Sites Grátis no Comunidades.net
Dom de Línguas

 

 Resultado de imagem para dom de linguas

O DOM DE LÍNGUAS - SODRÉ NETO 






Na Bíblia existe tanto um dom de línguas que é entendido pelas nações estrangeiras como um dom em que a pessoa deve orar para que haja entendimento do que ela mesma está falando : 

"Por isso, o que fala em língua desconhecida, ore para que a possa interpretar.

Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto.

Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento.

De outra maneira, se tu bendisseres com o espírito, como dirá o que ocupa o lugar de indouto, o Amém, sobre a tua ação de graças, visto que não sabe o que dizes?"
1 Coríntios 14:13-16   

 

 

No mundo tradicional adventista não ocorre nem uma coisa e nem outra , pois é uma igreja caracterizada maiis por aspectos racionas que espirituais. 

Esta racionalização exagerada impede adventistas de receberem este dom de Deus, mas  também os protege de manifestações que demonstram  ser mais do demônio que de Deus , pois assistimos pessoas com rostos transtornados em fúria numa clara demonstração demoníaca pois que o rosto da pessoa que recebe o Espírito Santo fica semelhante ao de Estevão : Atos 6:15 "Então todos os que estavam assentados no conselho, fixando os olhos nele, viram o seu rosto como o rosto de um anjo".

"pelos seus frutos os conhecereis" disse Jesus, logo se a manifestação do espirito Santo não vier acompanhada do fruto do Espirito Santo podemos saber que não se trata do Espírito Santo de Deus. "Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio".Gálatas 5:22,23

Ou seja, haverá fortíssimas evidências destas características em quem recebeu o Espírito Santo de Deus. Isto tem acontecido em algum percentual no mundo pentecostal e carismático, contudo mesclado por manifestações de outra ordem. 

Minha Experiência - Quando tinha 16 anos um amigo ex-adventista vivia me convidando a sair da IASD porque era desanimada e entrar para sua Igreja Batista Peniel pentecostal.  Ele era um rapaz muito animado e viva contrastando as igrejas explicando porque havia entrado nela.

Um dia ele estava no ponto de onibus do colegio Frei Orlando no Carlos Prates em BH,  e me disse assim: "Sodré saia daquela igreja de 116 membros que não passa disso" . Ocorre que minha igreja era num bairro afastado, pindorama-BH, ele nunca tinha ido lá e não havia como ele saber que ela tinha exatamente 116 membros.

Fiquei assustado.."ou era Deus ou o diabo" mas ele adivinhou exatamente os 116 membros, do quadro já amarelado da IASD pindorama-bh (hoje igreja do bairro Novo Gloria).

Diante da evidencia milagrosa comecei a estudar I Corintios 14 e até decorei este capitulo. mas consultando diversos teólogos percebi que havia dois tipos de línguas, um inteligível e outro inintelígivel (um que a gente entende e outro que a gente não entende), caso contrario a pessoa não precisaria "orar para que pudesse interpretar" vs 13

Fui a Igreja Batista Peniel do meu amigo e chegando lá percebi uma igreja animada, gente convertida, ex-prostitutas, ex-viciados, um lugar que me pareceu muito mais animado que minha igreja de 116 membros...fui algumas vezes e em uma noite decidi aos prantos sair da IASD e passar a ser daquela igreja porque dizia no meu coração que queria Deus e seu espírito , tivesse Ele onde estivesse.

Decidido fui mais uma vez no culto, mas as duvidas sobre o dom de línguas continuavam na minha mente.

Todas as noites eles oravam e falavam em línguas. Naquela noite após minha decisão, creio que Deus fez com que eu fizesse esta oração: "Senhor, se este dom for teu que eles falem em línguas, mas se não for teu que o Senhor limite o poder de satanás" , pois muitos pregadores advertiam que satanás estaria imitando o dom de linguas da Biblia.

Eles ajoelharam e oraram...oraram bastante...mas nada...ainda me lembro do dirigente do culto levantando e com rosto decepcionado proferiu as seguintes palavras "Não sei porque o Espírito Santo não quis descer hoje"

Desde este dia, entendi que existe o dom de línguas verdadeiro de Deus, e pode se manifestar até mesmo de forma ininteligível, mas que devemos vigiar e orar porque satanás se aproveita de momentos de barulho, torpor, excitação, para ele mesmo imitar este maravilhoso dom de Deus. Pois satanás precisa de uma cabeça conturbada por barulhos, cachaças, drogas, doença, para poder dominar a pessoa, enquanto Deus precisa de apenas de um coração arrependido, contrito, humilde, sincero e cheio de amor. 

Portanto, cuidado..tenhamos discernimento pois na faculdade de teologia adventista aprendi com o Dr Endruveith que o dom de linguas era "sempre" inteligível o que nem "sempre" é verdade pelo texto bíblico.

Isso fez milhões de membros da IASD criticarem generalizadamente o dom de linguas, podendo inclusive blasfemarem contra o Espírito Santo (blasfêmia contra o espirito santo é atribuir obras dele ao diabo - Mateus 12:31)

CONCLUSÃO

Estejamos abertos apenas a dons de línguas que tragam o fruto do Espirito Santo, que sejam precedidos por clima espiritual de  arrependimento, contrição, amor, humildade,  sejam línguas que ainda não sabemos de qual nacionalidade ou se for língua até dos anjos, mas fiquemos atentos para espíritos que dependem de barulhos e torpor mental , excitações , músicas altas, agitações, cachaças, drogas, as quais são ferramentas necessárias a manifestação demoníaca. Deus não precisa disso.

 

Referencias
https://www.blogger.com/comment.g?blogID=5961226138362741994&postID=4334402958888536704&page=1&token=1511965254900