorreu faz mais de 10 anos, ocorreu 4 vezes no mesmo dia. Voltando ao local onde estava esta igreja,  existe,  até pelo menos 2 anos atrás, uma casa velha em construção com uma árvore nascida dentro dela. Portanto, adventistas da nova aliança , acredito que serão um movimento interno da IASD reformando aspectos necessarios.

 


 

Na visão a Igreja era uma construção moderna, de ladrilhos brancos e azuis escuro quadriculados. Uma porta brilhante com pessoas muito alegres entrando. Era uma Igreja atrativa. Na época por preconceito não entrei, vindo a querer assistir um culto depois de uma experiencia espiritual  ligada a AT Jones e ao assunto da Nova aliança. Milagrosamente o proprio Deus me guiou a encontrar esta carta na internet http://www.adventistas.com/marco2003/apelo_jones.htm (Detalhe: Sobreeste site, havia discutido com o irmão Robson Ramos (dono) sobre ele escandalizar a Igreja, dizia que ele deveria ajudar mais que criticar ou zombar)

 


 

Depois de gastar meio tanque de combustivel procurando o local, um pastor da assembleia afirmou: "Filho, vc teve uma visão, esta igreja nunca existiu" Foi quando percebi se tratar de uma visão.

 


 

O NT e a nova aliança se destacam pelas enfases:

 

 

 

- Justiça pela fé no Sangue de Jesus, entendimento que o sangue de Jesus é algo muito dramático (Conseguimos imaginar o sangue de nosso filho sendo derramado para ajudar pessoas?)- O Evangelho se destaca por se concentrar na cruz, a pregação dacruz, do Filho de Deus pendurado ali com seu Pai lhe assistindo, a ira do Pai esmagando o Filho a quem amava e ama, esmagando El para não nos esmagar..a justiça completa e plena sendo feita - Precisamos reviver o sangue de Jesus, beber e mastigar a carne do Filho de Deus em nossa pregação!!!

 

- O sacríficio de Jesus foi pela  libertação da culpa, da ira de Deus,  do direito dos demônios sobre nossas almas  e das enfermidades (pois Mateus 8 liga cura a  Isaias 53)

 

- O sangue derramado gera fé e acaba com nossa desconfiança do amor dEle, não somente nossa como do universo inteiro

 

- A Igreja deve ser organizada a partir de dons espirituais e não dons naturais

 

- Expulsões de demônios como prática, pricipalmente para resolver problemas de angustia/depressão, pois O MAL DO SECULO XXI é  a angustia/depressão  e é MIGUEL  quem livra o povo desta angustia e depressão. Daniel 12:1 e Apoc 12 

 

- Curas, milagres, ressurreições como práticas e propostas por Jesus. Os tratamentos naturais ou halopáticos  não tem poder pleno de cura sem o dom espiritual de curar. Devemos saber que o poder de Deus supera a racionalidade cientifica do homem. Até a ciência tem percebido isso! http://designinteligente.blogspot.com/

 

- Dom de profecia a todos I Corintios 14:31 e não somente a um individuo - "Todos podereis profetizar" diz as escrituras, nossa regra de fé e prática

 

- Varios pregadores num culto 

 

- Revelações com permissão e liberdade para alguém (pode ser desconhecido) que queira se expressar no culto

 

- Fé como mais importante que a razão humana; fora o racionalismo cristão. Uma fé que discerne a razão e não que é discernida por esta.

 

- Reinterpretação da lei e não anulação total. Suplantação do ministerio da lei pelo Cristo vive em Mim e não por libertinagem moral.

 

- Reinterpretação do sábado e não sua completa anulação. Descanso se cumpre (Hebreus 4), memorial da criação continua (apocalipse 14:6)

 

- Maior ser o menor, sistema de serviço em vez de sistema empresarial/mosaico de mandatários, pois somos servos de Deus para servir e representá-lo e não servos de sistemas religiosos que subjugam no lugar do Espírito Santo e daquele que deveria ser cabeça da Igreja e não o homem quer se assenta no lugar de Deus querendo parecer-se Deus. (apocalipse 13:18)

 

 

 

Marcos 10:42

 

 

 

Mas Jesus, chamando-os a si, disse-lhes: Sabeis que os que julgam ser príncipes dos gentios, deles se assenhoreiam, e os seus grandes usam de autoridade sobre elas;Mas entre vós não será assim; antes, qualquer que entre vós quiser ser grande, será vosso serviçal;E qualquer que dentre vós quiser ser o primeiro, será servo de todos. Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos.

 

 

 

- Altruismo maior que dizimos para ajudar a causa de Deus e necessitados (atos 4 demonstra que a liberalidade da igreja cristã era maior que dos judeus e não menor, podemos cancelar o dízimo somente se Cristo viver em nós assim, mas se vc não foi convertido pelo evangelho, continue a sustentar as obras com seus dízimos e siga pelo menos a lei)

 

- etc

 

- Dê sua sugestão, estamos em processo de construção de nossa constituição religiosa!


 

Igreja Adventista da Nova Aliança

 

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Wikitext.svg

 

A Igreja Adventista da Nova Aliança é uma ramificação da Igreja Adventista do Sétimo Dia e se diferencia da mesma por focar e dar maior importância ao novo testamento que igualar novo e velho testamentos. Destaca-se pela ênfase na substituição do ministério do Espírito Santo pelo anterior Ministério da Lei conforme II Corintios cap 3 .

Repete por assim dizer a mesma tensão relatada entre os capítulos 11 e 15 do livro de Atos quando Paulo e Barnabé tiveram que enfrentar cristãos judaizantes e focados na lei, que foram as mesmas propostas de 1888, na assembleia de Mineápolis, quando reuniram-se a liderança da recém fundada IASD para discutir problemas relacionados a mudanças necessárias que deveriam ocorrer na teologia adventista, que segundo os mesmos, estava afastada das propostas do novo testamento. Dois pastores, A T Jones e E J Waggoner,[1] protestaram contra a cultura teológica adventista focada na lei e propuseram trazer de volta ao cristocentrismo do novo testamento explanado sobretudo nas cartas paulinas, e que a IASD estava, segundo eles, de acordo com historiadores adventistas como George Knight, como grupo religioso, focada e centralizada na lei, profecias, sábado, exclusivismo religioso e algumas disputas doutrinarias em torno da alma mortal e assuntos de interpretação escatológica. Eles foram inicialmente apoiados até mesmo por EGWhite (uma das fundadoras do adventismo e a maior expressão da IASD até o dia de hoje), mas, mesmo assim, enfrentaram muitas perseguições internas e até mesmo a própria EGWhite foi praticamente expulsa dos EUA quando esta apoiava e acompanhava Jones e Waggoner em suas pregações aos adventistas reavivando-os na graça.

Considerado pelos teólogos como o capítulo áureo da nova aliança, a IANA (Igreja Adventista da Nova Aliança) considera II Corintios 3 como o capítulo da Bíblia que mais explica sua decisão de se afastar do adventismo antigo.

A fundação de ramificações, ministérios internos independentes e dissidências oriundas da Igreja Adventista do Sétimo Dia, refletem o ambiente interno complexo e repleto de diferenças de pensamento interno que acabam por exigir cada vez mais mudanças precedido pelo abandono da denominação e abertura de novas configurações denominacionais.

Madelynn Jones-Haldeman escreveu em 2001,

"É apenas dentro das últimas décadas que a Adventist Review editorialmente reconheceu que existe dentro da Igreja Adventista do Sétimo Dia, pelo menos na América do Norte, membros, igrejas, faculdades, e conferências liberais. Dependendo do autor e da sua agenda, os liberais adventistas são comparados e/ou contrastados com os adventistas conservadores, adventistas históricos, adventistas crentes na Bíblia (ou em Ellen White),Os adventistas tradicionalistas,adventistas evangélicos, adventistas cultural, e adventistas ecumênico." [2]

Muitos estudiosos da igreja são progressistas. Os adventistas progressistas têm fortes ligações com o ensino superior da denominação. Em uma pesquisa de 1980 com teólogos adventistas contatou que 45% descreveram suas crenças como "liberal" quando comparado com outros membros da igreja. 40% se disse "de acordo com a maioria dos adventistas" e 11% se intitularam "conservadores", enquanto 4% não responderam à pergunta. [3] Numerosas revistas e conferências também apóiam o movimento progressista. A maioria das gerações mais jovens é progressista. Como a igreja varia de acordo com a demografia do local, cultura, etnia, faixa etária e outros fatores, o adventismo progressista tem uma presença mais forte em alguns locais (como o Costa Oeste do Estados Unidos) do que em outros.[4] A nova geração de jovens adventistas é geralmente reconhecida como pensando de forma diferente da anterior. [5]

Crenças e práticas

Os adventistas da nova aliança discordam de algumas crenças e tendencias tradicionais e culturais da denominação e se identificam com os cinco solas da reforma protestante.

Os adventistas da nova aliança acreditam que os diferentes tipos de adventistas (históricos, liberais, conservadores) devem ser evangelizados e trazidos de volta a pregação paulina, como estando ainda em uma mentalidade judaizante centrando suas vidas no "dever ser", conhecimento racional doutrinário, centralizados nos dez mandamentos e em regras de um bom viver, exclusivismo religioso, exaltando temas como o sábado como foco acima do que os evangelhos e as cartas paulinas deram. Para tanto, propõe as seguintes mudanças do cenario religioso anterior:

Estabelecer a ordem no culto conforme 1 Corintios 14 onde há possibilidade de até 3 pregadores em cada culto

Estabelecer que sermões sejam mais inspirados que explicados, onde o pregador, de preferencia, prepare mais seu coração e sua alma para que Deus fale através do mesmo;

Orientar membros a distinguirem quando estão e quando não estão com a inspiração da palavra profética (lembrando que todos podem profetizar fazendo alusão a I Corintios 14:31), diferenciando neste ponto da cultura anterior que considerava apenas E G White como profeta

Dar liberdade para que pessoas assentadas falem ao culto e que "os outros julguem"

Ter variabilidade de participações conforme se instrui: "Musicas, poesias e salmos, revelação, ciência, doutrina, profecia, etc... ressaltando que, ao contrario do que se pratica na IASD, deve ser incentivada a revelação e manifestação de Deus na hora do culto, dando a liberdade de pessoas assentadas a exporem algo que acreditam ter vindo de Deus, possibilitando assim abençoar mais os frequentadores dos cultos.

Estabelecer padrões básicos de horários, porém não fixá-los de forma rígida, de forma a submeter a nossos padrões a vontade do Espírito Santo que poderá se manifestar de forma a exigir maior ou menor tempo, deixar Cristo pelo seu Espírito dirigir sua Igreja onde homens atuem apenas como participantes e colaboradores da sua liderança;

Pregar sobre saúde preventiva como quarto enfoque de ajuda cristã, primeiro assuntos da alma, depois assuntos da mente e por último assuntos do corpo, destacando a cura sobrenatural acima das curas naturais e fisiológicas que devem ser ensinadas na cataegoria de "dom da palavra da ciência" (I Corintios 12).

 

Práticas Financeiras e Administrativas

Defender ajuda aos necessitados como prioridade máxima, ensinar que os dízimos e ofertas devem pertencer aos necessitados tanto sacerdotes necessitados e que não possam trabalhar em outros ramos, como viúvas, órfãos e extrangeiros viajantes conforme determinava a Bíblia nos rudimentos básicos e elementares da velha aliança e que sob a nova aliança se exige ainda mais amor prático como se revela em Cristo ao recomendar um jovem rico dar tudo que possuía aos pobres, na igreja primitiva que "não havia necessitados entre eles" (Atos 4) e nas práticas do apostolo Paulo que alem de trabalhar para não ser pesado a ninguem, ainda reconlhia ofertas nas igrejas mais ricas destinando os recursos aos mais pobres. "Quando acabares de separar todos os dízimos da tua colheita no ano terceiro, que é o ano dos dízimos, então os darás ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que comam dentro das tuas portas, e se fartem; Deuteronômio 26:12. Deut. 27: 19 Maldito aquele que perverter o direito do estrangeiro, do órfão e da viúva. E todo o povo dirá: Amém. Malaquias 3:5 5 E chegar-me-ei a vós para juízo; e serei uma testemunha veloz contra os feiticeiros, contra os adúlteros, contra os que juram falsamente, contra os que defraudam o trabalhador em seu salário, a viúva, e o órfão, e que pervertem o direito do estrangeiro, e não me temem, diz o Senhor dos exércitos.Deut. 14: 29 Então virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), o peregrino, o órfão, e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão; para que o Senhor teu Deus te abençoe em toda obra que as tuas mãos fizerem.

Não permitir luxo nas construções , ostentação e poder desmensurado de pessoas , poder centralizad em homens e hierárquico, para que possa refletir a simplicidade de Cristo e sua ordem de que o mairo deve ser servo e não senhor dos menores

Propor que beneficios e salários a obreiros e pastores sejam de no máximo 3 salarios mínimos (no Brasil). Com raras e justificadas exceções, o sistema deve ser simples, humilde e prático permitindo que muitos trabalhem como o apóstolo Paulo caso consigam administrar ministerio e evangelismo, fazendo varrer todo pastor que está servindo a Deus por interesse financeiro e conforto pessoal.

Estabelecer o sistema bíblico descentralizado congregacionalista onde se cumpra "onde o Senhor tiver lhe abençoado" onde apenas uma parcela é destinada a um escritorio central destinado a missões especificas

Estabelecer critérios espirituais de decisões mais que racionais

Criar sistema que impeça ao máximo parentes de ser beneficiados pelo sistema no lugar de pessoas realmente competentes para exercer determinadas funções

Pessoas com seus devidos dons administrem, pastor para o evangelho, administradores para administração, todos submissos as marcas do evangelho: simplicidade, sacrificio e abnegação

Ron Corson identifica quatro áreas comuns de crença progressiva:

  • , uma visão diferente do juízo investigativo ou uma negação de sua base bíblica; destacam que a doutrina contraría a declaração de Jesus de que quem nele cresse "não entra em Juizo" João 5:24 pois é a justiça de Cristo e não a nossa que já foi julgada e aceita e que portanto "nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus" Romanos 8:1. E que o juizo de Deus ocorrerá apenas para aqueles que confiam em suas obras como forma de se recomendar a Deus que os avaliará e julgará. Adventistas da Nova Aliança defendem que "Juizo sem a cruz é covardia", pois não existe nem sombra de justiça em nenhum homem na terra e que todos são pecadores e destituidos da gloria de Deus. Acreditam que a santificação inclui constante consciencia de nossos pecados e total dependencia da graça divina para sermos aceitos por Deus.Juízo investigativo
  • Remanescente Adventistas da Nova Aliança são frontalmente contra o exclusivismo religioso por este ser uma réplica tanto judaica quanto católica condenada por Jesus que estabeleceu criterios espirituais a melher samaritana "nem neste monte e nem em Jerusalem" João 4, e Paulo sobretudo em Efesios 2, ressaltar que o muro de separação religioso, segregando judeus e gentios, que foi eregido em regras e mandamentos, foi abolido pela graça de Deus que encerrou a todos no pecado, oferecendo Deus sua justiça a todos sem discriminações legais. De forma que judeus seguidores da lei e gentios não seguidores, foram feitos "um só corpo" "dos dois povos fez um" pela sua justiça. A inclusão de outros cristãos como povo remanescente passa a ser uma marca da pregação evangelica; Efesios 2 e João 4 revelam que Jesus derrubou muros de separação religiosa que se consistia em seguidores da lei separados de gentios não seguidores, estabelecendo sua graça no lugar da exigencia da lei e a comunhão espiritual no lugar da tentativa humana de obediencia.
  • Ellen White Adventistas da Nova Aliança defendem que deve ser colocado entre aspas todos os autores não citados pelos livros do escritorio de redação de E G White, conforme explica Walter Rea. uma visão menos rígida da inspiração de Ellen White, reconhecendo sua falibilidade. Outros negam seu dom profético; na Igreja Adventista Nova Aliança se propõe uma tabela com pontos positivos e negativos. Reiterando que o livro "Caminho a Cristo" demonstra ter outro estilo literário e teológico (teologia neotestamentaria) e que a reinvindicação de autoria por parte de Eugenia Fannie Bolton, compositora do hino 294 e assistente de E G White, faz todo sentido.
  • Sábado A Igreja Adventista da Nova Aliança, baseada sobretudo no novo testamento, compartilha do mesmo pensamento de Calvino que diz: “Quando ouvimos que o sábado foi ab-rogado pela vinda de Cristo, devemos distinguir o que pertence ao governo perpétuo da vida humana e o que pertence propriamente às figuras antigas. O uso destas foi abolida quando a verdade foi cumprida. Descanso espiritual é a mortificação da carne ao ponto de que os filhos de Deus não devem viver para si mesmos ou permitir livremente as ações de suas inclinações. Assim, na medida que o sábado era uma figura desse descanso espiritual, eu digo que isso foi somente por um tempo. Mas, na medida em que foi ordenado aos homens, desde o início, de que eles deveriam se engajar no culto a Deus, é legítimo que o sábado cristão deva continuar até o fim do mundo. O sábado é uma ordenação da criação que é perpétua” mantendo assim a ênfase sobre o Sábado como memória da criação que incentiva a adoração ao Criador, mas negam que seja o selo de Deus, pois o novo testamento estabelece sinais e selos superiores como o selo da presença do Espírito Santo, " E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão. Marcos 16:17-18, "saberão que são meus discipulos se tiverem amor uns pelos outros". Quanto ao domingo se tornar a marca da besta, adventistas da nova aliança rejeitam esta interpretação escatologica pois percebem que ela rejeita os maiores valores e importancias dos evangelhos e das palavras de Cristo, alem de que foi formada circunstancialemente quando protestantes americanos do séc XIX tentaram impor o domingo como forma de incomodar ateus, gerando esta interretação escatologica estranha aos evangelhos, criando assim "um outro ebvagelho" a ser pregado.

Madelynn Jones-Haldeman define os seis principais pontos da crença progressista:

  • Necessidade sentida produz doutrina;
  • A verdade presente deve ser reciclada;
  • Interpretações pluralistas são corretas;
  • Aspecto exterior é irrelevante para o cristianismo;
  • A Bíblia merece um estudo sério;
  • Novas questões não são abordadas pela Bíblia.

Também podem ser citados os seguintes pontos:

  • . Os adventistas Progressistas apreciam os pioneiros da igreja, em particular o conceito de "verdade presente", ao invés de crenças rígidas. Eles acreditam que a igreja não deve ser limitada pelo ensino dos fundadores. A verdade presente refere-se a uma busca permanente da verdade e a uma atitude de humildade admitindo que a teologia adventista não é perfeita.Verdade Presente
  • . Os adventistas da Nova Aliança se declaram criacionistas na terra jovem ou da vida recente na terra antiga, julgando que as camadas do foram formados rapidamente e representam movimentos catastróficos relacionados a astroblemas, diluvio global, erosões, transportes e deposições em larga escala. Acreditam que o universo já existia desde os dias da eternidade, como seres vivos angelicais e denominados como filhos de Deus jubilosos assistindo a criação da terra e da vida na terra (Jó 38). O livro "Evolução um Livro Texto Crítico", publicado pela , defende um criacionismo baseado na , que é um novo táxon proposto por Marsh (1986) e testado em milhares de espécies, que defende um limite evolutivo através de testes de cruzamentos artificiais que revelam que muitas espécies e gêneros semelhantes geram inicio de embrião, enquanto outras não (por exemplo, homem e gorila e homem e chipanzé não geram inicio de embrião), mostrando que a capacidade de coordenação cromossômica ocorre em muitos casos revelando especiação e possibilidade de ancestralidade comum com limites testáveis em cruzamentos artificiais que gerassem diretamente ou indiretamente(especies em anel) inicio de embrião. Isso explicaria que toda a biodiversidade atual (que não caberia na arca) descendeu de tipos básicos criados e a diferenciação entre muitos fosseis e animais atuais . Outro estudo revela que as populações ancestrais teriam que ter maior capacidade de descender variáveis, com hipervariabilidade ancestral, e as pequenas populações ancestrais teriam que forçosamente terem menor número de mutações deleterias, caso contrario não conseguiriam suportar o período inicial de consaguinidade devido as cada vez menores populações ancestrais. defendendo assim uma degeneração genetica cumulativa atuante na emoções, estatura, tamanho do cérebro e polivalencia para variabilidade genetica.Criacionismo da Terra Jovemcambriano ao pleistocenoSociedade Criacionista Brasileirabiologia dos tipos básicos(Sodré ,JC Sanford)perda de inteligencia,
  • . Ressalta-se que somente Jesus é o verbo de Deus e a palavra de Deus e está mais bem expresso nos evangelhos e nas inspirações bíblicas que contém a palavra de Deus. Que a Bíblia sozinha e sem a inspiração do Espírito Santo iluminando não pode revelar a vontade divina em sua plenitude. Desta forma , adventistas da nova aliança acreditam numa forma mais moderada de inspiração da Bíblia, contudo a consideram como a maior referencia da verdade por ela conter Jesus que a ratificou, reformou e aprofundou seus ensinamentos, mudando certas leis, estabelecendo graus de importancia e escala de valores nos escritos antigos, bem como abrindo chaves para a correta interpretação das inspirações nela contidas. Acreditam tambem na revelação da natureza, mesmo corrompida, como dando pistas sobre Deus, sobre ciencia, sobre seu carater e sua vontade, bem como da atuação espiritual de Deus em centenas ou milhares de autores inspirados extra-bíblicos antigos e contemporâneos, desde que analisados seus frutos e sua concordancia com outros autores bíblicos sobretudo do superior novo testamento, e acima de tudo estarem afinados com o unico caminho, verdade e vida, que é a pessoa e ensinos de Jesus Cristo.Bíblia
  • Estrutura da Igreja. Os adventistas da nova aliança propõe mudanças significativas na antiga IASD a quem sentem a responsabilidade de evangelizar, e acreditam que a atual estrutura organizacional da Igreja está significativamente fora dos padrões estabelecidos por Jesus (simplicidade, sacrificio e abnegação) e tem uma hierarquia com muitos níveis de liderança e, possivelmente, muito controle hierárquico que depõe frontalmente com a recomendação de Cristo de que o maior deve ser o menor e que no cristianismo não se deveria seguir hierarquia empresarial. (Muitos adventistas, como George Knight, defendem uma mudança nessa área.). Tal sistema de hierarquias faz com que haja na Igreja o dominio do "homem pelo homem" , replicando e copiando assim, a imagem do papado e do clero na idade média, os quais impunham pelo poder suas doutrinas e formas de pensar, excluindo, excomungando e perseguindo os que pensam de forma distinta. O poder deve ser descentralizado dos homens e centralizado em Deus por criteriosa comunicação com o Espírito Santo à luz das escrituras sagradas, sbretudo, quanto as recomendações de Jesus que deve ser o cabeça da sua Igreja, e não homens ou mulheres (EGWhite).
  • . Os adventistas da nova aliança crêem em uma discussão aberta com uma imprensa livre (esta opinião é também partilhada por muitos adventistas mais convencionais, como o ex-editores do James Coffin [13] e Manners Bruce. Coffin também estava na pessoal da ). Sendo da opinião que muitos erros, ufanismos, exclusivismo, perfeccionismo e partidarismos devem ser corrigidos com a abertura e não monopolio da comunicação, que deve haver permissões para auto-criticas, como fator fundamental para crescimento e aprimoramento teológico e comportamental.Relato dos acontecimentosAustralian RecordAdventist Review
  • . Os adventistas da nova aliança são simpáticos as mensagens do revolucionario Dr. Daniel Spencer , o qual distingue tipos de musicas como profanas e sacras, contudo defendem uma variedade de estilos de música e de adoração na igreja, incluindo a música cristã contemporânea, desde que promovam santificação, adoração e paz, acreditando que mesmo estilos populares podem ser usados por Deus e usados como uma linguagem musical que alcança determinados grupos. Buscando os objetivos de Deus ao usar a pregação musical e não um elitismo clássico-sacro segregador de adoradores, por mais que têem em mente a construção de um gosto cada vez mais santo por musicas e interpretações cada vez mais elevadas.Música
  • . É ensinado a filtrar ao máximo assuntos, filmes e produções que não edifiquem, principalmente para com crianças que não possuem o senso crítico de um adulto . A revista , por exemplo, revê regularmente filmes. William G. Johnsson partilhou a sua preocupação pelo fato de "a grande maioria da nossa juventude, e um número crescente de membros mais velhos, incluindo pastores, rejeitam o padrão da igreja de não ir ao cinema. Para mim, este é um assunto sério. Muitos adventistas fazem menos exames na escolha de um filme do que os cristãos evangélicos. Eu temo que grande número do nosso povo está sendo seduzido pela mídia onipresente. Ao invés da Bíblia, filmes, televisão e música estão moldando seus valores e suas atitudes . Eles estão ficando conformados com este mundo, ao invés de viver como nova criatura em Cristo transformado pela Sua graça".MídiaSpectrum

Referências


 

 

 


 

 

 

Entre as coisas que mais  dóem na gente e mais nos faz sentir mal, é saber que um jovem  saiu da Igreja, e que não se envolve mais com Deus e que anda perdido em muitas idolatrias e coisas fúteis por ai . Isso dói mais que a morte de um fiel, pois visualimos a perdição eterna. É terrível!


 

http://1.bp.blogspot.com/_Rt607zbnq10/SfAqfgHI-SI/AAAAAAAAAAs/QLyGGMg7LZo/s400/2108031.jpg


A mãe dele chora, passa noites perturbada, o pai olha de lado triste, os parentes assistem calados, os mais experientes sabem que rumo aquele menino(a) tá indo, mas pouco podem fazer por ele.


http://3.bp.blogspot.com/_uJ2b_lOGAOk/SsH78lgd8jI/AAAAAAAAAUw/aIigb0vExi0/s400/09_assalto_280xH.jpg


Alguns chamam ele para ir a Igreja, e de vez em quando eles vão, assistem o culto, até distraem e acham legal ter ido. Conversam com o pastor, com algum lider, o convidam pra voltar , ele responde educadamente e mais nada.

http://4.bp.blogspot.com/-w_25ccLibYI/ToyPlwWumXI/AAAAAAAABOc/KI5xhLcwECU/s400/formal.jpg


Mas naquele culto eles não acharam algo que lhes tocasse a alma, não foram tocados pelo Espírito Santo, não arrependeram de seus pecados e não choraram diante  da espada aguda da palavra de Deus, porque naquele culto só havia a palavra do homem, a intelectualidade do homem, os pensamentos legais do homem, mas não havia Deus, havia apenas crentes nele. Saem dali com seus dilemas ,  seus prantos, saem  sem se converterem, decepcionados..quem sabe vão em busca naquele mesmo dia de algo que lhes dê paz, prazer e um pouco de alegria..uma cerveja? um amigo? uma transa? um filme?

http://3.bp.blogspot.com/-l6FZ9lr1uAk/Td64wQCqPrI/AAAAAAAAAWo/Z8sgCal-gIs/s1600/lagrimas.png


Ah queridos como isso tem acontecido em inúmeras Igrejas! Como nossos pregadores estão vazios da palavra de Deus e cheios da palavra deles proprios! Como nossos cultos estão cheios de shows e vazios de adoração! Como estão vazios os cultos de quarta-feira , como estão mortos nossas reuniões, como falta a profecia, como falta o choro , como falta a presença sublime de Deus causando o mesmo terremoto que no passado!


O que está acontecendo???


Na Bíblia se diz que os cultos deveriam ser diferentes do que tem acontecido, porque  seguimos uma tradição, um credo, um sistema. Uma escritora famosa, ao tentar apoiar dois pastores revolucionarios a modificarem o nosso credo,  disse em 1902:


 

"Cuidado para não ler a Palavra de Deus à luz de ensinos errôneos. Foi por esse exato motivo que os judeus caíram em erro fatal. Eles declararam que não existia qualquer interpretação das Escrituras diferentes das que foram dadas pelos rabis nos anos passados. À medida que eles multiplicavam as tradições e as regras, revestindo-as de santidade, a Palavra de Deus se tornou de nenhum efeito. Se Jesus Cristo, a Palavra de Deus, não tivesse vindo ao mundo, o ser humano teria perdido todo o conhecimento do Deus verdadeiro ... É o plano deliberado de Satanás perverter as Escrituras e levar os seres humanos a dar ium falso sentido às palavras de Deus ... Todas as profissões de fé, todas as doutrinas e credos, por mais sagrados que tenham sido considerados, devem ser rejeitados se estiverem em contradição com as claras instruções da Palavra de Deus" (EGW - RH 25/03/1902)

 


E como ensina a Bíblia que deveria ser o nosso culto e reuniões?


"Mas, se todos profetizarem, e algum incrédulo ou indouto entrar, por todos é convencido, por todos é julgado  os segredos do seu coração se tornam manifestos; e assim, prostrando-se sobre o seu rosto, adorará a Deus, declarando que Deus está verdadeiramente entre vós.

I Corintios 14:24, 25


http://www1.folha.uol.com.br/folha/treinamento/novoemfolha40/images/te14022006018.jpg

Que fazer, pois, irmãos? Quando vos congregais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.Se alguém falar em língua, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e cada um por sua vez, e haja um que interprete. Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus. E falem os profetas, dois ou três, e os outros julguem. Mas se a outro, que estiver sentado, for revelada alguma coisa, cale-se o primeiro  Porque todos podereis profetizar, cada um por sua vez; para que todos aprendam e todos sejam cosolado I Corintios 14:26-31


Então amigo, penso que muitas almas deixam a Igreja sem se arrependerem dos seus pecados, muitos jovens saem e até visitam a Igreja para agradar aos seus pais, saindo do culto tão vazio como entraram. Muitos abandonam a fé, se tornam ateus, rebeldes, falam mal da Igreja, da Bíblia e porque?


As vezes a culpa é deles, mas as vezes a culpa


é nossa !!!!


Revolução do Novo Testamento

Jesus está aí agora com você



http://www.comunidadefilhosdemaria.com/admin/ckeditor/kcfinder/upload/images/Jesus%20com%20chicote.jpg


Revolução do Novo Testamento seremos uma Igreja de fato verdadeira e fiel Senhor!!!


A Igreja Adventista possui hoje 17 milhões de adeptos que geram uma influencia no mundo imensa. A maioria dos nossos cultos estão vazios . As Igrejas só enchem aos sábados enquanto as neopentecostais fazem 3, 4 , 5 cultos por dia e ficam lotadas. Milhões de pessoas se convertem , entregam suas vidas as Cristo e o numero de pentecostais só tem aumentado  ,  e nós o que fazemos? Os criticamos e falamos que seus milagres e pregações são quase todos do diabo porque eles não seguem a verdade como nós seguimos.

Enquanto falamos mal deles, quase todos os nossos jovens estão mundanizados, saindo da Igreja, falando e vestindo como o mundo, fracos na fé, atribulados, engravidando fora de hora, começando familias "em qualquer de repente" como diz o hino  do padre Zezinho. As Igrejas no interior são mais frias e solitarias que as outras. O povo mais fiél a mensagem sofre e só encontra ânimo quando assistem um canal de televisão ou quando frequentam uma igreja de capital onde há muitos adventistas.  Mas a realidade de quase todos  é sofrimento.Vivem representando uma alegria que muitas vezes não possuem, uma conversão que nunca aconteceu, pois nós mesmos sabemos que somos mais convencidos que convertidos. Batizamos mas dificilmente podemos dizer que nascemos de novo. 


Será que Deus se esqueceu do seu povo? E resolveu abençoar nossos vizinhos  evangélicos que parecem ser tão felizes e entusiasmados?


Meus amados, Deus não esqueceu do seu povo. Faz muitos anos que ele anda tentando revolucionar esta Igreja, tentando através dos seus servos e profetas ajuntar sua igreja como a galinha ajunta seus pintinhos,  mas homens corruptos, submissos ao sistema e a tradição,  ignorantes da palavra ,  não tem deixado. Tem impedido e ainda tem perseguido todos os que quiseram ajudar esta Igreja a crescer na fé .


 Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, apedrejas os que a ti são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e não o quiseste!mateus 23:37


pouco depois da  fundação da Igreja Adventista, lá no inicio,   Deus enviou dois mensageiros para nos alertar: Jones e Waggoner. Quem testemunha deles foi uma das fundadoras do adventistmo desta forma:


"O Senhor em Sua grande misericórdia enviou uma mensagem muito preciosa a Seu povo mediante os Pastores Jones e Waggoner. Essa mensagem devia trazer mais destacadamente perante o mundo o Salvador elevado, o sacrifício pelos pecados do mundo inteiro... Deus deu a Seus mensageiros exatamente aquilo de que carecia o povo." (1895; TM 91, 95).


Waggoner e Jones eram dois pastores adventistas , Jones era mais citado que a propria E G White entre os adventistas pioneiros, era membro da comissão dos EUA para assuntos de liberdade religiosa, grande pregador, doou quase todos seus bens para a Igreja,  e em 1888, na assembleia de Mineápolis,  ele e Waggoner  se  propuseram contra a cultura teologica estabelecida mostrando que as cartas de Paulo condenavam nosso modo de pensar, nosso culto, nossa administração, nosso exclusivismo, nosso foco na lei e diversas outras coisas. Imaginem a confusão. Se quiserem saber mais dos detalhes tem um livro da  CASA  do historiador George Knigh  que descreve muito bem coomo foi terrível as reuniões de Mineápolis. Tem hoje CENTENAS  de trabalhos dos seminario teologicos,  do  UNASP e outros,  que esclarecem um pouco sobre estes acontecimentos .


irmãos , devemos destacar diante de vocês, que quando até mesmo E G White concordou com Jones e Waggoner e ainda os chamou de "mensageiros de Deus. ela  estava automaticamente se condenando no quesito fidelidade as escrituras; mais especificamente fidelidade aos escritos de Paulo, contudo, glorias  a Deus por isso, pois ela humildemente  aceitou suas mensagens, chamou estes dois pastores de "mensageirtos de Deus" TM, 92, Defendeu-os através de 11 cartas da australia,  e antes de viajar ainda viajou durante alguns anos ao lado dos mesmos promovendo mudanças e reavivamentos nas igrejas adventistas pioneiras.


Mas nem tudo são flores.

http://www.advento.org/wp-content/uploads/2011/08/minneapolis1888.jpg


Os líderes desgostosos com a parceria Waggoner-Jones-White,  expulsaram-na dos EUA para australia e perseguiram Jones e Waggoner.  Muito dos problemas e injustiças, e incoerencias com o novo testametno que praticamos até o dia de Hoje, se devem a rejeição das mensagens de 1888 vindas de Deus exaltando as verdades e conselhos inspirados contidas nas epístolas de Paulo.


Assim que muitos dos problemas que existem em nossa Igreja como legalismo,Igrejas vazias, apostasia, mundanismo,  injustiças, irmãos que decepcionam, sensualidade, mornidão, liderança sem inspiração, deserção de jovens, desequilibros e fanatismos, tem uma só causa irmãos:


Rejeitar a palavra de Deus e se submeter a tradição dos homens.

http://2.bp.blogspot.com/_uI4mTZQSpbM/S7PbdApwxGI/AAAAAAAAAXs/6cK14WEChos/s1600/tunel.jpg

Uma luz no fim do túnel

Deus me mostrou que devemos promover as mudanças que ele queria em 1888 HOJE, vamos juntos ser fieis a Deus, ser fieis a palavra e fazermos isso enfrentando qualquer desafio??? Seremos corajosos em defender o que "está escrito"? Seremos mais fiéis a palavra ou a tradição que fomos ensinados a pensar? Pode o espírito Santo descer na chuva serôdia se guardamos terriveis erros em relação ao novo testamento aclarados em 1888 e rejeitados pela liderança teologica até o dia de hoje?

Referencias da perseguição a Jones:http://www.igrejaadventista.rede.comunidades.net/index.php?pagina=1413649242
Referencias de acertos e erros de E G White: http://www.igrejaadventista.rede.comunidades.net/index.php?pagina=1413809727


Vi uma Igreja Adventista semelhante ao padrão de construções da maioria das Igrejas Adventistas, com ladrilhos azuis e branco, típicos de colegios adventistas, semelhante a esta abaixo:

Mas quando olhei o nome se chamava Igreja adventista da Nova Aliança. Parei o carro e comentei com as pessoas que nunca havia visto esta Igreja, algumas pessoas ainda se recordam vagamento deste incidente que ocorreu em 22 de agosto de 2001. Tive vontade entrar , havia uma porta refletindo a luz de dentro, pessoas alegres entravam , mas  não entrei porque somos ensinados a não frequentar outras igrejas muito menos dissidências.


Passei  pelo mesmo lugar ainda tres vezes e lá estava a mesma Igreja. Um ano depois quando percebi graves problemas teológicos da IASD com as cartas de paulo, Gálatas, Efésios, Romanos, Hebreus, etc...Deus me mostrou milagrosamente a carta de Jones de 1906 e decidi voltar a esta igreja que havia visto. Inacreditável, gastei meio tanque de combustivel tentando achá-la  passando pelo mesmo lugar dezenas de vezes. Lá só havia uma casa abandonada e descobri que esta igreja não existe. Depois que de tanto perguntar no local, parei de procurar quando um homem que se parecia um pastor da assembléia, que me  disse : "Voce teve uma visão, esta igreja não existe". 


Fiquei assustado. Nunca tive uma experiencia desta em toda minha vida! Já ouvi falar de sonhos, mas ver algo acordado, parar o carro , mostrar para pessoas ao lado, e ainda ver 4 vezes no mesmo local, nunca ouvi falar disso!


Passaram-se dez anos e nunca me senti encorajado a fazer algo neste sentido da visão, pois eu mesmo sei que não estou qualificado para isso, e até hoje me sinto desqualificado e meus pecados, erros e limitações me cobram a todo momento. creio que  esta revolução vai ocorrer, mas não será por meu mérito, será tão somente pelo poder e pela graça de Deus.

  Apesar de me sentir derrotado e falho demais para propor algo tão celestial, tão biblico, tão impossivel que é (revolucionar uma Igreja de 17 milhões de pessoas que se acham donos da verdade e pertencendo a única Igreja correta da face da terra),  é uma "missão impossivel" , nenhuma razão humana me convenceria ser isso possível,  mas o que é impossivel aos homens, diz o Senhor: "é  possivel a Deus aleluia! E o proprio Deus vai mexer com seu coração agora quando vc estiver lendo estas letras, e vai mover todos os seus pensamentos e vai iluminar toda a sua alma em nome de Jesus porque a palavra de Deus não voltará vazia e voce não está lendo isso porque você quis mas por que o SENHOR  o trouxe até aqui!"


Como ia dizendo, mesmo estando falho e incapaz,  tenho estudado sobre a "nova aliança" e suas grandes diferenças e desafios que Jesus e Paulo proporam. Tenho sido iluminado por Deus a descobrir coisas que em 44 anos de adventista, mesmo tendo sido formado em teologia em 1992, e ter feito pós graduação com 50 pastores da associação mineira central e mineira sul em 2007, e ter lido muito, eu NUNCA  aprendi tanto quanto depois que comecei abraçar esta causa da nova aliança. Meus olhos  se abriram para muitas realidades bíblicas que nunca havia atentado, me provando que a palavra de Deus está escondida mesmo daqueles que estudam a Biblia, pois só Deus revela, e revela para quem ele quer e escolhe, não depende de obras, não depende nada, depende de Deus querer. "Porque diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericordia, e terei compaixão de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus que usa de misericórdia". Romanos 9:15 e 16

 


 Então tenho compreendido,  no momento,  em relação a  Bíblia, a 1888 e a visão que tive, que haverá uma Igreja Adventista da Nova Aliança e como os ladrilhos eram azuis típicos da Igreja   Adventista do  Sétimo dia, que já mudou várias vezes de nome,  calculo que esta vai ter que mudar de nome e passar por uma grande reforma cultural, administrativa e teológica.


Na Bíblia Deus muda de nome muitas pessoas, muitos profetas, Jacó foi mudado para Israel, Daniel, Saulo para Paulo, e Jesus viva mudando de nome as pessoas, eu to escrevendo isso agora e pensando nisso agora, não calculei falar isso. Deus quer mudar o nome da nossa Igreja. Deus está querendo ficar no controle das coisas que por agora está no controle dos homens. Deus e Jesus por meio do Espírito Santo quer colocar sua Igreja no trilho, no novo testamento, na nova aliança, "se segurem nas suas cadeiras Faraós e presidentes de campo que consomem a filha do meu povo, pois eu os visitarei, e farei com que desçam das vossas cadeiras e caiam de joelhos".


Orando a Deus sobre esta impossibilidade e utopia da minha parte e perguntando como isso poderia acontecer,  orando e meditando sobre isso, que se trata de um sonho impossivel e etc, me veio a pensamento como poderia isso se processar , porque o mesmo Deus que levantou com voz maravilhosa e potente do pastor Alejandro Bullon fará novamente estremecer os muros de Jerusalem . Então me veio a mente quando orava,  que esta mudança se daria  pela eleição de pastores que assumirem compromissos  com varias mudanças e melhorias, e que os professores de teologia seriam cada vez mais consultados sobre estas mudanças aqui propostas e que vários deles, os mais sábios, os mais humildes, os mais conscientes, os mais fiéis, os mais corajosos (pois isso pode implicar em alguma cruz para os mesmos)  vão responder  e concordar cada vez mais com o que aqui está sendo apresentado. Então visualizei em pensamento que milhares de pastores sinceros  e professores sinceros e corajosos de teologia vão defender as mesmas propostas deste site. Muitos hoje ficam calados em relação ao que apresento aqui para não se queimarem e serem mandados embora. Muitos ainda não foram mais iluminados sobre os assuntos paulinos de Gálatas e suas cartas. Mas se tão somente buscarem a Deus, e  houver o máximo de apoio á LIBERDADE DE EXPRESSÃO, que   inexiste entre nós,  as mudanças vão ocorrer para a glória de Deus e a Igreja poderá receber o refrigerio de Deus.


Muitas discussões e guerras internas  nos esperam, talvez muitos terão inicialmente que perder seus empregos na obra da Igreja, mas todo este sofrimento será necessario e fundamental para que a Igreja receba o Espírito Santo.

cada vez mais me convenço pelos sinais, pelas escrituras, por tudo que é de mais sagrado, que não existe a possibilidade desta previsão não se cumprir porque foi vista em visão e muito bem fundamentada nas escrituras,sobretudo nos evangelhos e cartas de Paulo as Igrejas. Está fundada sobre a rocha.



Calculo que muitas guerras haverão fortes e assombrosos atritos internos e que estes  terão que acontecer e que haverá uma sacudidura terrível na Igreja, e que muitos rejeitarão as mensagens que são as mesmas de Paulo, quando foi incubidode promover a transição entre judaismo e cristianismo, entre velha e nova aliança.  Esta mensagem são  as mesma  mesmas propostas  de  Jones e Waggoner de 1888, que foram rejeitadas pela IASD, foram revividas nos escritos de Morris Venden e nas pregações e escritos do Pastor Alejandro Bullon (principalmente nos ano 80), esperamos que ele volte a pregar como antes, antes que Deus o leve. O pastor Bullon concorda com grande parte das ideias aqui descritas, e um dia ele me disse na DSA: "Faça uma historia primeiro na IASD e depois fale, senão eles vão te mandar embora". Não pude fazer esta historia e estou falando independente disso, porque o proprio Deus celestial me inspira a faze-lo,  e as pessoas deverão ouvir e atender, não porque eu escrevo, mas porque a mensagem que trago é bíblica, é neotestamentaria, exalta e é fiel ao evangelho, a reforma protestante e as cartas de Paulo as Igrejas.   

 

 

Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.

De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.

Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.
Gálatas 3:23-25

 

UMA VOZ AO SILÊNCIO, UM FOGO QUEIMANDO NO ÁRTICO, UMA LUZ NO FIM DA CRATERA DO "CRISTIANISMO"

 

 

Miniatura
Pra que Outros Possam Viver
 
 
 
COMENTARIOS IMPORTANTES A RESPEITO DO VIDEO DO PASTOR MAURO MEISTER


http://voltemosaoevangelho.com/blog/2013/01/mauro-meister-lei-e-graca/#axzz2HdpNSJJN

Mauro Meister - Lei e Graça - clique ana imagem e assista um video de um pastor presbiteriano que defende a lei nas mesmas perspectivas que o adventismo tradicional - Depois de assistir , vá para o texto analítico que refutará estas belas posições só aparentemente corretas.


  1. Miniatura

 

 
Bastaria este escritor e qualquer defensor da lei ler o livro de Gálatas para verificar incoerências que ele defende, mas como precisamos mostrar uma por uma , resolvemos esmiuçar um pouco mais aqui.

LEI DESTINADA SOBRETUDO AOS IMPIOS
"Querendo ser mestres da lei, e não entendendo nem o que dizem nem o que afirmam.Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente;Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas,Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina,1 Timóteo 1:7-10

LEIS CIVIS ESCLARECEM OBJETIVOS DO SERMÃO DA MONTANHA
O autor ao tentar defender a lei faz um comparativo da superioridade da lei israelita sobre o sistema penal e carcerario atual segundo leis que vigoram nos paises modernos, ele fica comentando como seria melhor legislar inspirado a forma mosaica como se fosse a coisa mais certa a se fazer até nos dias de hoje ...contudo, esquece que Jesus substitui estas leis no sermão da montanha ao dizer que devemos perdoar e ainda dar a capa a quem nos defraldar a tunica e dar a outra face a quem nos ferir, mais uma vez ele demonstra não enxergar a substituição da lei de Cristo pela lei antiga.O problema maior amigos, é que como Cristo e seu padrão superior vai viver em nós se a lei antiga continuar a ser o padrão em nossas vidas? Como vamos perdoar se admirarmos as "sabedorias legais do povo de Israel"? Daqui a pouco vamos começar a apedrejar uns aos outros tambem? Vamos arrancar um olho um do outro e vamos exigir ressarcimento em tribunais mundanos por alguma injustiça que sempre bate a nossa porta? O pastor está negando frontalmente aquele que nos deu exemplo sofrendo toda injustiça e nos perdoando. Estaremos negando a graça de Cristo quando negamos a graça com os outros e apresentamos a lei. Mais uma vez se cumpre "Da graça decaistes vós que vos justificais na lei" Galatas 5:4

É CERTO REFERIR-SE AO VT COMO TEMPO DA LEI E AO NT COMO TEMPO DA GRAÇA?
Ele fala que não pode haver esta divisão "lei" para VT e graça para "NT" porque a graça já operava no VT. Realmente a graça já operava e ele tem razão. Mas como ela operava? Ela operava como um cheque sem fundo que só foi pago na cruz. Ela operava profeticamente baseada na onisciencia de Deus e tanto que até o diabo veio reclamar querendo impedir a ressurreição de Moisés. (Judas 7 citando o livro de Enque). E a graça por mais que já ministrada e planejada, foi se revelar sobretudo no NT, ela estava latente no VT e se tornou patente e clara, e demonstravel e palpável, apenas no NT, e por mais que possamos perceber momentos do VT que a graça pulsava, ela se despontou e se esclareceu propriamente somente em Cristo Jesus. Portanto a divisão popular está mais correta que o escritor acima neste ponto em que ele critica a cultura dispensacionalista e a teologia da nova aliança como superior a velha aliança.


QUE LEIS JESUS CUMPRIU?SÓ A CERIMONIAL?
Ele faz uma divisão entre lei cerimonial e lei moral que Paulo não fez, como se Cristo cumprisse apenas a lei cerimonial . Cristo cumpriu todas as leis e Paulo se referiu a lei de forma geral e não dividindo moral de cerimonial, por mais que possamos distingui-las no VT. O que o escritor não compreende é que Cristo vivendo em nós é muito mais que a lei, é Deus vivendo em nós, logo não precisamos de lei porque Ele nos guia. Aleluia! Quem precisa de lei são os impios segundo apostolo Paulo. I Timoteo 1:7-10. Fora isso, a substituição do ministerio da lei operada por Jesus foi tão pontual que vemos substituir a cerimonia da circuncisão pela cerimonia do batismo, os mandamentos antigos, pela sua nova versão dos mandamentos , mudando alguns e acrescentando muitos outros como as bem-aventuranças e no aspecto civil ele nos mandou que fossemos mais perdedores de direitos que justiceiros e legalistas, ou seja "seja justo mas nunca exija justiça dos outros" resume muito da lei de Cristo na nova aliança do NT e isso suplanta e cancela muitas leis antigas, que por mais boas que sejam, eram imperfeitas e provisorias devido estarem "enfermas pela carne" , ou seja, o proprio Deus teve que reduzir a comunicação de sua vontade para poder se comunicar com os antigos ex-escravos hebreus..dando leis que nem "queria dar" (Ezequeil 20:25).

JESUS SOMENTE APROFUNDOU E EXPLICOU SENTIDOS DA LEI?
Ele menciona que Cristo em Mateus 5 estava apenas dando a verdadeira interpretação da lei, Jesus fez isso , mas Jesus não apenas fez isso, pois podemos ver que ele mudou (antes odiar inimigos e agora amar e outras mudanças ) acrescentou ensinos (bem-aventuranças), deu outras ênfases e focos, e fez uma grande mudança que combinam com sua frase "eu porém vos digo" onde o "porém" demonstra mudanças, caso contrario ele estaria apenas explicando "eu entendo, eu explico".Eu porém vos digo ganha uma força demonstrando mudança, apesar da continuidade de muitos principios.
Cristo esteve fazendo uma GRANDE REFORMA e não apenas dando continuidade a tudo. É verdade que nesta grande reforma deu continuidade a algumas coisas, focando e dando destaque ao amor, a fé, ao poder, já citadas no VT, o que ele fez colocando sob uma nova perspectiva de escala de importancia e valores que ainda não estava bem estabelecida e explicada no VT que contem a lei chamada por Paulo de "provisoria" de Moisés, sob a forma mosaica, agora não somos guiados mais pelo tutor, pelo aio, pelas regras as vezes que interpretamos erradas, mas pelo Filho em nós, pelo proprio autor das recomendações tutoriais. Agora "conhecemos a Deus, ou melhor, fomos conhecidos e guiados por Ele", de perto e não de longe, em mim e não fora de mim, pelo espirito e não por tabuas de pedra.

ESTÁ O CRISTÃO CONVERTIDO DEBAIXO DA LEI?
Ele usa o fato de não podermos pecar e transgredir a lei como prova de que ainda estamos debaixo da lei contrariando ousadamente o livro inspirado de Gálatas .

Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio. Gálatas 3:23-25

A questão é que o crente que confia no sangue de Jesus nunca fica debaixo da lei, pois a justiça e a santidade DE CRISTO o assiste pela fé. Ele é santificado e justificado em Cristo. Quanto ao seu andar, ele se espelha em Cristo que é um padrão de justiça muito superior a lei, que muitas vezes iguala a lei, trilhões de vezes supera a lei, e algumas vezes ignora e transgride a lei. Precisamos andar em fé vivendo Cristo em nós , vivendo em nossos corações a lei de Cristo reformada, corrigida, ampliada e muitas vezes radicalmente mudada em relação ao antigo pacto. O convertido muitas vezes age como Davi ao transgredir as leis dos pães asmos em prol de dar comida aos famintos, age como o bom samaritano e não como levita e o sacerdote que seguia mais a lei escrita que a lei de Deus que é o amor, age como Abraão que obedeceu uma ordem terrivel e totalmente contrária lei, porque é guiado muito mais pelo espirito que pelas convenções gerais religiosas

 

 
 
 S VÁRIAS DEFINIÇÕES DE PECADO NA BÍBLIA -
PARTICIPE E ACRESCENTE A SUA DEFINIÇÃO
E A QUE ENCONTROU NAS ESCRITURAS

TRANSGRESSÃO DA LEI - Pecado tem várias definições, a mais básica é "transgressão da lei" de I João 3:4. Contudo quando entendemos que a lei é ampla, (SÓ NO VT 613 MANDAMENTOS) e foi reinterpretada, melhorada, corrigida e acrescentado milhares de outros mandamentos por Jesus, e novas leis impossiveis de se seguir (ao homem natural) como "amar inimigos" "dar a outra face" , o pecado como transgressão foi ampliando proporcionalmente sua definição, e ficou mais "fácil" de acontecer, ou melhor, de ser percebido, e cada vez mais o homem se viu como totalmente impossibilitado de não cometer, exceto pela presença de Deus em nós é claro...Mas quando entendemos que o cumprimento da lei é o amor, o desamor ganha a definição de resumo do pecado e aprofundamos ainda mais tanto o conceito de pecado quanto de justiça que agora se parece mais com a bondade que com a moral .

DESSEMELHANÇA COM JESUS - Há ainda a definição de que tudo que desassemelhe de Jesus, o padrão de Deus, seja pecado..aí pecado e santidade ganham proporções infinitas. O homem foi criado a imagem e semelhança com Deus e desde que caiu vem perdendo esta semelhança, mas Jesus veio resgatar esta imagem divina perdida em nós .

SEPARAÇÃO DE DEUS - Há ainda os que definem pecado pela sua etiologia, suas causas na separação de Deus , que é a essencia do pecado quando a pessoa centraliza em si mesma, e é interessante como pecamos menos quando sentimos o amor de Deus por nós e pecamos mais quando nos cegamos e não vemos seus olhos de amor. O sofrimento e as perturbações podem nos cegar e nos refutar em relação a crença em seu amor, e isso pode criar uma rebeldia e separação em nós resultando em pecado. Quando estamos em comunhão com Ele, gostando das coisas que Ele gosta e odiando as coisas que Ele odeia, o pecado passa a não ser mais tão cometido, pois sintonizamos com os gostos e preferencias da santidade. Quando participamos de coisas que afastam a presença de Deus, o pecado e o diabo vai reinar sobre a pessoa pois que ficou sem a ligação necessaria para não pecar. Nossa natureza espiritual nascida no novo nascimento pode ser alimentada ou não, por esta convivencia com Ele e com coisas relacionadas a Ele.

PECADO É DESCRER DA JUSTIÇA OFERECIDA - A definição mais forte e mais abrangente, e mais prática e realista diante do homem pecador, vem , no meu entender, de Lutero (que se harmoniza com Jesus quando disse que o Espirito Santo nos convenceria do pecado que não era crer nEle Joao 14-16), ele disse que "nada é pecado senão a descrença" , pois quando estudamos que o evangelho é o pagamento dos nossos pecados, por aquele que se fez pecado por nós, recebendo a punição e a ira do Pai que o amava em nosso lugar, dando a unica justiça que Deus aceita, a dEle, então entendemos como pecadores que somos, que nada será pecado, senão rejeitar esta única dádiva que livra a todos nós. Se nada mais nos livra do pecado, nada será pecado senão rejeitarmos esta dádiva , e o fazemos descrendo da mesma. Nada será pecado com Ele e nada será justiça sem Ele . Pecado passa a ser descrer na justiça de Cristo, e santidade passa a ser crer na sua justiça..e as obras? Quase ia me esquecendo, as obras de Deus em nós serão maravilhosas, muitas estranhas ao senso comum, algumas estranhas a lei (Pães asmos, Abraão, pegar em chicotes, deixar parentes, pagar o mal com o bem que é injusto) , mas produzirão frutos espetaculares de salvação, porque só Deus é justiça real, e só ele em nós produz obras realmente justas. Amém.
Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.

De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.

Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.
Gálatas 3:23-25

 Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.


De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.

Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.
Gálatas 3:23-25

 

De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.

Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio
Gálatas 3:24-
E com ira e com furor farei vingança sobre os gentios que não ouvem.
Miquéias 5:

Gálatas 3:24

"De modo que a lei se tornou nosso aio, para nos

conduzir a Cristo, a fim de que pela fé fôssemos

justificados. Mas, depois que veio a fé, já não

estamos debaixo do aio".

 



Que a graça de nosso


Senhor e Salvador Jesus te guie

 

 

Este site reflete a mesma mensagem de Paulo aos gentios, judeus e  judeus cristãos, a qual está contida em suas diversas cartas as Igrejas (Carta aos Romanos, Gálatas, Corintios, Filipenses, Colossenses, Efesios  e outras cartas).  A transição entre o judaismo do velho testamento e o cristanismo do novo testamento e todas as suas mudanças contidas, foi marcada por muitos atritos e diferenças, onde amostras da mesma  foram relatadas no livro de Atos principalmente entre os capitulos 11 e 15.   Um ponto curioso presente  nos 2000 anos de  historia desde o cristianismo estabelecido , é que todos os grandes  mensageiros  que pregam  estas mensagens de Paulo,  enfrentaram as mesmas perseguições por parte de cristãos  jadaizantes, legalistas e não convertidos ao evangelho, pessoas que são apenas convencidos a uma Igreja ou forma moralista e religiosa de se pensar. 


Este site defenderá diante dos leitores:


1.A graça ensanguentada como justiça de Deus em lugar tanto do judeu que tentava guardar a lei como do gentio não guardador da lei (efesios 2), como pregação fundamental para conversão e tambem santificação de todo aquele que crê e experimenta o poder do evangelho que é a revelação da atitude de amor de Deus de nos prover sua justiça,  salvando pela fé na sua justiça (sangue)  e não por nossas obras, a todo aquele que crê nesta propriciação divina.

Quando Jesus fez o sermão da montanha ele encerrou todos no pecado, tanto quem tenta seguir a  lei como não seguidores, pois é evidente que ninguem que não for transformado e andar guiado e cheio do Espirito Santo consegue seguir o sermão da montanha, "Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, a fim de usar de misericórdia para com todos". Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie" Efesios 2:8 e 9


Responderam-lhe: Somos descendentes de Abraão, e nunca fomos escravos de ninguém; como dizes tu: Sereis livres? Replicou-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é escravo do pecado.Ora, o escravo não fica para sempre na casa; o filho fica para sempre. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.João 8:34-36


Toda  desobediência é  pecado que aprisiona, escraviza,  encerra, prende, "Aquele que comete pecado é escravo do pecado e está condenado  lei..."O escravo não fica para sempre em casa, o Filho sim para sempre, Se pois o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres", ou seja,  somos apenas escravizados pelo pecado mas Jesus se fez  filho do pecado para nos livrar . Jesus comparou a lei (escravidão do pecado), com a libertação da Graça, (pelo seu sangue). Por isso está escrito no AT: De Sião sairá a lei...ou seja, não é aquela lei do Sinai que já havia saído, mas a lei do amor de Cristo, sua graça, seu pagamento dos nossos pecados.Sua justiça no lugar como salvação da nossa total e plena impossibilidade de servir e fazer a real vontade de Deus "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie" Efesios 2:8 e 9



 

 

2.A necessidade de se focar Cristo em vez da lei, sistemas  e regras,  porque Jesus e somente Ele é  a verdadeira, completa  e  perfeita expressão do caráter, da pessoa e da vontade de Deus . os cristãos devem portanto preferir a guia do Espírito Santo em vez de regras, leis e conhecimento, porque somente o relacionamento pela fé com Deus no Espírito Santo nos transforma e fortalece  a  andarmos humildemente ("para que ninguem se glorie") de forma superior ao senso comum da lei básica e esforços ou raciocinios humanos, pois cristianismo de Cristo é superior e suplanta ao judaísmo de Moisés (II Corintios 3 e toda carta aos Hebreus).

3. A superioridade dos ensinos de Cristo sobre os ensinos de Moisés, sem desvalorizar totalmente os ensinos antigos da lei, mas sempre mostrando que Cristo nos desafiou a uma maneira superior de relacionamento com Deus, com sua vontade, com a interpretação dos antigos escritos,  e sobretudo com o sentido justificador do seu sangue e da fé nEle. Mostrando como o velho testamento e a lei foi um aio, tutor e temas basicos  guiando judeus até que os mesmos pudessem ter  um encontro com Jesus e com  um "novo e vivo caminho"  de  um relacionamento que agora considera a justiça e amor de Deus revelados no corpo rasgado do seu Filho, mensagem  muito mais poderosa contra o pecado  que a gloriosa pregação da lei, pois que alem de nos impactar, escancarar o amor e a justiça de Deus, confirma a todo aquele  que crê,  o seu direito conquistado com sangue de pela cruz ter acesso direto a  Deus e a possibilidade do próprio  Deus poder habitar com os pecadores sem os exterminar , o que se faz na prática  em nosso dia a dia  por meio da presença da guia do  Espírito Santo, substituto de Cristo na terra. ( "O espirito Santo estará em vós" João 14:17)


Em   1888,  ocorreu um fato que nos parece uma verdadeira réplica da transição entre judaismo e cristianismo que enfrentaram Paulo e os cristãos da nova aliança da graça, do Espírito Santo e da centralização em Jesus.  Dois pastores,  Jones e outro Waggoner,  tentaram trazer de volta ao evangelho os membros da IASD que estava, como grupo religioso,  focada na lei, profecias, sábado e disputas doutrinarias, e se não bastasse, ainda se julgando de forma arrogante e contrária ao evangelho, como único povo correto da face da terra . Eles foram inicialmente apoiados até mesmo por EGWhite (uma das fundadoras do adventismo)  mas mesmo assim,   enfrentaram muitas perseguições internas e até mesmo a propria EGWhite foi praticamente expulsa  dos EUA quando esta apoiava e aconmpanhava Jones e Waggoner em suas pregações aos adventistas reavivando-os na graça.  Estas perseguições que Paulo classificou como "Hagar" perseguindo "Sara" em Gálatas,  se repetem até o dia de hoje quando pastores e membros levantam a bandeira da justiça de Jesus em nosso lugar,  e do poder da pregação desta graça ensanguentada como forma evangelistica mais eficiente que a pregação da lei e dos deveres na antiga  forma moralista do VT. Contemporaneamente  destacamos outros heróis paulinos da fé como  descendetes de Paulo, dos reformadores protestantes da justiça pela fé, e citamos algumas expressões atuais  como Morris Venden, Carreiristas, Alejandro Bullon (dos anos 80) e outros. Sabendo que nossos irmãos evangelicos já caminham sob a ordem da nova aliança a muitos anos e possuem grandes nomes e representantes muito mais profundos no mistério revelado de Deus no novo testamento, como Spurgeon, Lutero, Calvino, Josimar Bessa Oswald Chambers, Knox, Úlrico Zwinglio, Guillherme Farel, Wesley, recentemente citamos Paul Washer, Steve Lawson, John Pipper, Augustus Nicodemus, Russel  Sheed, Caio Fabio e muitos outros Alguns livros inspirados verdadeiros  homens de Deus  vc pode baixar gratuitamente aqui


Estamos organizando cada vez mais os temas aqui abordados e teremos  apenas uma página onde resumiremos nossas principais propostas. Aceitamos sugestões e reflexões de todos, escreva-nos aqui!

Informação importante: Acredito que nunca  tomaria a iniciativa de se propor estas reformas,  caso o proprio Deus  não  indicasse  através de 4 visões, que deveriamos defender a nova aliança no seio do adventismo. Apesar disso, reiteramos e destacamos que não estamos baseados apenas na visão, mas nas escrituras sagradas e em centenas de grandes ganhadores de almas e excelentíssimos homens de Deus, repletos de bons frutos,  e que as visões só nos motivaram a confirmar que Deus está nos guiando. Destacamos tambem que muitos adventistas estão neste exato momento recebendo este mesmo despertar que cremos que precederá o derramar do Espírito Santo na chuva serôdia dos ultimos dias.


Que a paz e a santificação sejam o sinal divino para que vc leitor, possa saber e confirmar, que o que temos apresentado aqui, são importantes e necessárias verdades que o Deus,  que ama cada um de nós, manda  que tenhamos conhecimento e sobretudo prática. Que Deus  abençoe com o seu Espírito esta leitura, amém!


__________________________________________________________________


 

 

 

Se vc acredita  estar na  Igreja mais correta e especial da terra clique aqui e

Veja-se no Espelho

http://www.ielouvai.org.br/wp-content/uploads/2012/08/seitas-400x250.jpg

 

Steven Lawson - Uma das melhores Pregações que já assistí !!!

Miniatura

Paul Washer - Quem está no Controle? (Ezequiel 36:24-27)

       Paul Washer - O Julgamento de Deus eo Trono Branco  [prévia]

  1. Miniatura




A IASD teve sua oportunidade em 1888 de voltar ao evangelho, EGWhite aceitou as mensagens daqueles que ela mesma classificou de "mensageiros de Deus" , mas o que aconteceu? Expulsaram-na para Australia quando ela estava dando apoio a Jones e Waggoner.


 

"O Senhor não estava dirigindo nossa saída da América. Ele não revelou que era Sua vontade que eu deixasse Battle Creek. O Senhor não planejou isso, mas permitiu que agissem segundo vossa própria imaginação. O Senhor desejava que W. C. White, sua mãe e seus obreiros permanecessem na América. Nós éramos necessários no centro da Obra, e tivesse vossa percepção espiritual discernido a verdadeira situação, nunca teríeis consentido com as medidas tomadas. Mas o Senhor lê os corações de todos. Havia tanta disposição para que partíssemos que o Senhor permitiu que esse evento tivesse lugar. Aqueles que estavam cansados com os testemunhos dados foram deixados sem as pessoas que os transmitiam. Nossa separação de Battle Creek foi para deixar os homens cumprirem sua própria vontade e maneira, que julgavam superior à maneira do Senhor".

VEJA PORQUE EGW FOI FORÇADA A SE AUSENTAR DOS EUA POR 9 ANOS E COMPREENDA AS DIFICULDADES QUE ATÉ HOJE A IASD ENFRENTA EM RELAÇÃO AO NOVO TESTAMENTO
http://www.adventistas.com/biz/1888_reexaminado/index.html

 





 

RESUMO

RESUMO  (abstratic) - Neste site vc encontrará diversos pontos de vista que repetem as propostas de 1888 de A T Jones e E J Waggoner, de Paulo aos cristãos judeus e judaizantes, de Morris Venden, do pastor Bullon e de alguns outros líderes atuais da  IASD e de líderes do mundo evangélico como Valter Martin, Chambers, Steven Lawson, John Pipper, Lutero, Calvino, Augustus Nicodemus, Sheed e muitos outros .  Em 1888  numerosos  membros e líderes da antiga  IASD, inclusive Prescott, EGWhite e outros nomes,  apoiaram os pastores revolucionarios Jones e Waggoner  como "mensageiros  de Deus" (TM, 92). A IASD estava focada na lei, sabado e profecias e havia negligenciado as coisas mais importantes do evangelho a saber, a nova aliança, o ministerio do Espirito substituindo o ministerio da lei (II Corintios 3), a fé na justiça de Jesus substituindo confiança e foco nas obras, a graça como disposição generosa de Deus para com gentios não guardadores da lei e judeus guardadores, (Efesios 2). Tal situação gerava na IASD uma paralisia evangelistica e uma incapacidade de prover a evangelização verdadeira e convertedora de corações tanto internamente e muito mais externamente. Após a nervosa, polêmica e conturbada assembleia de Mineápolis em 1888,  onde Waggoner e Jones foram duramente ridicularizados pelos lideres legalistas, mesmo tendo  estes  o apoio de EGWhite, a igreja começou a aceitar um pouco mais o novo testamento (sobretudo as cartas de Paulo)  enviando inclusive pedido aos escritorios de redação de EGWhite que escrevessem um livro de justificação pela fé. Nasceu então de forma tímida, em 1892, numa manjedoura emprestada,  publicado experimentalmente em outra editora,  o maravilhoso livrinho "Caminho a Cristo" que uma das assistentes de EGWhite, Fannie Bolton, autora do hino 294, "Jesus não eu em tudo seja honrado"  reinvindidou sua autoria como diversos outros escritos considerados inspirados (podemos verificar   que tanto o estilo  literario como a teologia do livro "caminho a Cristo"   não pertencem a EGWhite). A Igreja adventista então deu um salto na evangelização aumentando de 16 mil membos (1880) para 91 mil membros (1901). Contudo, apesar do apoio de muitos, os líderes da IASD resolveram,  contra a vontade de EGWhite, e segundo esta, contra a vontade de Deus,  mandá-la embora para Australia e perseguirem A T Jones e E J Waggoner nos EUA. EGWhite então durante os nove anos afastada dos EUA enviou 11 cartas de protesto contra este estratagema de domínio da obra na igreja, "do homem pelo homem" , mas pouco adiantou. Estas 11 cartas se tornaram apenas um livro de meditações entitulado "Testemunho para Ministros" os quais citam  os nomes de Waggoner e Jones   como mensageiros de Deus em vão, pois até hoje a 99% dos 17 milhões de membros da IASD, nunca leram sequer um livro dos mais de 30 publicados por estes,  e nunca a CASA publicou um unico livro dos mesmos, apenas vemos comentarios onde destacamos um  historico de George Knight entitulado "A mensagem de 1888". Os problemas decorrentes atingem diretamente 17 milhões de adventistas hoje, e indiretamente prejudica a evangelização, a irmandade evangélica cristã (devido adventistas em vez de se corrigirem quanto a má compreensão da lei e assuntos de Gálatas e cartas paulinas, se tornaram combatentes de quem defende estas ideias).




OBJETIVOS

OBJETIVOS - Esclarecimento de que a Igreja Adventista precisa se ajustar mais ao Novo Testamento e que os escritos de EGW trazem pontos positivos e negativos quanto a esta necessidade conforme TABELA 1.  Que a IASD deve aceitar a nova aliança proposta por Jesus e abandonar a velha aliança considerando-a como Paulo recomenda: "a lição do velho testamento".  Que os líderes da Igreja  devem propor  rapidamente diversas  mudanças e/ou aperfeiçoamentos doutrinários, pois caso isso não aconteça serão responsaveis no juizo final por arrastar  milhões pessoas a perdição. Que devem abandonar suas 5 principais comportamentos de idolatria para com a lei (1), o sábado(2), EGwhite(3), Igreja, sistema, obra(4) e raciocnalismo(5) no lugar da guia do Espírito Santo.  Depois de discutida as necessidades de mudanças na IASD foi visto uma igreja adventista de ladrilhos azuis semelhante ao padrão da IASD com um novo nome  inscrito "Igreja Adventista da Nova Aliança", e esta visão ocorreu em contexto com uma ordem direta de Deus de chamar de "lixo" uma lição da escola sabatina que em vez de mostrar as grandes diferenças entre as duas alianças dizia e enganava diretamente 17 milhões de adventistas  dizendo  que as alianças são iguais  usando como estratégia exaltar pontos semelhantes e encobrir pontos dessemelhantes. Em seguida o Espírito Santo desvendou milagrosamente  o  descobrimento  da carta de despedida A T Jones de 1906 contendo não só a rejeição da IASD da  mensagem de 1888, mas também a expulsão do cargo de pastor de AT Jones, caçando suas credenciais e determinando sua saída da obra adventista. percebemos claramente  que tal injustiça se perpetua na teologia atual e que Deus tem provido alguma forma de libertação dos membros que forem mais fiéia a Deus que ao sistema , aos pastores sinceros que estarão no céu e membros verdadeiros e honestos com Deus e sua palavra,  da IASD,  para que se baseiem agora no evangelho, no cristianismo e na guia do Espirito Santo  e não mais nos focos do judasimo (sabado e lei, letras e conhecimento). Cremos que a visão é correta, é bíblica, é necessária e que ela acontecerá de alguma forma no tempo de Deus.




HISTORIA

HISTORIA - Desde 1888 que diversos pregadores tem alertado a IASD para que se arrependa de seu foco na lei e no sabado e aceite o Novo Testamento que foca Jesus, a fé, o poder, a misericordia, graça e Espírito Santo guiando de forma superior e sobreexcelente ao que a lei fazia (II Corintios 3). Nas décadas de 80 e 90,  destacamos no Brasil a revolução efetuada por meio do inspirado Pastor Bullon como uma continuidade das revoluções propostas por Morris Venden nos EUA (95 teses propostas para a IASD). Aqui no Brasil o mesmo ocorreu por ocasião em que afastaram EGW quando esta acompanhava A T Jones e Waggoner, líderes da teologia legalista da IASD no Brasil perseguiram , reagiram e fizeram uma inquisição sobre as pregações de justiça pela confiança em um Deus de amor do pastor Bullon e este, para se defender disse "sou um evangelista", então afastaram ele de departamental de jovens para evangelista. Fazendo com que o Bullon deixasse  de pregar mais para a Igreja interna e passasse a pregar aos de fora como se dentro tudo estivesse mais ou menos em ordem. 





REFs

REFERÊNCIAS

1- A mensagem de 1888 de George Knight - CASA PUBLICADORA BRASILEIRA

Exclusivismo:

2- O Abalo do Adventismo - Dr. Paxton da Comissão Batista em  Trabalho conjunto com a Associação Geral da IASD

3- Testemunhos para Ministros de Ellen White ( 11 cartas de protesto da Australia quando foi obrigada a se separar do ministerio da nova aliança de Jones e Waggoner)

4- Revista Parousia, ano IX do UNASPRESS - http://www.centrowhite.org.br/interna.asp?id=022

5- Conhecer Jesus é Tudo (Alejandro Bullon- Livro que tem revolucionado o adventismo)

6- 95 Teses de Justificação pela Fé (Morris Venden)

7- Questões sobre Doutrinas http://questoessobredoutrina.blogspot.com/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Quest%C3%B5es_sobre_Doutrinas






 


 

Lição de Gálatas tem ajudado a IASD

 

Gostei  da lição que comentava a nervosa carta aos Gálatas, acredito que ela esteja ajudando a IASD a amadurecer um pouco mais a transição necessaria que os judeus percorreram, proposta pelo sofredor apostolo Paulo, II Corintios 3 diferencia a velha aliança da letra, do conhecimento, das tabuas de pedra, da lei gloriosa, pelo super-glorioso ministerio do espirito (cristo vive em mim). Esta compreensão creio que seja fundamental.

Nunca o amor ao proximo, o perdão e aspecto espirituais eternos como fé e vida eterna foram tão destacados como no NT. Estes dias meditando em seu sacrificio aprendi muitas coisas. Ele se tornaria pecado e a ira do Pai que o amava deveria se derramar sobre ele, Jesus sabia que isso custaria muito ao Pai se irar contra o Filho que tanto amava...Jesus não pedia por si mesmo, mas pelo Pai, pois sabia que quem mais sofreria era o Pai, por isso a Bíblia diz,,porque " Deus " amou o mundo que deu seu filho..e o filho sabia disso e isso trouxe muita agonia a Ele tb. Todos nós lemos que o coração de Jesus partiu em dois, mas ninguem leu sobre o que aconteceu com o coração do Pai.

Fica aqui nossa humilde contribuição, construída de forma sincera e verdadeira  para o bem de todos os leitores que entendem que, assim como as cartas as sete igrejas de apocalipse continham elogios, repreensões e conselhos, perpetuamos neste breve resumo, alguns elogios,  repreensões e conselhos que cremos ser necessários para nosso avanço da verdadeira  fé cristã sobre toda e qualquer peculiaridade cultural religiosa  formada de forma dominadora sobre nossa mente (Incosciente coletivo).

Como se percebe virtudes em alguns pontos e problemas em outros em tudo, a Igreja Adventista do Sétimo Dia também carrega suas virtudes  e muitos  problemas. As grandes empresas possuem departamentos de ouvidoria e estão sempre atentas as mudanças de mercado para não sucumbirem pela teimosia e apego à tradição como se fosse ela a verdade.  Tradições e  sistemas estabelecidos e endurecidos devem ser submetidos rapidamente  a autoridade de Cristo, caso contrario seremos cumplices de sermos co-participantes de uma insubmissão como esposa de Cristo que pretende receber o noivo de forma pura, fiel, dedicada, apaixonada.

 

1. Probelmas quanto a mensagem de Saúde Preventiva. Por mais que outros autores anteriores a Ellen White e contemporâneos (séc XIX), tenham escrito idéias sobre saúde muito semelhantes ao que ela propôs (Graham, Knox, etc), ninguém deu tanta ênfase as mesmas. que Ellen White, ninguém colocou Deus no meio da questão da saúde preventiva e complementar, transformando a mensagem de saúde em uma religião, uma militância, uma causa ajudadora pela sofrida  humanidade, poucos  exaltaram tanto este tema fazendo com que homens e mulheres se transformassem em apóstolos do tema de saúde e saíssem ajudando, iluminando,  publicando, evangelizando e vendendo livros, instalando restaurantes vegetarianos e clinicas, antecipando pesquisas convalidatorias cientificas das sabedorias milenares quanto as leis naturais, restaurando a saúde de milhões e até fortalecendo o debate cientifico pela ortomolecularidade que somente hoje está sendo aceita  oficialmente pelo CFM (Conselho Federal de Medicina resolução 2010)  aqui no Brasil. http://www.portalmedico.org.br/resolucoes/cfm/2010/1938_2010.htm

 A Igreja  apostou em idéias que anteciparam séculos de ciência mas deu importancia muito elevada a estes temas, pois  exageros e fanatismos criados paralelamente, prejudicaram a  teologia da salvação, competindo  com obras salvíficas de comer e não comer, transgredindo assim o evangelho de Jesus que diz que "nada que entre pela boca do homem o torna impuro e sim seus pensamentos e palavras que saem da sua boca", e ter criado uma vigilância mais em aspectos exteriores da vida do que interiores, o que entendemos ter sido os efeitos colaterais indesejáveis que esta preciosa mensagem ajudadora de bilhões de pessoas, gerou,uma preocupação maior com o lado fisico que com o lado espiritual. Uma dedicação maior as curas naturais que as curas sobrenaturais (negando assim um dos focos do evangelho de Cristo). Não que as duas não possam existir juntas, mas em termos de Igreja, a cura sobrenatural deve ter relevancia. Assim como em termos de um hospital a cura natural deve ter relevancia. Inverter isso é tentar fazer da igreja um hospital , por outro lado já se imaginou  se um hospital se tornasse uma igreja onde os médicos orassem em vez de fazer cirurgias? (apesar que houve épocas que hospitais funcionavam exatamente assim)

Está certo que o mundo degradado pelo fast food, sedentarianismo, sintéticos e químicos da industria alimentícia e farmacêutica que transformou médicos em vendedores comissionados de suas formulas patenteadas, as quais, na maioria das vezes, apenas copiam  princípios ativos moleculares contidos em plantas e alimentos, precisam de mensagem preventiva e complementar de saúde. 70% dos tratamentos de saúde ocorrem em ambiente familiar, anterior ao posto de saúde, e o governo aposta hoje nesta fórmula (Programa Nacional de DCNT) como a única saída para a crise na saúde publica no Brasil e no mundo, e a IASD desempenhou e ainda desempenha um papel importantíssimo para ajudar ao mundo, economizar gastos governamentais, prevenir problemas de saúde, e manter uma qualidade de vida devido ensinar o respeito a aspectos de saúde onde pouquíssimas instituições se dedicam. A IASD e muito mais a IAR (Igreja adventisdta da Reforma) muito contribuiram para isso, contudo, não podem continuar negando que o evangelho prima pela cura sobrenatural e não natural, aceitando somente aquilo que a religião do  vegetarianismo ordena, esquecendo de Cristo e apenas o usando como um adorno religioso.

 

Em dias de sucesso dos evangelistas Benny Him, Valdomiro Santiago, RR Soares, Kenneth Hagin  e outros, que procuram imitar semelhante tragetoria de Jesus que pregava , curava e expulsava demônios, quero ressaltar que as igrejas tradicionais em geral trazem  também na historia de seus membros, relatos de muitos milagres de  expulsões de demonios,  maravilhosas pregações e  curas sobrenaturais, as quais são somadas as inumeráveis milagres de curas naturais, ou em respeito às leis da natureza que Deus criou quando estabeleceu o homem na terra sob certas condições de vida ideal. É claro que como Igreja fundada sob o panorama evangélico da nova aliança do Espírito (Deus Jesus conosco), deveríamos imitar mais o Senhor Jesus estimulando a fé no poder sobrenatural, do que nos propormos a ser uma instituição de saúde racionalista estimulando e ensinado  as leis de saúde. 

Contudo, por mais que existam desvios da escala de prioridades e valores do evangelho, vemos como não excludentes o aspecto sobrenatural da cura com os aspectos naturais, onde cada caso pode ser encaminhado em oração a Deus, pois o mesmo Deus que cura sobrenaturalmente é aquele que nos acompanha dia a dia, ditando graciosamente em nossos ouvidos que devemos evitar açúcar,  industrializados, tudo que contenha gordura hidrogenada, gordura trans, carnes, leite,  etc...Que devemos nos exercitar, descansar e estarmos sempre felizes e dispostos. O apóstolo Paulo no meio de suas cartas, aconselhava seu amado Timóteo a tomar um pouco de vinho para estômago, ensinando assim, de forma simples, um remédio natural simples ao amigo e irmão na fé, por mais que fosse um homem capaz de ter fé até para receptar pessoas mortas por acidente (Eutico).

 

 Desta forma, podemos elogiar e valorizar o trabalho de nossa Igreja sem desmerecermos a fidelidade de outros ao evangelho, enfatizando os métodos sobrenaturais de Cristo para curar até mesmo uma febre. podemos cumprir as  palavras posteriores à cura que Cristo disse ao ex-cego, "cuide, para não pecar, para que não te suceda coisa pior". Bom seria se hoje nós retomássemos as prioridades do evangelho (método sobrenatural) sem desvalorizar as revelações da importância das leis naturais (natural), tão importantes nestes dias onde a cultura de pizzas, coca-cola, açúcar e outros venenos industrializados que visam o lucro e não a saúde das pessoas, passeiam muito livremente nas nossas inocentes mesas .

 Sejamos portanto mais fiéis ao evangelho, fazeis estas coisas, sem desmerecer aquelas mais importantes. Amém!

 

 

RESUMO DE PROPOSTAS DE MUDANÇAS NECESSARIAS PARA ABREVIAR OS DIAS FINAIS

 

 

 

1. Assim como os judeus foram desafiados a fazer, devemos abraçar a nova aliança e abandonar a velha. A velha aliança era centralizada na lei, no sábado, no dever, na obediência a regras e sistemas, em Moisés e nos profetas, no ensino, na letra...A nova aliança é centralizada em Cristo, no sangue de Cristo, na cruz, na fé, na conversão, na guia em obediência ao Espírito Santo, na comunhão, no poder de Deus, na autoridade para expulsar demônios, curar e até ressuscitar mortos, na palavra viva de Deus e não na palavra "sabia" do homem, na inspiração, profecias, nos dons espirituais.

 

 

 

2. Pedir desculpas ao povo evangélico por hostilizá-los enquanto eles estavam muito mais certos quanto a diversos avanços no conhecimento e pratica do cristianismo. E eles que andam recebendo grandes bênçãos de Deus que nos repartem por meio de abençoadas pregações, musicas e milagres, com as quais somos agraciados, enquanto os condenamos por não guardarem a lei e o sábado.

 

 

 

3. Deixar de endeusar o sábado e passar a considerá-lo assim como Jesus o considerou, nem mais e nem menos, como um dia de benção ao homem apenas, e não como um sinal ou marca de Deus ao povo dos últimos tempos. Isso não é mensagem do novo testamento, está apenas na velha aliança. Na nova aliança os sinais característicos do bom cristão são:

 

 

 

A. Amar ao inimigo e fazer bem aos maus e bons (Mateus 5:43-48)

 

 

 

B. Realizar em nome de Jesus milagres, curas e sair ileso se tomarmos coisas mortíferas (Marcos 16: 17, 18)

 

 

 

C. "Terão amor uns pelos outros" D. Semelhança com Jesus (I João 4) e. Semelhança com o evangelho .

 

 

 

Quanto ao sinal do sábado pregado pelos adventistas pioneiros, isso é incoerente com as novidades do evangelho e duvidamos que Deus tenha revelado algo muito diferente do evangelho. Os frutos de se dedicar à guarda do sábado como coisa muito mais importante que Jesus deu, não é bom, basto ver uma série de incoerências e maus frutos caracterizados na vida de guardadores do sábado em contraste com quem aceita o evangelho e dá importância maior ao que Cristo deu. Ser semelhante a Jesus implica em dar importância igual ao que ele deu. Nem mais e nem menos. Seguir suas pegadas. Os 144 mil andam por onde o cordeiro vai.(apocalipse 14:4). Jesus não deu tanta importância ao sábado como o fazemos, Paulo muito menos o fez, pelo contrario, há um silencio em suas cartas que contrasta com nossos livros e pregações. Nosso cristianismo deve ser semelhante ao de Paulo e não um novo evangelho, como se pudéssemos anular o antigo e único e verdadeiro caminho. "Qualquer que prega um outro evangelho seja anátema" "Não deixem que ninguém vos humilhe afirmando serem melhores do que vocês, baseados em visões e anjos". Baseemos nossa fé na Bíblia, em Jesus e somente nele amém.

 

 

 

4. Pregar o que Jesus disse que "aquele que nele crer não entra em juízo, mas passou da morte para a vida" "nenhuma condenação há para os que estão em Cristo". Devemos exaltar a graça de Deus revelada e a salvação pela graça, por mais que esperemos as melhores e mais magníficas obras.Jesus deu ênfase às boas obras e Paulo falou das obras da fé em constrate com as obras da lei. Entendemos pouco disso, e rogamos a Deus que nos ilumine! Amém!

 

 

 

5.

 

 

 

13 de julho de 2012


Como você entende ou interpreta este texto?

(Atos 15:28, 29) 28 Pois, pareceu bem ao espírito santo e a nós mesmos não vos acrescentar nenhum fardo adicional, exceto as seguintes coisas necessárias: 29 de persistirdes em abster-vos de coisas sacrificadas a ídolos, e de sangue, e de coisas estranguladas, e de fornicação. Se vos guardardes cuidadosamente destas coisas, prosperareis. Boa saúde para vós!
 

Os gentios estavam sendo isentos de quase toda lei para serem aceitos pela graça da obediencia de Cristo no lugar deles..da justiça de Cristo justiça nossa pela qual estariamos sujeitos a presença de Cristo pelo Espirito nos guiando e não regras e leis antiquadas e imperfeitas . Então foi colocado apenas estas quatro condições para comunhão:
1-Abster de coisas sacrificadas a ídolos (apesar que Paulo vai argumentar que o ìdolo nada é e que deveriam fazer isso devido a poder escandalizar os fracos em I Cor 8)
2- de sangue, (se refere ao respeito aos animais por mais que hoje se interprete se tratar de saude)
3- e de coisas estranguladas, (se refere ao respeito aos animais, por mais que a adrenalina e cortizol em animais estrangulados gerem muito stress em quem se alimenta , mas devems lembrar que a prioridade na interpertação da lei é o prisma do amor e não benefecios e maleficios fisicos)
4- fornicação - prostituição

Devemos entender que na transição entre o judaismo para o cristianismo, a tensão entre defensores da lei (Tiago e judeus) versus defensores da nova aliança do espirito (Paulo) era imensa..e foi Tiago que fez esta exigencia "minima". Alguns julgam que esta exigencia minima veio a se tornar um pouco de fermento legalista de Tiago, outros porem reconhecem que a nova aliança é na verdade uma reinterpretção espiritual e cristã de toda a lei escrita, onde ocorre um aprofundar em todas as vontades divinas expressas de forma mais imperfeita no VT , que as formas mais sublimes em Cristo no Espírito Santo. fonte : Ig Adv Nova aliança www.igrejaadventista.rede.comunidades.net


15 de fevereiro de 2012

 

 

Existe o velho e o novo testamento, ambos possuem diferenças e igualdades. Quem tenta igualar os diferentes erra. Quem tenta diferenciar demais sem perceber as semelhanças tambem erra. Precisamos ser equilibrados em tentar perceber graus de descontinuidade e continuidade entre o velho e novo testamento.

 

Parece que na prática, não são poucos os adventistas que seguem o novo testamento,  pois enfatizam mais a comunhão com Cristo, porém certos teólogos lideram uma teologia contrária ao que Deus tem guiado muitos adventistas a  praticar. De forma que , em geral muitos do povo andam medianamente certos na prática do cristianismo,  mas com idéias teológicas mais judaicas que cristãs, mas vetero testamentarias que ideias que se apresentam novas na nova aliança do novo testamento.


Esse problema teológico ligado a nova aliança tem existido na Igreja desde 1888 e um excelente livro que descreve historicamente isto é:


 

 

A Mensagem de 1888 
+George R. Knight

Neste excepcional livro, a maior autoridade em historia da Igreja Adventista,  Geotge Knight, coloca de forma científica e honesta a descrição da disputa entre defensores de um novo testamento adventista centralizado em Cristo e no Espírito Santo,  versus aqueles que defendiam a tradicional centralização na lei.

por R$ 16,40

 

 Após a leitura deste surpreendente material poderemos iniciar uma compreensão da dimensão dos problemas espirituais e teologicos que precisaríamos resolver. 

No Brasil


Especificamente no Brasil,  percebemos historicamente a fundação da IASD a partir dos protestantes do sul do país, com forte influência alemã. Já desde 1888 que o pastor de origem alemã,  Conrad, que era contrario a Jones, Waggoner e a  Ellen White que os apoiou, deu sequencia a partir da alemanha,  a uma especie de trincheira em defesa do tradicionalismo adventista centrado na lei e nas profecias. O Brasil receberia fortemente a influencia alemã associado a liderança americana que apoiava tambem tal ideologia tradicionalista. Desta forma, se estabeleceu aqui no Brasil uma teologia bastante contrária a aspectos do novo testamento, contrária a evangelicos fortalecendo constantes disputas com os mesmos, e em favor da continuidade da centralização na lei e aspectos judaizantes denunciados por Jones e Waggoner e não corrigidos em 1888.


De volta ao Novo Testamento, hoje, em 2012, estamos fazendo  uma revisão de nossa mentalidade à luz da Bíblia (sobretudo tendo como referencia maior Jesus e o novo testametno)  e encontramos diversas ênfases teológicas extremametne prejudiciais ao crescimento cristão.


Escrevemos neste site, com a fraca esperança de gerar alguma modificação, melhora e correção, mas nem por isso deixamos de alertar para os fatos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Existem muitas coisas que Jesus quer  dizer e poucos podem suportar ouvir, ler,  mais poucos ainda, entender.

Na verdade muitos parecem seguir Jesus na prática, enquanto na teoria são atrapalhados pela teologia e tradição no modo de pensar, o que prejudica a prática do evangelho.

Quando olhamos um texto da Bíblia, tentamos entender a luz de nossa cultura religiosa e não tentamos entender o texto em si. Quer ver exemplos?

"O que entra pela boca do homem não é o que contamina o homem, mas o que sai, pois são seus pensamentos, etc"

Quando os vegetarianos, os que não bebem e não fumam e fazem de seu estilo saudavel de vida um sinonimo de cristianismo, lêem esta passagem, qual sua reação? Querem quase que contradizer a passagem, corrigindo até mesmo Jesus quanto ao que disse.

Isso se dá com centenas de situações bíblicas. 

 

Sr Marcos - 20 anos de espiritismo foram embora

Certo dia vinha um homem caminhando e o espirito santo me disse para oferecer estudos da Biblia para o mesmo....seu nome era Marcos e ele aceitou com a seguinte condição, de que eu estudasse alan kardec com o mesmo....eu confiei em Deus (devido a inteligencia maior destes escritos) e em seguida topei.

Ele era 20 anos espirita e conhecia muito, ele havia levado varias pessoas para serem espiritas.

Iniciamos o estudo/debate..

Logo no inicio ele me mostrou o livro genesis de alan kardec na pag 17 em que se diz que a base do espiritismo é Deus e a imortalidade da alma

Refutei mostrando alguns textos como timoteo 6:16 "só Ele possui a imortalidade" , "a alma que pecar essa morrerá de ezequiel 18:4...e outros mas não adiantou...

ELE ENTÃO FEZ O DESAFIO

"se vc me mostrar no novo testamento, o proprio Jesus falando que alma morre eu largo o espiritismo agora!"



Sem saber onde é que Jesus havia falado isso eu dei um cheque sem fundo na boca do caixa, pela fé no meu Deus, e disse, TEM!!!


Ele começou a rir de mim afirmando que eu estava blefando 


EU ORAVA INCESSANTEMENTE PELA PROMESSA DE QUE O "O ESPIRITO SANTO VOS FARÁ LEMBRAR DAS COISAS QUE VOS TENHO FALADO" enquanto afirmava ele ria de mim por talvez perceber minha insegurança e angustia pois eu buscava a solução em Deus, estava aflito em oração diante do meu blefe pela fé em Deus

Eu pensava: "deve haver um lugar na Bíblia onde Jesus tenha dito isso, um assunto tão importante destes Jesus deve ter sido esclarecido"


Então



DEUS ME ILUMINOU e milagrosamente lembrei:

"Não temais os que podem matar o corpo e não podem matar a alma, temei aquele que pode fazer MORRER no inferno tanto a alma como o corpo...

PERGUNTEI A DEUS ONDE ESTAVA ESCRITO, E UMA VOZ ME DISSE PARA ABRIR A BIBLIA, EU ABRI E A VOZ MANDOU QUE EU VIRASSE A PAGINA, EU VIREI E MEUS OLHOS CAIRAM EM CIMA DE MATEUS 10:28- Confiram! Amém Aleluia!

 

 

 

 

 

 

 

 

invisível

Ele engoliu seco e cumpriu sua promessa. Ele visitou diversas pessoas que ele catequizara ao espiritismo vendendo o livro DESEJADO DE TODAS AS NAÇÕES (uma benção!) e me contou que foi até expulso de algumas casas.

Depois ele foi comigo na igreja adventista do sétimo dia, central de Bhte, e assistiu um culto tão terrivel (havia pastores fazendo do púlpito, momento de policagem) que ele me disse: "Largar o espiritismo vou largar, mas virar adventista não vou"

Aí ele foi para igrejas evangélicas e a ultima noticia que tive ele estava na RENASCER.. depois em MIssões...

Que Deus o abençoe onde estiver! É minha oração!

 

 

 

***Esta é uma proposta interna para a  igreja adventista , para que ela melhore e possa representar melhor a mensagem das escrituras sagradas, convidamos pastores, membros e até profesores de teologia , para que meditem, reflitam e se posicionem publicamente a respeito!

Precisamos muito refletir na mudança entre o velho sistema da velha aliança para a nova aliança.

Pedimos compreensão e desculpas por falhas neste site em construção,  e imploramos a Deus que Ele, em nome de Jesus,  vos abençoe com a presença de seu Santo e Bom Espírito durante esta leitura!!!

 

 

 

A Revelação da Nova Aliança a Humanidade


Há sérios problemas bíblicos que precisariam ser resolvidos.

1. Houve sim a substituição da velha aliança centrada no aio da lei, pela nova aliança onde o aio é Cristo pelo Espírito Santo II Corintios 3 deixa isso muito claro. Graças a Deus muitos  adventistas estão caminhando nesta direção (na prática).

2 Tudo que Jesus deu mais ênfase , nós devemos tambem fazê-lo. Ele é nosso prumo, nossa referencia,nosso tudo.

3 Jesus reinterpretou toda lei e todo ensino de Moisés, nesta reinterpretação ele mudou algumas coisas (exemplo: antes era odiar inimigos, agora é amar, antes era dente por dente, agora é dar a outra face, antes era adulterar, agora é só olhar, antes era não fazer nada aos sabados, agora Jesus reinterpreta  aprovando fazer algumas coisas e dizendo "misericordia quero e não sacrificio"). Quando Jesus diz "eu porem vos digo" Ele está  dizendo "agora quem manda sou eu e não mais Moisés" agora a referencia sou EU SOU  e não mais a torah de Moisés". Eu porém, vos digo, é uma substituição do lider Moisés pelo líder Cristo, o Deus encarnado. Jesus é muito superior a Moisés, assim como seus ensinos o são, assim como o novo testamento que contém Jesus mais claramente o é!

4. Por isso que Paulo chama a lei de aio, de tutor, de iniciação, de rudimento elementar, de algo glorioso que nem resplandesce diante da sobrexeclente gloria da nova aliança. Paulo cclassifica como velho e prestes a desaparecer o judaismo da velha aliança com todas as suas cerimonias e padrão legal de moralidade, pois agora nosso padrão é mais elevado, é Cristo.

Portanto irmãos, concluímos  que os evangelicos sempre  tiveram  razão em muitas coisas quando reclamam de nós e que nós, em vez de brigar e discutir com eles,  deveriamos ser humildes, admitir nossas falas e procurar rever nossos conceitos. Alias tivemos esta chance em 1888, depois que li aquele livro da CASA  de George Knight "a mensagem de 1888" entendi bem mais sobre isso, espero que vc tenha lido tambem. Um grande abraço!

 

 

 


Ocorre que hoje muitos de nós vivemos uma falsa nova aliança que usa a graça para se ver livre da lei e não para superá-la e suplantá-la pela superioridade do "Cristo vive em mim".



 26/11/2011

 

 

Pastor (...)

 

 

Me sinto tocado a te escrever mais sobre nossas idolatrias e a importancia que elas sejam varridas da herança do Senhor , que Ele ama e cuida, e zela, e tem ciúmes, por meio da sua palavra.

 


A graça de Deus "estava latente" (S J Schwantes) nas páginas do Velho testamento em várias situações, algumas vezes estava patente, mas nunca se manifestou tão nítida como na vinda de Cristo e na manifestação deste misterio oculto nos encaminhado principalmente pelo apostolo (enviado) Paulo.

 


Uma destas revelações é a água..no VT vemos ela como uma cerimomnia de purificação do pecado, mas no NT a revelação é patente, vemos Jesus encontrando uma pecadora que tivera 5 maridos e estava ainda amaziada com um homem casado, e Jesus oferece a mesma pecadora a agua viva, que limpa, cura, liberta...Ele a trata com graça, quando nenhum homem a trataria, sobretudo religiosos, quando ela zombava dele dizendo que ele não tinha balde, sugerindo que fosse somente mais um judeu orgulhoso maior que Jacó, ou zombando dele "aceitando" a tal agua para não ter que vir mais se dar ao trabalho de buscar água no poço...então o rio de Deus em Cristo Jesus se manifestou...ouça esta musica evangélica que tem sido instrumento de Deus para lavar tantos pecadores como a mulher do poço, eu , vc, todos nós, exaltando isso, essa graça, essa água, e veja a diferença da revelação do NT em manifestar a graça:

 


http://www.youtube.com/watch?v=20aZ6e9-RfQ

 


O NT nos faz enxergar mais profundamente a vontade de Deus, e pela manifestação de Jesus que é a expressão exata do caráter de Deus, percebemos não somente que o VT e a lei eram apenas tutores, aios, expressões minúsculas e rudimentares  da vontade e carater de Deus e não que "a lei é expressão máxima do caráter de Deus" como ensinam alguns professores nossos de teologia, e que agora entendemos porque Paulo diz que o ministério da  lei, apesar de glorioso,  em nada resplandesce diante da sobreexcelente gloria do ministério da nova aliança, do espirito, porque este contem Jesus, a revelação máxima do carater divino, pois Ele é Deus com Pai e com o Espírito Santo. 

 


Como disse anteriormente, tenho me sentido tocado a te escrever e falar sobre idolatria na Igreja, e devo salientar que não somente nossa Igreja está incorrendo neste pecado, como diversas outras, mas a agua da graça divina pode resolver todos os nossos problemas e bem aventurado aquele que cair sobre esta rocha que brota esta  agua viva e que lava nossos pecados, mas ai daquele que a rocha cair sobre o mesmo..ai dele..Deus tanto pode ser muito bom, como pode ser muito terrível  para aqueles que , depois de esclarecidos, insistirem em sua teimosia teológica, espiritual e eclesiástico-tradicional!

 

 

 

Bem aventurado aquele que lavar suas vestes nestas aguas...que aceitar o plano da graça/agua/sangue/perdão/aceitação/justificação oculto e latente desde os tempos antigos , mas revelado em Cristo para abençoar gentios (sem lei) e Judeus (com lei) (Romanos 3 todo), circuncisos e incircuncisos, TODOS encerrados no pecado para que lhes conduza agora a um sistema mais eficiente de santificação, que é a manifestação da graça de Deus e a condução espiritual da nova aliança que diz "e ninguem mais ensinará a seu proximo pois Eu mesmo lhes ensinarei e colocarei nos seus corações minhas leis" (Romanos 8:10), minhas vontades, minha virtude, minha santidade, minha justiça, meu perdão, minha misericórdia,  meu carater, meus milhares ou milhões de mandamentos, minha sabedoria, meu Espírito Santo, minha divindade, quando nos converte, nos fazer nascer de novo, milagrosamente, isso não é mais uma mera catequese, não é doutrinação, não é lavagem cerebral, é poder de Deus manifestando o Cristo a viver em mim pelo Espírito Santo. Isso é novo e torna-se antiquado, envelhecido e prestes a desaparecer o velho sistema. Hebreus 8:13. E só há antagonismo entre os sistemas quando o sistema antigo quer se igualar ou até mesmo sobrepor ao novo sistema, quando filho mais velho do dever quer matar o Pai para mandar ele mesmo na fazenda , excluir o domínio de  Deus como cabeça  na Igreja e estabelecer o domínio dos homens, de suas razões, de seus direitos, de suas proprias leis,    e expulsar o irmão mais novo pródigo e não mais permitir que a graça do Pai lhe assista, exigindo justiça humana e se estabelecendo como tendo mais direito.

 

 

 

Bom, agora passamos a falar diretamente sobre idolatria...

 


Desde o velho testamento que "não ter outros deuses" e não fazer imagens de coisas santas, esculturas, fontes de adoração, de dedicação concorrente com Deus, de coisas consideradas celestiais, em cima dos ceus, etc. 
No novo testamento, este espirito da letra da lei se revela ainda mais gloriosamente e de maneira sobreexcelente (II Corintios 3), quando Jesus estabelece uma escala de valores e contrasta diversas coisas mais importantes com menos importantes...a partir destas revelações aplicamos a nossa realidade:

 

Preparamos um gráfico para mostrar algumas das idolatrias que tem existido entre nós:

 

 

 

 

 

Idolatria do Templo

Pela consideração extremada para com a Igreja, somos muitas vezes mais servos da Igreja, do sistema, da liderança,  que servos de Deus, da sua palavra...Servimos a Deus quando este servir não se contrapõe com o sistema religioso que estamos inseridos. Desta forma confirmamos que se estivéssemos ao pé da cruz seríamos os apenas mais um daqueles que guiados pelo judaismo e a liderança instituída da época, a crucificar nosso amado mestre, que como pedra de esquina, pode surpreender a cada um de nós. Precisamos fidelidade a Deus e não a normas instituídas, quando o Espírito Santo revelar situações surpreendentes.




Idolatria de Ellen White


Temos promovido uma gloria extremada para com este instrumento de Deus  falho e extremamente humano, temos justificado todas as suas faltas, e exaltado todos os seus acertos. Temos reduzido a atuação do ministerio do dom  profético  do Deus Espirito Santo a seus livros, quando a palavra de Deus esclarece que em tempos de Nova Aliança "todos podereis profetizar" (I corintios 14:31. E isso tem sido tanto  motivo de zombaria dos inimigos da Igreja como tambem  motivo de repreensão justa daqueles  que  nos apontam que nem todo escrito de EGW é dela, houveram muitas copias não citadas e respeitadas por mais que EGW exige reconhecimento legal de seus proprios direitos autorais,participação  de muitas assistentes, que sem honra , trabalharam para honrar a Jesus como M Davis, 25 anos de redação, ou a compositora Fannie Eugenia Bolton que compos o hino 294 "Não eu mas Cristo seja em tudo honrado"   que nem toda interpretação dela é dela mesma, mas como disse o anjo repreendido por João quando este estava para adorá-lo: "E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar.E disse-me: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus. 
Apocalipse 22:8-9. E outra vez o discipulo João, demonstrando esta inclinação da  tendencia humana de adorar coisas celestiais diz:   "E eu lancei-me a seus pés para o adorar; mas ele disse-me: Olha não faças tal; sou teu conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus. Adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de profecia. Apocalipse 19:10 . Note que o espirito de profecia pertence aos irmãos e não a uma irmã em especial. Temos reduzido a interpretação da Bíblia a interepretação do escritorio de redação, copilação e escritos de EGW , fato apontado pelo Dr Walter Martin em 1950 e aceito pela associação Geral que fez um compromisso não cumprido de fazer cessar isso de nós. Temos focado demais, idolatrado, substituido todo entendimento bíblico  pelo prisma EGW que se torna caminho, verdade e vida para a Igreja. Promovido procissões, oratorios (centros white) ,  longas pregações exaltando sua inspiração, escritos, trabalho, como tendo autoridade igual e mais atualizada que a Bíblia. Temos que acabar com isso Pastor. Seje um instrumento de Deus para propor que os escritos de EGW sejam colocados entre parentesis aquilo que é de outros autores, aquilo que pertence a outro estilo literario (assistentes), e assim se dissipe esta nuvem negra de idolatria a ela. Vamos promover outros escritores como até mais inspirados que ela para descrever mensagens de Deus, pois existem muitos como vemos em RICHARD WURMBRAND.  FINNEY,  MURRAY , CHAMBERS e muitos outros que Deus tem levantado, tanto clássicos como na atualidade, pois Deus não pode ser reduzido a ninguem, mas exaltado, ampliado, e manifestado pelo Espírito Santo que se confirma na vida, escritos e pregações de inumeráveis de homens-bençãos e mulheres-bençãos de Deus.
Idolatria da Lei De forma semelhante aos Judeus temos esta idolatria. Em nosso meio,  ela foi  causada sobretudo pela necessidade de defesa da permanencia do sábado e da interepretação de Daniel 7:25 que nos delegou a mensagem de denunciarmos a mudança da lei de Deus na forma  antiga operada pelo rei constantino em 321 e ratificada segundo Tomás de Aquino pela Igreja Católica no sínodo de Órleans em 538DC. (Segundo livro "A lei de Cristo" do Cardeal Bernard Hering).  A lei nos conduziu de aio para Cristo, nós dissemos que Cristo é que nos conduz a lei, nos estudos biblicos quando a pessoa aceita Jesus, em seguida vem aceitação da lei
Idolatria do Sábado Enquanto Jesus reinterpretando o sábado declarou não querer sacrificio mas misericordia em relação a sua guarda, enquanto Jesus destacou que o sabado foi feito para o homem e não o homem para o sabado, nós insistimso em sacrificio em prol do sabado e viver uma vida em prol do sabado, e pregar demasiadamente sobre o sabado com a desculpa que as outras coisas os outros já pregam, como se não nos pesasse a responsabiblidade para com o evangelho, mas com apenas algumas partes do evangelho. (Problema tanto denunciado no livro "a mensagem de 1888 de Kinight na qualidade de historiador  como defendido por ele mesmo na qualidade de defensor  em "a visão apoliptica e a niulidade do adventismo").
Idolatria da razão humana Academicismo, diplomas, formalidades, sermões mais estudados que inspirados, chamamento não de Pedros para a obra de Deus , mas de diplomados e "bem" preparados pelos estudos e vigilancia moral do homem. O homem no lugar de Deus, a razão humana no lugar da loucura da pregação.  Os dons espirituais da Bíblia são substiuidos por dons naturais desenvolvidos oun inatos nas pessoas. 
   
   
   

 

 

 

 

 

 

 

****Depois termino este texto...Deus me faz perceber que as idolatrias são diversas, por agora apresento somente estas....um grande abraço...

 

 


 

 

 

- Por que os seres humanos preferem se agarrar à tradição do que ao que Jesus ensinou? Mesmo Jesus tendo dito: “vocês encontram uma boa maneira de rejeitar os mandamentos de Deus para guardar as suas próprias tradições... Vocês invalidam a palavra de Deus por causa dos seus costumes” (Marcos 7; 6-13).
Para esses imundos de terno e gravata, o reino de Deus também não é o que Jesus ensinou, mas o que eles mesmos convencionaram á ser. Ele deixou de ser invisível e imaterial, para ser visível e material. O reino de Deus passa á ser agora o templo, as atividades que ali são realizadas, estar comprometido com o reino de Deus é estar comprometido com algum ministério que exista neste templo chamado de igreja e até de casa de Deus

 

 

 


 

O Poder do Sangue de Jesus (artigo de 2003)


(perguntas reflexivas aos pais)

Você teria coragem de dar seu filho por uma causa?

Seu Filho se ofereceria para morrer debaixo da sua ira para que sua ira não despejasse sobre pessoas pecadoras?

Se o sangue de seu Filho fosse derramado por uma causa, e as pessoas deveriam bebeer o sangue de seu filho para serem salvas, como vc se sentiria se elas zombassem do seu sangue do seu Filho e ainda recusassem beber?

Você confiaria em alguem que fosse capaz de deixar morrer seu filho pra te ajudar, confiaria em alguem que demonstrou querer  te ajudar tanto?

Procuremos contemplar o sacrifício de Cristo, desde Seu humilde nascimento, Seu humilde comportamento como criança, como adulto, e chegarmos com Ele no auge da demonstração da Sua ilimitada vontade de nos salvar, aqueles momentos no Getsêmani, onde as gotas de sangue já começam a borbulhar e nos purificar de toda a desconfiança que carregamos dEle, devido aos nossos sofrimentos.

Acheguemo-nos com ele aos pátios e perante Pilatos, ali conseguiremos enxergar todo o amor dEle, revelado ao proferir palavras de amor a alguém que lavaria suas mãos diante da injustiça. Nós nos veremos a nós mesmos nesta cena e nas cenas seguintes, sendo amados ao negarmos, ao deixarmos as coisas de Deus pra lá, sendo amados ao odiarmos, sendo ignorados ao blasfemarmos, sendo defendidos ao cuspirmos nele, sendo perdoados ao pecarmos...

Como um povo que sempre negou o seu Mestre em todos os tempos, em todas as épocas, em todas as situações, na glória de Suas mãos estendidas por nossas transgressões, está nossa divina esperança. Está a certeza de que apesar de tudo, Ele nos compreende, perdoa e simplesmente morre pelos nossos pecados, aguardando o nosso choro em arrependimento e entrega total, ao vermos nossos pecados ferindo a Ele.

Podemos rir de Suas chagas, podemos cuspir em Sua fronte, podemos desprezar Suas palavras, podemos de mãos dadas ao diabo e falsos líderes religiosos demonstrar todo o conchavo hipócrita do mal, podemos gritar em nossas atitudes em favor da religião e contra Cristo "crucifica-o, crucifica-o" e ainda assim aquele sangue é derramado injustamente por nós. Ainda assim, não se ouve condenação daquele Cordeiro. Ainda assim, Ele despreza nossa ignorância e paga pelos muitos motivos para que Seu Pai não nos perdoe.

 

 

 

Naquelas cenas finais, em meio a todo conflito de interesse, todo conflito de idéias e doutrinas, toda injustiça praticada e camuflada, toda venda de princípios em troca de manutenção de um ministério falso, sim, naquelas cenas estamos nós todos ali.

Alguns como discípulos covardes, alguns como soldados fiéis à ordem, alguns como líderes responsáveis, alguns como Judas, Pilatos, Pedros, mas estamos ali. Alguns como zombadores, cuspidores, ladrões e pecadores arrependidos e ladrões e pecadores que se justificam. Todos nós. Mas Ele morria por todos e declarava amar a todos. Deus ama você, a mim, a qualquer um de nós.

Sim, aquele sangue foi derramado pelos que representavam a mim mesmo e a você mesmo. Pois, se em idênticas circunstancias estivesse eu lá, ou estivesse você, agiríamos tão perfeitamente iguais, à semelhança do que temos feito hoje em nossos dias. Em diversos contextos.

Mas o sangue apenas se esvai daquele corpo em atitude fiel de pagamento expiatório. Apenas alguém divino se submete as atrocidades nossas ali representadas. Naquele show de realidade ao vivo, concentram-se todas as forças do universo, todas as pessoas, todas as personalidades, todas as igrejas... Ali também foram todos perdoados, purificados e embranquecidos, todos exceto os que não Lhe aceitaram e não distinguiram como Nicodemos o amor do Pai às pessoas, a ponto de se sacrificar tanto, ao dar Seu filho unigênito para que ninguém perecesse, ninguém morresse em seus delitos, mas que todos pudéssemos chegar ao arrependimento e ser salvos.

Mas não foram apenas nossos pecados ali representarados que torturaram Jesus. Estes tratamentos que demos a Jesus não eram capazes de partir seu coração. Havia algo que deveria Ele sofrer que lhe causaria maior sofrimento ainda: A Separação e o bandono do Pai. E mais, Ele estava recebendo a ira de Deus que todo pecador há de receber no apocalipse , no lugar dos pecadores que aceitassem seu pagamento, e angustiava-se com o fato de saber que seu Pai que o amava angustiava-se ainda mais que Ele mesmo. A punição do pecado e a indignação de Deus estava sobre Ele e pelas suas feridas fomos sarados . O Castigo que nos traz a paz era dado a Ele.

Creio que a mensagem da cruz fará mais que o fio agudo e incisivo de nossa língua, muito mais que imaginamos, e por isso, como Paulo, quero saber somente uma coisa entre vós: De Jesus e este crucificado!

 

 

 


Dois tempos se destacam na historia humana e são diferenciados pelo proprio Jesus . Lucas 16:16 a 18,  diz :

16 A lei e os profetas vigoraram até João; desde então é anunciado o evangelho do reino de Deus, e todo homem forceja por entrar nele.

O sangue de Jesus é o ponto central desta mudança, pois a realidade do sangue ocorre, e com esta relaidade , novas dimensões espirituais a humanidade pode alcançar!

 

Fé-Nova Aliança- Justiça pela fé

       

 Lei-Velha Aliança-Justiça pelas Obras

 

 

 

 

 

 

 

 

Ministerio do Espírito –( II Corintios 3)

Ministerio da Lei

Sobrexcelente Gloria – Espírito

Glorioso – Lei de Moisés

Creia e viverá

Obedeça e viverá

Filho Pródigo mais novo (Lucas 15) gentios e pecadores resgatados

Filho Mais velho obediente (judeus, sistemáticos e cumpridores de deveres)

Audaciosos, sem medo,  mas as vezes se mostram impulsivos e inconsequentes

Burocratas, Metódicos, medrosos, demonsatrando ser mais responsaveis

Busca mais abraçar pecadores  e perdoá-los

Mais condena  pecadores e os ameaça

Mais Convertidos

Mais Convencidos

Inovadores e Criativos

Cuidadosos e Tradicionais

Isaac, filhos da promessa

Ismael, filhos do direito

Sara perseguida  (Gálatas)

Hagar perseguidora

Jesus como referencia (Gálatas 3)

Aio-lei como referencia

Espirito Santo guiando

Tutor-lei-praxes e burocracias guiando

Mais Misericordia

Tendência a Maior Implacabilidade

Ministerio da Vida

Ministerio da Morte

Mais Perdão

Mais Condenação

Profundo (Com re-interpretação de Jesus e perspectiva dEle)

Mais Elementar e raso (sem a perspectiva e reinterpretação da lei de Jesus)

Eterno

Básico-provisorio-introdutorio-iniciante

Ensinos e vida de Jesus incluuindo mandamentos re-interpretrados

10 mandamentos e temas focados neles

Maria aos pés de Jesus dando prioridade aos assuntos espirituais

Marta nos afazeres dando prioridade as coisas da vida

Contempla mais o  Pecador que se arrepende

Contempla mais ao que se esforça

O céu interessado na Terra

A terra com medo dos céus

 

 

è bom que compreendamos também os problemas que costumeiramente ocorrem e os perigos que ocorrem em ambos os lados em competição ideológica desde Atos 15, Gálatas, Mineápolis (1888)


 

Fé-Nova Aliança- Justiça pela fé

Lei-Velha Aliança-Justiça pelas Obras

 

 

 

Fazem da graça Libertinagem (Judas tadeu 9)

Fazem da lei rigidez  religiosa

Jesus deixa de ser  libertador  e se torna conivente

A lei e o conhecimento dela liberta e santifica

Vangloria de fé sem obras condizentes (Thiago)

Obrigar e impor aos demais sua norma de justiça- Julgamento por atos exteriores dos outros

Pecadores auto-suficientes na graça que não se arrependem

Manipulação de leis e  cargos na igreja tendo em vista fofocas de transgressões de outros

Inconsequencia devido uso extremo de liberdade

Falta de entendimento de circunstancias onde se deve transgredir leis

Muito dependentes do Espírito –fanatismo

Tradicionalismo e conservadorismo

Bondade excessiva não bem refletida

Perseguir os filhos da graça

Achar que não tem que lidar mais com culpa

Intenso sentimento de culpa, depressão e auto-flagelo

Idolatria da liberdade

Idolatria dos dez mandamentos

Idolatria do pastor Bullón, Venden, justificação pela fé  e pregadores afins

Idolatria de lideres religiosos semelhantes, tradicionais, institucionais, do sistema estabelecido (ruim ou bom), idolatria da igreja

Rejeição de EGwhite e ênfase em seus erros

Idolatria de EGwhite

Banalização dos personagens bíblicos

Idolatria de personagens bíblicos como quase santos e portanto merecedores da graça divina.

 


Seja um Cristão Adventista Livre!


Não é fácil colocar em prática esta frase, pois todo ser humano é guiado pela cultura que lhe domina, e quanto mais inseridos nela, tanto mais dificil.


Para mim não foi fácil, pois nasci na IASD, fui diretor de trabalho missionario (2 anos), obreiro bíblico (2 anos), colportor (8 anos), assistente (1 ano), fiz teologia (ultima turma do velho IAE hoje UNASP), fui pastor assistente na Divisão Sul Americana (1993) e ainda fui pastor de distrito da obra cuidando de 17 igrejas e grupos. 


8 Passos para libertação


Descrevo a seguir 8 passos que  trilhei e que aconselho cada membro da IASD seguir para poder alcançar maior presença de Jesus e do Espírito Santo em suas vidas.


1- Reflita sobre 2 Corintios 3, a diferença entre as duas alianças, leia e releia Gálatas, Romanos, cartas Paulinas, Atos 15, a salvação pela fé no lugar das obras da lei, o cristianismo da fé e dos milagres em vez do judaismo da lei e da moralidade, Leia sobre as assembleias de Minneápolis 1888, Jones e Waggoner, leia o livro da CASA "A MENSAGEM DE 1888", "O ABALO DO ADVENTISMO" Dr Paxton

 

 A Mensagem  de 1888   A Mensagem de 1888
George Knight
Casa Publicadora R$19,50      Compre 'A  Mensagem de 1888' agora!

 


Depois de entender bem estas questões ligadas a velha e nova aliança , creio que vc estará preparado para o segundo passo:


2- Deixe Deus por meio do Espírito Santo habitando em vc, ser tudo. Considere escritos inspirados do  escritorio de redação e copilações de EGWhite como boas e razoáveis referencias no estudo das escrituras e nunca  como palavra final e infalível. Creia que Deus deixou pregadores e escritores tão inspirados e até mais inspirados que os escritorios de redação e copilações de EGWhite. Desidolatre EGWhite não a ponto de desprezá-la e muito menos a ponto de divinizá-la como sendo a mente que pensa e recebe inspiração em seu lugar. Creia nas escrituras quando diz que "todos podereis profetizar" e não apenas uma só pessoa vivendo quase dois séculos atrás. Estude a Bíblia por conta propria, creia no Espírito Santo iluminando você e pessoas simples como Pedro, como capazes de receber do céu luz para nossos dias e nossas necessidades.


3- Comece a estudar os grandes reformadores protestantes, Calvino, Lutero, comece a ler grandes pregadores históricos como http://www.reavivamentos.com/ e assistir pregadores poderosos atuais como Paul Washer , você vai perceber que a compreensão do evangelho de Jesus está bem acima do que imaginávamos e conseguíamos ver em nosso exclusivismo por nossos proprios horizontes institucionalizados.


Puxa vida, será que vc chegou ao terceiro passo? Se chegou deve ter sofrido muito e teve que negar a si mesmo diversas vezes. Certamente o Espírito de Deus lhe esteve guiando e iluminando passo a passo as muitas revelações que precisava, mas com certeza, você deve estar gosando de uma plenitude do Espírito Santo bem maior que antes, deve estar bem mais misericordioso com os outros, manso, humilde e deve estar buscando mais a Deus. O quarto passo não é nada fácil, mas muito necessário.


4. O quarto passo, uma vez livre da cultura restritiva quanto a palavra da fé,  é a manifestação de Jesus em você fazendo as mesmas obras que Ele fez, e até maiores. Você já reparou que o evangelho de Jesus é caracterizado por curas, novos nascimentos, libertações de demonios, providencias e milagres? Já reparou que os dons espirituais na Igreja são confundidos com dons naturais? Então, se você já percebeu estas diferenças, deve sentir um calafrio e um pensamento de espanto dizendo "estive a vida inteira acreditando que estava certo e os evangelicos errados". Sim, estivemos focando na lei e no sábado como sinais de Deus enquanto Jesus declara claramente:


E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demónios; falarão novas línguas;  Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.” (Marcos 16:17-18)


Haverá portanto poder em sua trajetoria! poder de expulsar demonios, curar enfermos, ressucitar mortos e ultrapassar as fronteiras do natural. pois Jesus nos deu este poder, esta autoridade, em seu nome- Se você crer, assim será!


Este quarto passo estou começando andar nele e é maravilhoso ver respostas as orações de fé no nome de Jesus, em suas promessas que não mentem e não cessaram de estar dispostas a nós.


O poder de Deus é a manifestação do seu reino, do seu dominio sobre todas as coisas, sejam visiveis ou invisiveis.


Falaremos mais sobre este quarto passo...e sobre os 4 passos seguintes, que Deus te abençoe!!! Sodré gonçalves 09/11/2011



.....//...... 



Somos um projeto de Deus para o povo  adventista e para todos aqueles que precisam conciliar aspectos divergentes entre cristianismo e judaismo. Como  membros da Igreja Adventista, buscamos a renovação, o reavivamento e o derramamento do Espírito Santo (chuva serôdia) .


Acreditamos que as diversas novas propostas do evangelho de Cristo na transição entre velha e nova aliança (II Corintios 3) ocorrido entre o velho e novo testamento,  seja o ponto mais importante para que uma vez compreendido, aceito,  e sobretudo, aplicado de forma a sustentar uma maneira sistemática  superior de relacionamento com Deus, possa contribuir para que  a tão sonhada chuva serôdia, aconteça de fato, assim como ocorreu na historia bíblica quando muitos judeus aceitaram o evangelho de Jesus.

Acreditamos que se a IASD tivesse se reformado em 1888, com as mensagens de Jones e Waggoner (classificados como "mensageiros de Deus" por EGW em TM pag 92), a IASD já estaria bem a frente na compreensão e prática do novo testamento. Mas como foi profetizado, temos andado no deserto da provação por muitos anos, para que neste ultimos tempos, alguns de nós acordemos,  a semelhança dos judeus, para as realidades do novo testamento e recebamos a presença do Espírito Santo em nosso viver como sêlo divino aos salvos dos ultimos tempos.


"A lei nos serviu de aio para conduzir a Cristo"


Acreditamos que quem tem Jesus lhe guiando DE FATO E DE VERDADE  pela presença do Espírito Santo, aquele que tem os frutos do Espírito Santo em sua vida (amor, paz, equilibrio, alegria, bondade, misericordia), esta pessoa assim qualificada e que demonstra semelhança com Jesus Cristo, não precisa mais da lei e de regras para um viver de acordo com a vontade de Deus. Pois ela vive com o autor e inspirador das leis lhe guiando e também  justificando gentios ou transgressores de leis atuais  a caminhar com Deus (pois Deus não faz mais acepção de pessoas que seguem ou não as leis, mas aquele que encerrou todos debaixo da transgressão,  justifica a todos e usa de misericordia com todos, gentios não seguidores das leis e judeus (seguidores das leis) . Mas quem não tem DE FATO E DE VERDADE ,  o Espirito Santo lhe guiando, alguem que não nasceu de novo, alguem que anda pelo seu raciocinio, pelo dever e não pelo ser, este sim, continua precisando de leis, de tutor, de guia objetivo, pois, 


"Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente; Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas,Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina,Conforme o evangelho da glória de Deus bem-aventurado, que me foi confiado". 1 Timóteo 1:8-11


As aparentes contradições entre Paulo sobre  a lei em Gálatas e outras cartas,  e Jesus, exaltando a lei em Mateus 5, precisam ser reexaminados.


Acreditamos que conseguimos, com a ajuda de Deus,  CONCILIAR pontos que apologetas de ambos os lados ainda não conseguiram.

 Estamos lançando um livro que explica estas e outras dificuldades bíblicas que tanto adventistas como evangélicos precisam saber.


Aqui no site, temos colocado algumas ideias soltas, que eestarão sistematizadas de forma clara e esclarecedora .


Não pretendemos ser a ultima palavra sobre este tão vasto tema, mas pretendemos trazer mais informações que nos ajude a seguir mais de perto os designios e planos de Deus para nós hoje.


Contamos com a oração e ajuda de todos! Amém!

 






http://4.bp.blogspot.com/-t2aX7MONPno/TVc7XS2dciI/AAAAAAAABOE/EMm4J_gV4PE/s400/As%2Bdiferen%25C3%25A7as%2Bentre%2BJudaismo%2Be%2BCristianismo..jpg

 

Do Judaísmo ao Cristianismo - Por Sodré Gonçalves

 

Vc saberia diferenciar o que é judaismo e o que é cristianismo? Quais são as caracterisitcas que estas duas religiões possuem, em que elas se destacam, que marcas possuem?

 

O Judaismo antigo da época de Jesus se destacava por seguir ao sábado, guardar a lei, valorizar o templo, preocupar-se com atos exteriores, alguns  profetas, reis,  velha aliança do sinai, Moisés, sinagogas de ensino, sabedoria da torah (Biblia da epoca), etc..

O cristianismo chegou com outros paradigmas e um outro modelo de religião. Profetizado por Moisés , um novo líder chegou, o Messias!  Jesus se destaca pela cura, libertação e exorcismo  dos demonios, fé que é um relaciomento de confiança com Deus agora como Pai de todos os que aceitam como irmão mais velho o seu Filho Jesus,  ensinamentos que enfatizam a humildade, a caridade, o altruismo, a bondade, justiça, verdade, honestidade e o amor como resumo de todos os ensinos antigos. Há em Cristo tambem uma reinterpretação da lei antiga, corrigindo, mudando alguns posntos, aprofundando diversos mandamentos e cumprindo toda a justiça exigida por lei em nosso lugar. O pacto da vida em troca da obediência só pôde se cumprir em Jesus, justiça nossa! Logicamente nossa imperfeição em obedecer não nos isenta de obedecer, mas nos dá paz de que a justiça de alguEm nos salva. 


O velho testamento conta a historia do judaismo, do povo de Israel , o novo testamento conta a historia de Cristo e do Cristianismo. No VT acontecem alguns milagres, no NT muitos milagres, no VT ocorrem raramente citação e expulsão de demonios (Davi toca arpa para afastar espirito imundo de Saul) no NT muitos demonios são expulsos. No VT centraliza-se em ensino e lei, no NT centraliza-se em poder e fé. No VT existem muitas cerimonias proféticas, no NT existe muito mais as realidades apontadas profeticamente, e muda as cerimonias pelas da santa ceia e do batismo que representam a dádiva da cruz, do sangue, do corpo e do corpo morto e ressucitado (batismo) ressucitando uma nova vida nos que crêem.


 

Velho Testamento

Novo Testamento


História do Judaísmo

História do Cristianismo

Poucos Milagres

Muitos Milagres

Raras expulsões de Demônios (Davi tocando harpa e afastando espiritos imundos de Saul)

Muitas expulsões de Demônios

Centraliza em Obediência e Lei

Centraliza em Fé, obediência e poder de Deus

Cerimônias Proféticas

Realidades

Sinagogas e Reuniões de Ensino

Ordem de Culto com 2 ou 3 Profetas, revelação até a pessoas sentadas (I Cor 14: 28, 29)Línguas, curas, cânticos, adoração

Sinal: Sábado Ezequiel 20:12 e 20 e Exodo

E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;

Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.

 

Centraliza no velho concerto do Ministério Glorioso da  lei

Centraliza no Novo Concerto do Ministério super-glorioso do Espírito ( 2 Corintios 3)

 



É certo quer havia certos aspectos do cristianismo no judaismo, não com a ênfase que se observa nos evangelhos , que anteciparam os ensinos e enfases de Jesus. E de certa forma, houve um continuísmo entre o judaismo e o cristianismo.

Apesar desta visão de transição pacífica que estamos abordando, sabemos que não foi nada pacífica a transição entre judasimo e cristianismo. Muito sangue, guerra, expulsões de sinagogas e até guerras internas na recente igreja cristã existiram. Paulo versus judeus cristãos, Perspectiva  de Jesus as vezes difere do que Paulo escreve.  

Paulo neste contexto aparece como figura controversa. Gálatas faz um verdadeiro levante em favor da graça, contrastada pela salvação pela obediencia a lei,  que fora substituida como um tutor o é,  quando a criança cresce...e "a lei serviu de aio para conduzir a cristo" dispararia Paulo de Tarso. Dificilmente,  das cartas de Paulo,  se observa algo bom em relação a lei,  pois Paulo está trazendo as pessoas do judaismo para o cristianismo , quando este o faz, o faz com ressalvas como vemos em I Timoteo 1: 8 " Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente;9 Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas, 10 Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina,11 Conforme o evangelho da glória de Deus bem-aventurado, que me foi confiado."

 

Mas a questão da lei em Paulo assume grandes dificuldades teologicas, a ponto de Lutero declarar ser  Thiago uma epistola (carta) de palha. Mas   o sermão do monte exaltando a validade eterna da lei em franco contraste com Paulo nos deixa assim um tanto quanto confusos.

Quanto a forma como Paulo se dirige a lei, e a forma como Jesus, Thiago, se dirigem, a contradição é franca, clara e honestamente reconhecivel

Como disse, Paulo e os judeus cristãos pareciam estar um tanto quanto  em guerra quanto ao que continuava e o que não continuava do antigo concerto..e esta divisão é CLARA por muitos textos  nas paginas do novo testamento..atos, galatas e outros..praticamete TODAS as cartas paulinas foram  apologias em favor do evangelho e contra o legalismo judaico. Este fato por si demonstra o quanto as igrejas estavam contaminadas ainda pelo legalismo e o quanto de esforço havia por parte de Paulo para resolver o problema.

Podemos perceber que Paulo enfrentava muitos problemas externos e internos com cristãos judaizantes. Apesar dos teólogos atuais classificarem de "cristãos judaizantes" observamos que todo judeu que se convertia ao cristianismo era um tanto quanto judaizante de cultura e dificilmente toda a bagagem era abandonada ou deveria ser abandonada. Tambem, o cristão oriundo do mundo gentilico, haveria de ter contato com o judaismo, pois que o cristianismo nascia e se referenciava em suas profecias, modelo e tradição.

O fato é que Paulo focou nas novidades e superioridades do  evangelho como ninguem e exaltou as novidades das revelações em Cristo. Neste afã ele manifestou a tende-ncia de um desprezo ao judaismo antigo com seus rudimentos fracos e pobres (como passa a classificar diante da sobreexcelente gloria) e anuncia o término do velho concerto, apesar de glorioso.

Abolir ao concerto antigo é o mesmo que a