Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Reconciliação - Bom jesus do Itabapoana- RJ- 1991

 

 Miniatura

 

 

 

 

 

 

Uma vez preguei numa igreja adventista do 7º dia de Bom Jesus do Itabapoana-RJ, 1991,  que não reagia aos sermões...decepcionado decidi cessar os serviços de pregação que estavam agendados para toda aquela semana, bem no meio da mesma semana. Na saída do templo, no dia  que seria o ultimo sermão, decidi também não cumprimentar os irmãos como é costume ao fim do culto. Vieram atrás de mim perguntando o porquê eu teria feito isso, e relatei que me sentia inútil ali e que havia alguma coisa errada naquela igreja. As irmãs então decidiram contar o alto índice de inimizades e mágoas de membros para com os outros ali. Senti o peso da situação. Na quinta-feira preguei sobre RECONCILIAÇÃO. :) Na sexta antes do sermão, uma irmã por nome de Iza , pediu para que ela tivesse um momento antes do sermão para pedir perdão em público para um caso de litígio que havia se tornado também público. Eu concendi. Depois que ela falou, foi como efeito-dominó, vários outros impulsionados pelo seu exemplo, vieram pedir perdão uns aos outros - ALELUIA! No sábado pela manhã, sem niinguém pedir,  todos ali se abraçavam amigavelmente! Era linda a cena espontânea :)   E na hora do sermão o Espírito Santo mandou que eu jogasse fora meu esboço do que havia planejado falar naquela manhã. Relutante eu joguei e a voz do Espírito Santo me mandou abrir na oração sacerdotal de Cristo " que todos sejam um" e fui lendo e a voz foi me dando cada palavra e cada idéia do que comentar , eu poderia parar o sermão no meio e declarar com toda honestidade do mundo que não era eu quem estava fazendo aquele sermão. Ao final me lembro de uma irmã da Igreja da assembleia que me falou que nem na igreja dela havia ouvido sermão tão lindo. Eu tambem nunca tinha feito e nunca farei sermão tão lindo, exceto se Deus me usar novamente como o fez naquele santo dia de reconciliação. 

FUI EXPULSO DA IGREJA

 

Infelizmente algumas igrejas atuais expulsam por motivos doutrinários dificeis de se definir e moral sexual daqueles que são pegos ou são honestos para confessar, mas todo o resto fica :( - A ICAR e suas filhas fazem uso errado "o que ligardes na terra será ligado nos céus, e o que desligardes na terra será desligado nos céus"..aplicando isso a livros, comissões e decisões apressadas e sem senso de justiça.

Ocorre que no afã de dominar os membros a si como instituições, usam não o critério de Cristo, mas seus próprios critérios doutrinários para expulsar do convívio, fofocar, queimar publicamente a pessoa, desmerecê-la socialmente, gerando grande sofrimento aqueles que desenvolveram seus laços familiares, sociais e até empresariais naquele ambiente eclesiástico. Sabedores de tais resultados, eles usam tal poder como forma de reprimir, conter e podar a liberdade de crença de cada individuo. Desde a santa inquisição até hoje, agem desta forma, desmerecendo os critérios de Jesus , que é a fé e  o amor, e estabelecendo a teologia sistemática adotada. 

 

Essa ligação, leiam mateus 16-18, se refere tão somente a ligação espiritual entre amados irmãos, entre eles e a fé em Jesus como enviado de Deus, se refere ao dever de sermos pessoas movidas pelo espirito humilde que se deixam reconciliar com Deus e com o próximo , pedir e dar perdão, amar como diz Paulo, "entranhadamente"

 

Assim, os irmãos que se amam, se perdoam, e crêem naquele que nos resgatou, por mais que possam divergir em pontos doutrinários, segundo a concepção hermenêutica de cada um dentro da sua liberdade que ninguém e somente Deus pode julgar, continuam ligados na terra e nos céus, pois o criterio de irmandade é o amor não fingido. Esse sim une, liga, e demonstra real confiança mútua e em Deus.

 

Já aqueles que repetem inquisições medievais, achando que a forma de crença salva ou faz perder as pessoas, repetindo em diversas nuances o proceder da besta medieval, e das mulheres-igrejas-instituições, montadas no poder , beberão do cálice da ira de Deus sem mistura e serão atormentados de dia e de noite, sem descanso algum APOC 14

 

"E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão,
Também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro.
E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, e aquele que receber o sinal do seu nome.
Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Há muitos motivos que devem fazer com que reconciliemos, vejamos alguns aqui neste inspirado sermão: